Noma sobe no ranking das maiores fabricantes de carretas do Brasil

Projetos com foco em crescimento sustentável, investimentos em tecnologia e desenvolvimento de carretas que gerem ganhos reais ao transportador. Essas três premissas, aliadas ao sucesso da linha Fênix, foram os principais responsáveis por uma fase inédita alcançada pela Noma, mesmo em meio ao turbulento cenário econômico.

Pela primeira vez desde sua fundação, há quase 50 anos, a empresa paranaense chega à Fenatran 2015 entre as três maiores produtoras de carretas do país, com 12,2% de market share.

Entre janeiro e setembro de 2014 a Noma estava na quinta colocação com 9,9% de participação. Na comparação com o mesmo período deste ano o ganho foi de 2.3% ficando nestes 9 meses na vice-liderança do ranking com 2739 de implementos rodoviários emplacados, a grande maioria voltada ao setor de pesados (médios e grandes caminhões). A expectativa é fechar 2015 com um percentual na casa dos 12%.

Embora a Noma também tenha reduzido suas vendas neste ano, ela está passando pelo maremoto econômico com menos impacto, abaixo da média do setor que foi acima de 40% negativos,tendo sido o player que menos caiu entre os grandes.

Para Marcos Noma,presidente da Noma, a conquista é um resultado significativo de um projeto estratégico estruturado, de longo prazo, iniciado no final da década passada, tendo a responsabilidade e o respeito ao transportador como pilares centrais.

“Para nós é impensável crescer sem oferecer qualidade e benefícios econômicos aos clientes. São desafios que assumimos e estamos colhendo frutos doces, mesmo em meio a tempestade. Já somos reconhecidos por oferecermos produtos que trazem ganhos reais a quem os utiliza, mas o sonho de chegarmos a vice-liderança está apenas começando. É preciso continuarmos o trabalho árduo e extremamente sério para que este projeto avance com sucesso nos próximos anos”, prevê.

A notícia do salto no ranking, que nos últimos anos oscilava entre a quinta e a terceira posição,chega no mesmo momento em que a empresa foi reconhecida como a Marca Mais Desejada do País, na  pesquisa anual da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores. Este foi o terceiro ano consecutivo que a Noma é eleita a número um nesse estudorealizado com concessionários de todo o Brasil.

Uma das linhas que tem contribuído para o ótimo desempenho da Noma no mercado é a Florestal. Afabricante é líder no Brasil e deve fechar 2015 com 42% de market share.

A conquista é fruto de investimentos em pesquisas no desenvolvimento de uma linha de carretas capaz de oferecer ganhos de até oito toneladas a mais por dia, na comparação com concorrentes, levando em conta que neste segmento são realizadas viagens curtas, muitas vezes, quatro delas diárias.

Nova planta

Em linha com o planejamento estratégico de longo prazo da empresa, seguem os investimentos e os cronogramas para a inauguração de sua nova fábrica em Tatuí (SP) prevista para iniciar as operações no segundo semestre de 2017. A Planta terá capacidade de produção de 600 implementos/mês e terá mais de 450 funcionários diretos.

Serão mais R$ 75 milhões de aporte para viabilizar o projeto que tornará a empresa ainda mais competitiva, principalmente nas regiões Sudeste e Centro Oeste, além de ampliação de suas exportações.

 

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®