BMW Group Brasil amplia rede de recarga para híbridos e elétricos no país

O BMW Group Brasil segue firme na liderança para a transformação da indústria premium no país.

Parte essencial da Strategy Number ONE>NEXT, a estratégia corporativa do BMW Group, a eletromobilidade é cada vez mais realidade em todos os mercados globais.

Para apoiar o aumento da frota de modelos eletrificados no país, o BMW Group Brasil confirma a instalação de 40 novos pontos de recarga até o fim do ano.

A iniciativa se dará por novos projetos da empresa, incluindo as marcas BMW e MINI, além de outras iniciativas por meio de diversas parcerias.

“Após conectar as maiores cidades do Brasil com carregadores entre Rio e São Paulo, queremos seguir na liderança para implementar infraestrutura de assistência a modelos eletrificados MINI e BMW, e de outras marcas comercializados no país” declara Gleide Souza, Diretora de Assuntos Governamentais do BMW Group Brasil.

Atualmente, são 110 postos de recarga distribuídos em todo o território nacional por meio de iniciativas próprias e parcerias com grandes empresas, entre elas Multiplan, Iguatemi, Grupo Pão de Açúcar e Ipiranga.

Instalados em locais estratégicos e de grande circulação, como supermercados, shopping centers e postos de combustíveis.

Dentre estes pontos, está o corredor elétrico Rio-São Paulo, uma iniciativa BMW Group Brasil e EDP, que possibilita uma viagem zero emissões entre as duas maiores cidades do Brasil.

Liderança em vendas de veículos eletrificados-O BMW Group vendeu mais de 142 mil veículos eletrificados (bateria elétrica e plug-in híbrido) no mundo, em 2018, confirmando assim o seu papel de liderança no campo da eletromobilidade.

Ou seja, a cada quatro minutos um veículo eletrificado produzido pela empresa foi entregue aos clientes, registrando um aumento significativo de 38,4% nos emplacamentos deste tipo de veículo em relação a 2017.

Ao fim deste ano, o BMW Group deve atingir a meta de meio milhão de veículos eletrificados produzidos pela empresa nas ruas.

A Europa é a maior região consumidora de veículos eletrificados do mundo, representando mais de 50% das vendas em 2018. Com 75 mil unidades entregues a clientes daquele continente, no ano passado, o BMW Group é o líder de mercado na região, com mais de 16% de participação.

Globalmente, a participação de mercado do BMW Group é superior a 9%.

O maior mercado único da empresa para veículos eletrificados são os Estados Unidos, onde mais de 25 mil veículos eletrificados BMW/MINI foram vendidos em 2018, representando mais de 7% das vendas totais do BMW Group naquele país.

O BMW 530e foi o híbrido plug-in premium mais vendido de 2018 nos EUA.

Até 2021, a empresa terá cinco modelos totalmente elétricos: o BMW i3, o MINI Electric, o BMW iX3, o BMW i4 e o BMW iNEXT.

E em 2025, esse número deve crescer para, pelo menos, doze modelos.

Incluindo os híbridos plug-in, o portfólio de produtos eletrificados da empresa incluirá, pelo menos, 25 modelos.

MINI Cooper S E Countryman ALL4-E esta ofensiva de eletrificação inclui ainda a oferta de uma ampla gama de veículos elétricos e híbridos, com destaque para o MINI Cooper S E Countryman ALL4, o primeiro modelo da marca britânica equipado com um sistema híbrido de propulsão.

Este veículo agrega um sistema de tração integral eletrificada a um conjunto motriz composto por um motor elétrico, capaz de impulsionar as rodas traseiras; um motor a combustão de última geração responsável por impulsionar as rodas dianteiras; além de um sistema inteligente que faz o melhor uso entre as duas tecnologias, de acordo com o modo de condução e que proporciona uma autonomia estimada de aproximadamente 500 quilômetros.

O motor elétrico, concebido seguindo o princípio de um sistema híbrido sincronizado, oferece potência de 88cv (65kw) e torque instantâneo de 165Nm, além de permitir que o veículo rode puramente elétrico por até 40 quilômetros de distância e alcançando velocidade de até 125 km/h, livre de emissões.

Já o motor a combustão TwinPower Turbo, de três cilindros e 1.499 cm³, está apto a entregar 136cv (100kw) e 220Nm de torque, a partir de 1.250 rpm.

Seja com o motor a gasolina ou no modo zero-emissões, o SUV híbrido da MINI garante o prazer seja sobre o asfalto ou longe dele.

