A Ford desenvolveu um mostrador de alerta para carros com tecnologia usada originalmente em caças a jato, que permite ao motorista ver informações como velocidade, navegação e sinais de trânsito sem precisar desviar os olhos da pista.

Comparado a outros sistemas do tipo, sua principal vantagem é poder ser usado com óculos de sol polarizados.

O novo visor é composto de uma tela de policarbonato transparente instalada na parte superior do painel, à frente do volante, e um projetor de luz embutido.

O primeiro carro a contar com essa tecnologia será o Focus de nova geração na Europa.

Alguns sistemas similares existentes hoje têm o inconveniente de não poderem ser usados com óculos de sol polarizados, que, por eliminar os reflexos, tornam a tela praticamente invisível.

O visor da Ford emite o mesmo tipo de luz que essas lentes são projetadas para bloquear, mas contorna o problema com o uso de um filtro cuidadosamente ajustado que rebate a luz polarizada de volta para o motorista.

Diferentemente das telas tradicionais do gênero, cujas ondas de luz vibram paralelamente à estrada, o novo mostrador emite ondas de luz que vibram de forma perpendicular, possibilitando uma visão clara através das lentes polarizadas.

Sua tela de policarbonato conta com um revestimento refletivo multicamada que permite aos engenheiros controlar a polarização, cor, transmissão e reflexão de luz de acordo com as necessidades do sistema.

“Os óculos polarizados podem fazer uma grande diferença na visibilidade de quem dirige sob sol forte em superfícies com reflexo, como água, neve ou mesmo asfalto. Nosso novo mostrador permite a todos os motoristas visualizar as informações e alertas que desejar sem precisar olhar para baixo e ter de reajustar o foco”, diz Glen Goold, engenheiro-chefe de programas da Ford Europa.