Diferença entre farol de LED e Xenon

As luzes dos faróis fazem parte dos principais itens de segurança de um veículo, que em más condições podem ocasionar acidentes e multas.

Os faróis tem a função de iluminar locais escuros ou com pouca visibilidade, mas sem prejudicar o condutor que vem do lado oposto da pista e, por isso devem ser regulados da forma correta, além de ser responsabilidade do motorista saber em que momento usar as luz alta, baixa e os indicadores de direção (seta, pisca-alerta…). Portanto, toda preocupação em manter as lâmpadas funcionando é válida.

Os tipos mais comuns que acompanham os automóveis de fábrica são os faróis de halogêneo. As lâmpadas de luzes halógenas possuem uma vida útil de aproximadamente 1.000 horas e costumam produzir uma grande quantidade de calor, porém nem sempre é transformado em luz o que acaba por gerar um considerável desperdício de energia.

Por isso que surgiram cada vez mais opções alternativas para os motoristas e as apostas em faróis com lâmpadas de luz LED e Xenon ganham cada vez mais destaque até mesmo pela sua beleza. Vamos entender cada uma delas.

Faróis de Xenon – Esse tipo de lâmpada possui uma combinação de gases e metais raros que são aquecidos com reatores que intensificam as cargas de energia enviadas para a lâmpada.

Dessa forma, surgem as luzes que vão da cor muito branca até o roxo. O consumo de energia desse tipo de lâmpada é 50% menor em comparação às lâmpadas de luzes halógenas com duração de até duas vezes mais.

Existem automóveis que já saem com os faróis de xenon de fábrica, então basta que o usuário siga o manual do fabricante quando precisar fazer a troca, já para quem quer adaptar seu veículo existem os kits de lâmpadas xenon.

O kit de lâmpadas xenon pode ser facilmente encontrado, mas a legislação exige que antes de iniciar a instalação o condutor retire uma autorização para modificação no sistema de iluminação do veículo no DETRAN.

Um processo meio burocrático, mas ao mesmo tempo simples, após obter a autorização o condutor deve levar em um mecânico de sua confiança e após a instalação o veículo precisará passar por uma vistoria pelo INMETRO e pelo DETRAN local. Esse processo é importante porque as lâmpadas precisam estar em boas condições para não comprometer a segurança do condutor e dos demais veículos na pista.

Faróis de LED – Os faróis com lâmpadas LED possuem o gasto de energia de 74% menor com vida útil de até cinco vezes mais. Isso acontece devido a sua tecnologia não permitir que os faróis esquentem o que ajuda a evitar qualquer dano nas lâmpadas por conta de derretimento ou problemas devido ao excesso de calor.

Muitas montadoras apostam nas luzes de LED, como a Audi que já investe a algum tempo nesse tipo de farol. Outro exemplo é a Citroën também aposta nas luzes diurnas de LED no modelo C3, conheça aqui, que vem como marca registrada do modelo.

Para aqueles que querem instalar as lâmpadas LED a boa notícia é que elas possuem um sistema de instalação mais simples e o uso é permitido, mas é importante saber que apesar disso, as lâmpadas precisam ser produtos com o selo do INMETRO e caso modifique o projeto original do carro será necessário solicitar uma autorização do DETRAN.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®