domingo , 26 março 2017
ACELERANDO
Capa » Destaque » Toyota chega à marca de 10 milhões de veículos híbridos vendidos no mundo
Toyota chega à marca de 10 milhões de veículos híbridos vendidos no mundo

Toyota chega à marca de 10 milhões de veículos híbridos vendidos no mundo

A Toyota alcançou a marca de 10 milhões de veículos híbridos comercializados em todo o mundo. Deste total, a família Prius responde por mais de 60%, com 6,1 milhões de unidades vendidas.

O registro ocorreu em 31 de janeiro deste ano e demonstra o avanço da tecnologia híbrida e seu poder de inserção na sociedade como solução viável para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e outros poluentes.

A Toyota estima que a utilização de sua gama de veículos híbridos deixou de emitir aproximadamente 77 milhões de toneladas de CO2 e economizou mais de 29 bilhões de litros de gasolina, na comparação com automóveis convencionais de mesmo porte e estilo de condução.

Para a Toyota, o auxílio na mitigação dos efeitos adversos ao meio ambiente, proveniente dos automóveis, tem sido uma prioridade.

Seguindo fielmente a premissa de que veículos ecologicamente corretos só podem ter impacto positivo significativo se forem amplamente utilizados, a fabricante tem incentivado a adoção e absorção em massa da tecnologia pelo mercado global.

Desde a introdução do modelo Prius, em 1997, primeiro automóvel híbrido produzido em massa no mundo, os carros híbridos da marca vêm alcançando larga aceitação e apoio em todo o mundo.

Este último marco (de 10 milhões de unidades) foi conquistado apenas nove meses após a Toyota ter celebrado a venda de nove milhões de unidades, em abril de 2016.

Assim como reduzir emissões de gases de efeito estufa tornou-se um problema central para a sociedade contemporânea, a introdução da primeira geração do Prius apresentou ao mundo a resposta da Toyota às questões relacionadas com o meio ambiente no século XXI.

A equipe de engenheiros responsável pela criação do primeiro modelo híbrido da Toyota estava convencida de que a tecnologia era essencial para o futuro. Com isto em mente, o time foi capaz de desenvolver o primeiro carro de passageiros híbrido produzido em massa no mundo.

A quarta geração do Prius, que chegou ao Brasil em junho de 2016, tornou-se o primeiro veículo a ser construído sobre a plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture), com foco na eficiência e desempenho ambiental, no entanto, sem deixar de entregar alta performance e prazer de condução.

Aliás, este é também um dos motivos do sucesso dos híbridos em todo o mundo: são automóveis silenciosos, fáceis e divertidos de conduzir.

Não à toa, pesquisas de satisfação da Toyota com clientes em várias partes do mundo colocam seus modelos híbridos nas primeiras posições.

Desafio Ambiental – Em outubro de 2015, a Toyota anunciou o seu Desafio Ambiental Toyota 2050, por meio do qual estabelece uma série de compromissos e desafios que auxiliam a reduzir os impactos negativos dos automóveis para o mais próximo possível de zero e contribuir para a formação de uma sociedade sustentável.

A Toyota tem posicionado as tecnologias híbridas como peça fundamental para o século XXI, pois englobam todos os componentes tecnológicos necessários para o desenvolvimento de carros ecologicamente amigáveis, desde os modelos elétricos até os movidos a célula de hidrogênio, facilitando o uso de diferentes combinações de combustível.

Brasil – No Brasil, a Toyota e a Lexus contam, cada uma, com um representante no mercado híbrido. O Toyota Prius chegou à liderança do segmento de híbridos no País ao atingir 485 unidades vendidas no ano passado.

Este total representa um aumento de aproximadamente 128% em relação a 2015. Desde que o modelo começou a ser vendido em território nacional, no início de 2013, foram vendidas 1.139 unidades.

O Prius é comercializado no Brasil por R$ 126.600, sendo, hoje, o automóvel híbrido mais acessível à venda no mercado nacional. O veículo oferece, entre outras inúmeras vantagens em termos de conforto e dirigibilidade, alto índice de eficiência de combustível no ciclo urbano, chegando a 18,9 km/l (segundo dados INMETRO), o que faz dele o modelo mais econômico no território brasileiro.

Outro destaque é seu baixo custo de manutenção. Os preços estabelecidos pela Toyota nas revisões dos 10 mil aos 50 mil km são próximos aos da tabela do Corolla, sedã médio da marca com um dos mais competitivos pacotes de manutenção em seu segmento.

Já a Lexus oferece o CT 200h, o primeiro veículo híbrido premium disponível para vendas no Brasil. O modelo é oferecido em duas versões, a 200t (R$ 149.900) e Eco (R$ 132.500) e também teve aumento expressivo de vendas em 2016 da ordem de 138% em comparação com o ano anterior.

Mais uma vantagem dos modelos é a garantia estendida de oito anos para seu sistema híbrido. Compreendem este sistema a bateria híbrida, sua unidade de controle, a unidade de controle de gerenciamento de energia e o motor elétrico.

Com isso, a Toyota reafirma sua confiança nesta tecnologia e seu compromisso de oferecer a melhor experiência de compra e propriedade de um automóvel.

Além da garantia estendida, os proprietários do Prius, do CT 200h e demais veículos híbridos contam com o benefício de 50% de desconto no valor do IPVA e isenção do rodízio na cidade de São Paulo.

No estado do Rio de Janeiro, a alíquota do IPVA para veículos híbridos teve redução de 4% para 1,5%.

Sobre Equipe Mecânica Online®

Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.