Grupo Bosch Mundial incrementa vendas e margem

Vendas cresceram mais que o previsto, atingindo 48,9 bilhões de euros, o que representa um crescimento de 6,2% – De acordo com dados preliminares, o Grupo Bosch incrementou suas vendas em 6,2% em 2014, atingindo 48,9 bilhões de euros.

Após o ajuste, decorrente dos efeitos da taxa de câmbio, o crescimento das vendas foi de 7,2%. A empres a, uma líder global no fornecimento de tecnologia e serviços, também melhorou a sua rentabilidade em 2014.

De acordo com os dados preliminares, a rentabilidade do Grupo Bosch antes dos efeitos dos juros e impostos (EBIT) chegou a quase 3 bilhões de euros, com uma margem de EBIT de cerca de 6,1%. Isso significa um melhora de aproximadamente um ponto percentual em relação ao valor de 2013, após os ajustes. “Apesar das condições econômicas difíceis, conseguimos cumprir os nossos objetivos de negócio para 2014”, disse Dr. Volkmar Denner, presidente mundial da Robert Bosch GmbH.

“Nossa estratégia de inovação está valendo a pena. O nosso sucesso nos negócios em relação ao ano passado é uma prova disso. Em 2014, melhoramos ainda mais a nossa posição no mercado e competitividade em muitas áreas”. Além disso, a aquisição da BSH Hausgeräte GmbH e a compra completa da ZF Lenksysteme GmbH, permitirá à Bosch reforçar a sua posição em duas áreas de crescimento – das ca sas inteligentes e de direção autônoma.

Em todo o mundo, a força de trabalho do Grupo Bosch totalizou cerca de 290 mil colaboradores em 31 de dezembro de 2014. Isso representa algo em torno de 9.100 profissionais a mais do que no ano anterior.bosch3

Desenvolvimento dos negócios em 2014 por setor de atividade – De acordo com os dados preliminares, o setor das Soluções para Mobilidade – anteriormente denominado Tecnologia Automotiva – foi capaz de crescer duas vezes mais rápido que o mercado com seu amplo portfólio de componentes, sistemas e serviços. Em 2014, as vendas dos setores de Energia e Tecnologia de Construção ficaram aproximadamente no mesmo nível que no ano anterior.

Em Bens de Consumo, a Bosch foi bem-sucedida em 2014, por meio das vendas de ferramentas elétricas para profissionais e ferramentas de medição. As vendas globais do setor de Tecnologia Industrial foram menores do que em 2013. Após o ajuste dos efeitos de consolidação naquele ano, os número s atuais são ligeiramente superiores.

Aproveitar as oportunidades de negócios e encontrar respostas tecnológicas – Nos próximos anos, o Grupo Bosch tem como objetivo aproveitar as oportunidades de negócios que irão se apresentar por meio de desenvolvimentos nas áreas de conectividade, automação, eletrificação e eficiência energética, bem como em mercados emergentes. “Queremos ter um papel ativo na definição das abrangentes e profundas mudanças para o nosso mercado e ao ambiente tecnológico, queremos nos preparar para um mundo conectado”, disse Denner.

Neste contexto se destaca os negócios do setor de Soluções para Mobilidade. “Nós nos vemos como um fornecedor de soluções para a mobilidade do futuro, que será automatizada, conectada e eletrificada”, o que inclui componentes, sistemas e soluções de software, bem como serviços. Combinado com a nossa competência de integração de sistemas, isto significa que estamos melhor posicionados do que quase qualquer outra empresa para desenvolver soluções inovadoras para nossos clientes”, complementa Denner.

No desenvolvimento de novas tecnologias, a Bosch ainda dá grande importância à experiência de desenvolvimento local em mercados emergentes. “Em 2015, inovações também serão os principais motores do nosso crescimento de vendas. Desenvolvimentos locais para cada mercado são especialmente importantes”, finaliza Denner.bosch

- Publicidade - Mercedes-Benz