O Toyota Corolla sedã chegou à sua 12ª geração quando foi revelado na China.

A chegada ao Brasil ainda é distante, visto que até o final de 2020, a Toyota deve concluir a modernização resultado do investimento R$ 1 bilhão de reais da fábrica de Indaiatuba (SP), onde é produzido o modelo.

O término da obra, em meados de 2020, coincide com a previsão de chegada da nova geração do Corolla.

O sedã passará por uma das maiores revoluções em mais de 5 décadas de vida, inclusive com a adoção da plataforma TNGA, já usada pelo Prius.

Além de aliar o motor a combustão ao elétrico, o Corolla deve ser o primeiro veículo da empresa com a tecnologia híbrida e flex.