Programas de Manutenção Scania deverão crescer 28% em 2019

A área de Serviços da Scania vem acumulando nos últimos anos, uma série de pioneirismos no setor.

Toda esta mudança na forma de oferecer serviços se traduz no aumento de faturamento e para 2019 a expectativa é por um aumento de 28% na venda de programas de manutenção.

Atualmente, a rede Scania tem 125 pontos de atendimento, que cobrem 100% do território nacional.

“Nenhum outro concorrente revolucionou tanto o mercado com soluções de serviços nos últimos anos como a Scania. Desde o PMS com Planos Flexíveis até a novidade mais recente, o PMS Fleet Care, que já é um sucesso”, afirma Fábio Souza, diretor de Serviços da Scania no Brasil.

O PMS Fleet Care foi lançado junto com a Nova Geração de caminhões, em outubro de 2018, e ajuda o cliente a obter o máximo da disponibilidade da frota.

O novo serviço funciona por meio de um gestor coordenado pela rede de concessionárias da marca.

Para 2019, a projeção é para que mais de 50% dos caminhões novos saiam com algum tipo de programa de manutenção.

O portfólio de programas deverá crescer a patamares de 50% e chegar a mais de 16 mil usuários.

Os planos flexíveis deverão chegar a 8.000  ativados e os Serviços Conectados a 28 mil veículos, entre caminhões e ônibus.

2018: ano de importantes conquistas-“O ano passado comprovou o crescimento e a maturidade do portfólio Scania, que vem sendo renovado e inovado desde 2013. Trata-se de um trabalho incansável e estruturado com a rede de concessionários para gerar mais disponibilidade e rentabilidade ao cliente”, explica Souza.

O balanço de 2018 para os serviços Scania foi extremamente positivo.

As vendas de programas de manutenção (PMS) aumentaram em 56% contra 2017 (carteira de 8.300 veículos).

O portfólio de PMS cresceu 47% em comparação com 2017 (de 7.329 para 10.749 veículos).

O revolucionário programa com planos flexíveis chegou à venda de mais de 3.000 programas com participação de 40% nas vendas entre todas as modalidades.

Foram 3.145 veículos utilizando o sistema em que o próprio caminhão avisa quando deve parar.

Ou seja, do total de 10.749 veículos com programas de manutenção, 29% foram ativados com o plano flexível.

E, do total de caminhões novos vendidos pela marca 41% saíram com alguma das modalidades oferecidas de PMS.

Já os Serviços Conectados registraram 15.300 veículos ativos com um crescimento de 125% sobre os 6.800 de 2017.

Do total, 92% foram caminhões (14.004 unidades) e 8% ônibus (1.296 unidades).

PMS Fleet Care-“O PMS Fleet Care é a prova de que pensamos na gestão completa do nosso cliente. Adicionamos mais uma etapa da nossa jornada rumo a um sistema de transporte mais sustentável”, diz Fábio Souza.

“Os Serviços Conectados são a base de tudo. Para garantir e mensurar a disponibilidade numa frota é necessário o uso de ferramentas inteligentes. O Fleet Care é o novo aliado do cliente.”

O Scania Fleet Care tem cinco pilares principais que o tornam o serviço mais completo da Scania.

O primeiro é o Gestor de Frota. Uma das principais preocupações da Scania é o tempo e os recursos que os clientes normalmente precisam gastar em atividades não essenciais ou de suporte.

Por isso, a fabricante vai dedicar o talento da equipe da rede para apoiar o transportador.

Para cada cliente será designado um Gestor de Frota Scania para cuidar dos veículos.

O segundo pilar é o Planejamento de Serviços.

O gestor de frota vai garantir que o cronograma de manutenção e a utilização dos veículos sejam adaptados para atender o cliente da melhor maneira possível.

Ele vai saber tudo o que a frota precisa, especialmente das manutenções preventivas e corretivas.

Dessa forma, o transportador não vai precisar investir mais recursos para fazer o planejamento de manutenção. Este trabalho será auxiliado pelo gestor.