No caso de uma aceleração mais intensa, o motor elétrico, atuando em conjunto com o motor a combustão, alcança uma potência total de até 224cv (165kw) e o torque de 385Nm proporcionando aceleração de 0 (zero) a 100 km/h em 6,8 segundos.

Perfeito para quem deseja usufruir das vantagens da mobilidade puramente elétrica durante o deslocamento diário, entre a residência e o local de trabalho, e que se beneficia da autonomia ampliada em longas distâncias e torque de 385Nm, o MINI Cooper S E Countryman ALL4 é oferecido no Brasil por R$ 214.990.

BMW 530e M Sport-A versão híbrida do sedã executivo de maior sucesso no mundo é equipado com o revolucionário sistema BMW eDrive, que integra um motor elétrico de última geração associado a um motor de quatro cilindros e 1.998 cm³, movido a gasolina, e apto a entregar 184cv, entre 5.000 e 6.500 rpm, e 290Nm de torque, de 1.350 a 4.250 rpm.

A potência combinada é de 252cv, a mesma do BMW 530i, e o torque acumulado atinge 420Nm – 70Nm a mais que a versão a combustão.

Com esta configuração, o sedã é capaz de acelerar de 0 (zero) a 100 km/h em 6,2 s e alcançar 235 km/h de velocidade máxima.

Rodando no modo puramente elétrico, o BMW 530e tem autonomia de 46 quilômetros, sem necessidade de recarga.

Ambos os motores direcionam sua força para as rodas traseiras do veículo com a ajuda de uma transmissão automática Steptronic, de oito velocidades, com alavancas atrás do volante para trocas de marchas (shift-paddle).

Híbrido plug-in premium mais vendido nos EUA em 2018, o BMW 530e M Sport pode ser adquirido na rede de concessionárias BMW, por R$ 328.950.

BMW i8 Coupé e Roadster-Disponibilizado no país por meio de ação de pré-venda, os novos i8 Roadster e Coupé podem ser encomendados nas concessionárias autorizadas BMW i por R$ 699.950 (Roadster) e R$ 649.950 (Coupé).

Ambos são equipados com a última geração da consagrada tecnologia BMW eDrive, que combina um novo propulsor elétrico sincronizado ao motor à combustão, de três cilindros, 1.499 cm³ e dotado de tecnologia BMW TwinPower Turbo.

O motor elétrico é responsável por mover as rodas dianteiras, enquanto o motor à gasolina movimenta as rodas traseiras.

As duas versões trazem potência combinada de 374cv e 320Nm de torque e alcançam velocidade máxima de 250 km/h, além de uma impressionante aceleração de 0 (zero) a 100 km/h em 4,4 segundos (Coupé) e 4,6 s (Roadster).

No modo eDrive, o BMW i8 pode rodar por até 45 quilômetros em propulsão puramente elétrica, sem emissões de poluentes.

BMW i3 120Ah-Também oferecido no país em ação de pré-venda, em três versões diferentes – i3 BEV (R$ 205.950); i3 BEV Connected (R$ 229.950); e i3 REX Full (R$ 257.950) –, o novo BMW i3 120Ah é equipado com baterias de alta voltagem de íons de lítio, com maior capacidade de armazenamento de energia – 120 Ah/42,2 kWh.

Com mais este atributo, o compacto premium elétrico segue perfeito para o deslocamento urbano uma vez que eleva o prazer de dirigir a outro patamar, livre de emissões de partículas.

Tudo graças ao seu conjunto motriz, que inclui uma unidade elétrica BMW eDrive capaz de gerar 125 kW (170 cv) e 250 Nm de torque instantâneo; uma transmissão automática continuamente variável, tração traseira, e baterias de alta voltagem de íons de lítio, com maior capacidade de armazenamento de energia – 120 Ah/42,2 kWh.

Nesta configuração, os i3 BEV e i3 BEV Connected alcançam 335 quilômetros de autonomia (NEDC), aceleram de 0 (zero) a 100 km/h em 7,3 segundos e atingem a velocidade máxima de 150 km/h.

Na opção top de linha REX Full, a autonomia no modo de condução puramente elétrico é de 290 km.

Com a ajuda do extensor de autonomia (REX), que agrega um motor a gasolina compacto, de 647 cm³; o veículo é capaz de rodar mais 150 km, totalizando 440 km de autonomia.

Nesta versão, o 0 (zero) a 100 km/h é feito em 8,1 s.