Mercado ganha novo pó polimérico para aplicações de impressão 3D em faixas mais altas de temperatura

0
134
A Evonik continua ampliando a sua participação no atraente mercado de impressão 3D.
A empresa de especialidades químicas desenvolveu um novo pó polimérico, da linha de Poliamida 6, para aplicações em faixas mais altas de temperatura.
O produto expande ainda mais o portfólio da Evonik de materiais de alta performance para tecnologias de impressão 3D em pó.
O novo pó de poliamida da Evonik apresenta alta resistência mecânica, além de excelente resistência química e à temperatura.
Sua temperatura de deflexão térmica (HDT B) é de cerca de 195ºC.
Além disso, o material em pó se destaca por sua baixa absorção de água – abaixo de 3% -, que tem um efeito positivo sobre a processabilidade na impressão 3D e a estabilidade dimensional de componentes impressos em 3D.
Materiais inovadores para produção em série-“Materiais novos, prontos para usar, que são adaptados de maneira otimizada à cada impressora e que ampliam a faixa de aplicação para temperaturas mais altas, levam a indústria da impressão 3D um passo à frente, rumo à produção em série”, diz Mark Zhao, fundador e CEO da TPM 3D, empresa tecnológica chinesa para sinterização seletiva por laser (SLS).
“Estamos registrando uma forte demanda por soluções 3D em faixas mais altas de temperatura – por exemplo, nas indústrias automobilística e eletrônica. É por isso que ficamos satisfeitos em lançar o novo material estável à temperatura em conjunto com a Evonik”.
O novo pó polimérico da linha de poliamida 6 da Evonik, com sua forma granular quase redonda, destaca-se por sua excelente fluidez e propriedades de aplicação, tornando-o adequado para todas as tecnologias de impressão 3D em pó.
A Evonik adota um procedimento exclusivo para produzir o material de alta temperatura em sua fábrica em Marl (Alemanha).
Mais de 20 anos de expertise em materiais-O mercado de impressão 3D está em alta, com taxas de crescimento de dois dígitos.
A Evonik lidera a produção mundial de pós de poliamida 12 (PA 12), que tem sido utilizados na manufatura aditiva há mais de 20 anos.
Além do filamento de PEEK e dos pós de PA 12, o portfólio de produtos da empresa inclui pós flexíveis de PEBA, além de uma linha completa de aditivos, como agentes de dispersão, melhoradores de fluxo ou modificadores reativos.
Para mais informações sobre as atividades da Evonik no setor de impressão 3D, acesse o nosso site: www.evonik.com/additive-manufacturing.