Hyundai Motor Group apresenta o 1º sistema de airbag multicolisão do mundo

O Hyundai Motor Group anunciou esta semana o desenvolvimento e a futura comercialização do primeiro sistema de airbag multicolisão do mundo, capaz de reforçar significativamente o desempenho do airbag em acidentes com colisões múltiplas.

Este tipo de acidente é aquele em que o impacto primário é seguido por colisões com objetos secundários, como árvores, postes ou outros veículos.

Os sistemas de airbags atuais não oferecem proteção secundária quando o impacto inicial é insuficiente para causar a inflação do equipamento.

No entanto, o novo sistema multicolisão permite que os airbags sejam inflados de forma eficaz em um impacto secundário, avaliado o estado do veículo e dos ocupantes.

A nova tecnologia detecta a posição dos ocupantes na cabine após uma colisão inicial.

Quando os ocupantes são forçados a posições incomuns, a eficácia da tecnologia de segurança existente pode ser comprometida.

O sistema de airbag multicolisão é projetado para inflar ainda mais rapidamente quando os sistemas iniciais de segurança podem não ser eficazes, proporcionando segurança adicional quando motoristas e passageiros são mais vulneráveis.

Ao recalibrar a intensidade de colisão necessária para a inflação do airbag, o sistema responde mais prontamente durante o impacto secundário, reforçando a segurança dos ocupantes de veículos que sofrem múltiplas colisões.

“Ao aperfeiçoar o desempenho do airbag em cenários de multicolisão, esperamos intensificar significativamente a segurança de nossos motoristas e passageiros”, destacou Taesoo Chi, chefe do Centro de Tecnologia de Chassis do Hyundai Motor Group.

“Continuaremos nossa pesquisa em situações diversas de acidentes, como parte de nosso compromisso de produzir veículos cada vez mais seguros”.

De acordo com dados do National Automotive Sampling System Crashworthiness Data System (NASS-CDS), divisão da Administração Nacional de Segurança nas Estradas (NHTSA) dos EUA, cerca de 30% dos 56.000 acidentes com veículos registrados de 2000 a 2012 no país envolveram multicolisões.

O principal tipo de acidente com multicolisão envolveu carros invadindo a pista central (30,8%), seguido por paradas repentina em pedágios (13,5%), colisões no canteiro central da rodovia (8,0%) e colisões contra árvores e postes da rede elétrica (4,0%).

O Hyundai Motor Group analisou cenários diversos para aperfeiçoar o desempenho e a precisão do airbag em colisões secundárias.

A tecnologia será implementada nos novos veículos da Kia no futuro.

- Publicidade - Scania