O terceiro pilar é o gestor também monitorando a saúde da frota, os desvios, defeitos e a integridade dos veículos para rápida tomada de decisão e, evitar assim, problemas antes que ocorram paradas imprevistas.

Todo esse suporte é possível com a utilização da ferramenta Scania Fleet Monitoring, que dispõe de todas as informação sobre a frota do cliente.

Além disso, o sistema também permite a melhoria do desempenho dos produtos.

Para isso, o ponto focal são os veículos conectados e com os Programas de Manutenção Scania (PMS).

Com o uso do Programa de Manutenção com Planos Flexíveis, a manutenção é customizada de acordo com a operação de cada veículo.

O quarto pilar, e quesito fundamental, são os Motoristas.

Parte da solução Scania também inclui a análise da influência deles na disponibilidade operacional.

O sistema de gestão detecta qual estilo de direção pode afetar diretamente este ponto.

Assim o gestor de frota em conjunto com a concessionária Scania consegue oferecer o treinamento e o acompanhamento adequado ao motorista.

O quinto pilar é o relacionamento com as oficinas da rede Scania.

O gestor de frota será a conexão entre o cliente e todas as oficinas da rede da marca no Brasil e também com as eventuais estruturas dedicadas.

Essa gestão compartilhada permite até 75% de redução de tempo de permanência de oficina.

O Scania Fleet Care ainda conta com um opcional que pode fazer a diferença na hora de olhar o retorno de investimento dos ativos da empresa.

“Como confiamos muito em nossos serviços, podemos garantir que o cliente obtenha a capacidade de que precisa. É o que chamamos de garantia de disponibilidade”, salienta Souza.

“O cliente poderá comprar um nível garantido de disponibilidade durante um período necessário, por exemplo, 100% de disponibilidade entre 7h e 16h, de segunda a sexta-feira. E, assim, vamos evoluindo o mercado”.

Programa de Manutenção com Planos Flexíveis-Permite até 16% na redução de custos e aumento de até 20% de disponibilidade, de acordo com cada perfil de transporte.

“As vantagens são insuperáveis. A manutenção é totalmente customizada para cada veículo individualmente, a cobrança é por quilometragem (se não rodou, não paga) e de acordo com faixas de consumo de combustível (se consumiu menos, paga menos); e o plano Standard funciona por adesão, com assinatura de prazo ilimitado e mesmo valor ao longo da vigência do programa.”

A conectividade é a base de funcionamento da Manutenção com Planos Flexíveis, pois é por meio dos dados recebidos que a cobrança de cada caminhão é feita, além do próprio cálculo do plano e as próximas paradas.

O sistema permite a conexão de informações feita por meio dos Serviços Conectados Scania, identificando diversos fatores como estilo de condução do motorista, velocidade média, consumo e intervalos de manutenção.

Portanto, passa a existir uma gestão compartilhada entre cliente e rede de concessionárias, para mais assertividade e previsibilidade da operação.

A cobrança por quilometragem e de acordo com faixas de consumo de combustível é inédita  dentro da Scania mundialmente.

A arrojada criação brasileira funciona por meio de escalas de economia determinadas, e torna o pagamento mais dinâmico conforme a operação.

Os veículos que gastarem menos diesel entram em uma faixa de menor demanda de manutenção preventiva, e de tarifas reduzidas por quilômetro rodado.

A boa performance e a direção do motorista passam a fazer ainda mais diferença.

Para auxiliar o transportador a manter seus condutores dentro das médias mínimas de consumo, a Scania oferece o Driver Services.

O programa de condução personalizada pode chegar em torno de 10% de economia por caminhão.

A solução de orientação para a direção econômica da Scania tem como meta proporcionar o melhor custo de operação aos clientes, por meio da redução do consumo de combustível.

O formato de orientação inovador no mercado nacional ocorre em três etapas: o Treinamento, o uso do Driver Support e o Coaching.

O transportador poderá sentir rapidamente a diferença e o retorno de investir no benefício da frota.