sexta-feira , 17 novembro 2017
ACELERANDO
Capa » Seu Veículo » Nova regra informa ao consumidor nível de poluição de veículos
Nova regra informa ao consumidor nível de poluição de veículos

Nova regra informa ao consumidor nível de poluição de veículos

Com a entrada em vigor da obrigatoriedade em todos os automóveis da etiqueta do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBVE), a Umicore, principal fabricante de catalisadores automotivos do País, afirma que a medida anunciada recentemente pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços dará ao consumidor mais poder e informação na hora de comprar um veículo.

O selo mostra, além de dados de eficiência energética (consumo), o nível de emissões de gases tóxicos dos carros em relação aos modelos de uma mesma categoria.

“É muito importante que o dono do carro tenha consciência da importância de avaliar e levar em consideração o nível de emissões de poluentes dos veículos, uma vez que esses gases tóxicos afetam diretamente a saúde da população”, afirma Cláudio Furlan, gerente Comercial da Umicore.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a poluição do ar causa mais de 3 milhões de mortes prematuras ao ano.

Na etiqueta, o nível de emissões de poluentes pode ser verificado do lado direito da ilustração, na barra denominada “Emissões”.

A classificação vai de “A” até “C”, sendo que a primeira significa que o veículo emite menos poluentes controlados e a segunda que emite mais.

Componente essencial – Nos veículos leves, o catalisador automotivo é o componente responsável por evitar que substâncias tóxicas como o CO (monóxido de carbono), NOx (Óxidos de Nitrogênio) e HC (Hidrocarbonetos), que podem causar doenças respiratórias, irritações nos olhos, nariz e garganta, além de doenças mais graves, cheguem até o ambiente.

“O catalisador transforma até 98% desses gases em vapores inofensivos, por isso, tem papel fundamental para o controle de emissões, principalmente em grandes cidades onde a concentração de automóveis é alta”, ressalta o gerente Comercial da Umicore.

Os motoristas de carros já em circulação também podem contribuir com a qualidade do ar dos centros urbanos realizando revisões periódicas no sistema de exaustão dos veículos, uma vez que o catalisador é prejudicado pela falta de manutenção de outros itens ou do uso de produtos inadequados, como combustível de má qualidade, por exemplo.

“Um catalisador em mau estado contribui para o aumento da emissão de poluentes”, finaliza Furlan.

 

Toyota

Sobre Equipe Mecânica Online®

Um dos principais portais quando o assunto é mecânica na internet brasileira, o Mecânica Online® é feito por você! Através de nosso público procuramos cada vez mais oferecer um conteúdo que leve sempre o nosso principal objetivo: mecânica do jeito que você entende.
Scania