O faturamento do Grupo fechou em 27,779 bilhões de euros no 1º semestre de 2016, ante 28,036 bilhões de euros no 1º semestre de 2015 (após reprocessamento dos resultados em aplicação da norma IFRS 5, detalhada nos anexos), registrando uma progressão de 2,4% com taxa de câmbio constante.

O líquido da evolução desfavorável das taxas de câmbio apresenta uma retração de -0,9%.

O faturamento da divisão Automotiva elevou-se a 19,190 bilhões de euros, também em alta de 2,5% em relação ao primeiro semestre de 2015, com taxa de câmbio constante, graças ao sucesso dos modelos e à estratégia de precificação (pricing power). O líquido da evolução desfavorável das taxas de câmbio apresenta uma retração de -1,1%.

O Resultado Operacional Corrente do Grupo elevou-se a 1,830 bilhão de euros, em alta de 32% na comparação com o 1º semestre de 2015.

Com um Resultado Operacional Corrente de 1,303 bilhão de euros, a divisão Automotiva progrediu 34% em comparação com o 1º semestre de 2015.

Este crescimento deve-se essencialmente à progressão dos volumes,  assim como à contínua redução dos custos fixos e dos custos de produção.

Os produtos e os encargos operacionais não correntes totalizaram –207 milhões de euros,  contra –343  milhões de euros no primeiro semestre de 2015.

Os encargos financeiros líquidos do Grupo foram divididos por dois, caindo de -334 milhões de euros no primeiro semestre de 2015 para -150 milhões de euros.

O resultado líquido consolidado do Grupo estabeleceu-se em 1,383 bilhão de euros, em progressão de 663 milhões de euros.

O resultado líquido (parte do Grupo) foi de 1,212 bilhão de euros, contra 571 milhões de euros no primeiro semestre de 2015.

O Resultado Operacional Corrente do Banco PSA Finance ficou em 297 milhões de euros4, uma alta de 1% em relação ao primeiro semestre de 2015.

O Resultado Operacional Corrente da Faurecia elevou-se a 490 milhões de euros, em alta de 106 milhões de euros na comparação com o primeiro semestre de 2015.

O fluxo de caixa livre (free cash flow) das atividades industriais e comerciais foi de  1,846 bilhão de euros, sustentado pela melhoria da margem bruta de autofinanciamento.
No fim de junho de 2016, os estoques eram de 399 mil veículos (incluindo a rede independente), representando um aumento de 8 mil  veículos em relação ao fim de junho de 2015.

A Posição Financeira Líquida das atividades industriais e comerciais totalizou 5,972 bilhões de euros em 30 de junho de 2016 e progrediu de 1,412 bilhão de euros ante a posição de 31 de dezembro de 2015.

Perspectivas do mercado – Em 2016, o Grupo prevê um crescimento do mercado automotivo de cerca de 4% na Europa e de 8% na China, e uma retração do mercado de cerca de -12% na América Latina e de -15% na Rússia.

Objetivos operacionais

O plano Push to Pass, apresentado em 5 de abril de 2016, fixa os seguintes objetivos:

  • Uma margem operacional corrente média de 4 % para a divisão Automotiva no período 2016-2018 e uma meta de 6% para 2021;
  • Um crescimento de 10 % do faturamento do Grupo entre 2015 e 20181, visando 15% suplementares até 20211.

Carlos Tavares, Presidente Mundial do Grupo PSA, declarou: “Nossos desempenhos recorrentes evidenciam a transformação estrutural da empresa,  sua eficiência e a profunda mudança de estado de espírito no Grupo. Em um ambiente estável, todas as equipes estão focadas na excelência operacional e continuam a demonstrar agilidade na execução de nosso plano estratégico Push to Pass”.

1 – Resultado operacional corrente em proporção do faturamento

2 – No 1º semestre de 2016, para as Sociedades Industriais e Comerciais

3 – Fora da  China

4 – 100% do resultado do  Banco PSA Finance. Nas contas do Grupo PSA, as joint ventures são consolidadas pelo método da equivalência e as outras atividades implicadas no acordo concluído com o Santander são reclassificadas em “Atividades destinadas a serem alienadas ou incluídas na parceria”.

Calendário Financeiro – 26 de outubro de  2016 : Faturamento do 3º trimestre de 2016 – As contas consolidadas do Grupo PSA em 30 de  junho de 2016 foram aprovadas pelo Conselho de Administração  em  22 de julho de  2016 e examinadas pelo Conselho de Supervisão em 26 de julho de 2016.

Os revisores de contas do Grupo  procederam à auditoria das contas e o relatório sobre a informação financeira está em processo de emissão .

O relatório sobre os resultados semestrais, assim como a apresentação dos resultados semestrais de 2016, podem ser consultados no site Internet do Grupo (www.groupe-psa.com), rubrica « Analyste/Investisseur».