Conheça o primeiro SUV com versão blindada de fábrica oferecido no Brasil

A Audi do Brasil apresenta ao mercado nacional o Q5 Security, o primeiro SUV da marca a ser vendido em versão blindada de fábrica.

Visualmente, o veículo é praticamente idêntico às versões já existentes do Q5, mas trata-se de um carro totalmente novo.

Desde o início de seu desenvolvimento recebeu recursos de proteção especiais para suportar a blindagem, com novos conjuntos de freios e suspensão, sendo submetido inclusive a crash tests.

As peças protetoras utilizadas são certificadas na classe III-A da ABNT NBR 15000, usada amplamente na América do Sul e que se tornou padrão no mercado nacional por ter o maior grau de proteção disponível para uso civil no Brasil.

Na prática, isso significa que o Q5 Security resiste a disparos de armas de fogo como a Magnum 357, 9mm (pistolas e submetralhadoras), espingardas calibre 12 e até de calibre .44, que protege efetivamente os ocupantes do veículo contra ataques.

A célula de segurança do SUV blindado incorpora toda a área de passageiros, inclusive o compartimento de bagagens, que também pode ser acessado do interior do veículo.

Portas, tampa do porta-malas, teto e laterais, bem como a parede corta-fogo do compartimento do motor são reforçadas com peças feitas de aço de alta resistência.

As janelas do automóvel consistem em vidros à prova de balas com multicamadas.

A célula balística é construída de modo que os ocupantes tenham uma proteção excelente, independentemente de onde as balas sejam disparadas.

“O grande diferencial do veículo é que ele não tem adaptações. Foi, de fato, desenvolvido desde o início para receber os recursos especiais de proteção em todos os processos de concepção. Estamos felizes em oferecer aos nossos clientes mais esta opção premium, que alia elevado nível de segurança, tecnologia, conforto e sofisticação”, afirma Johannes  Roscheck, CEO e presidente da Audi do Brasil.

Para receber a blindagem, a Audi equipou o Q5 Security com o mesmo conjunto de freios do SQ5, que tem maior capacidade de frenagem.

Além disso, o modelo possui o ESP calibrado, não tem teto solar, utiliza chapas de aço e não mantas em sua estrutura e o porta-malas tem acionamento elétrico e pistões reforçados.

O motor usado no Q5 Security é o 2.0 TFSI a gasolina, que desenvolve 252 cv de potência e 370 Nm de torque, disponíveis entre 1.600 e 4.500 rpm.

A transmissão é S tronic de sete velocidades e o sistema de tração quattro com tecnologia ultra é de série.

Com esse conjunto, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos e a velocidade máxima é de 235 km/h.

A suspensão a ar adaptativa com controle dos amortecedores do carro foi ajustada para o peso maior do veículo blindado – o peso em ordem de marcha (sem o motorista) é de 2.295 kg, ou seja, 500 kg a mais do que a versão original do Q5.

As rodas de 19 polegadas são calçadas com pneus Run Flat, que permitem a rodagem sem ar por até 80 km a uma velocidade de até 80 km/h.

O sistema de freios foi generosamente dimensionado: os discos dianteiros medem 350 mm de diâmetro.

Uma linha de ombro com curvas distintas e com recortes reforçados dão estrutura à lateral do veículo.

Os arcos das rodas pronunciados fazem uma referência ao sistema de tração integral quattro.

Assim como na dianteira, linhas horizontais na traseira transmitem uma imagem de largura e presença.

A tampa traseira envolve as colunas C – uma característica típica dos modelos da família Q.

Um difusor de ar integra as saídas de escapamento.

O Q5 Security permite ao motorista seis modos de condução, que podem ser selecionados por meio do sistema Audi Drive Select: off-road, comfort, efficiency, dynamics, auto e individual.

O veículo é produzido na planta de San José Chiapa (México).

O processo de fabricação do Q5 Security está em conformidade com os rigorosos padrões de qualidade da Audi e não oferece apenas a alta qualidade de acabamento padrão, mas, ao contrário dos veículos adaptados para blindagem, o modelo tem garantia total da Audi.

O preço sugerido é de R$ 370.990,00.