Novo HB20 vai oferecer mais tecnologia ao segmento

O Mecânica Online atendeu convite da Hyundai Motor Company para vir conhecer em primeiríssima mão, na Coreia do Sul, o Novo HB20, modelo que chega no último trimestre de 2019 ao Brasil.

Apesar das fotos com alguns disfarces cedidas pela Hyundai, tivemos a oportunidade de conhecer as três versões do modelo, limpas, sem nenhuma “maquiagem” na área de design e desenvolvimento da marca, no Namyang R&D.

Nesse primeiro momento, até mesmo para preservar o segredo comercial e manter o suspense da marca até revelar o produto por completo, a estratégia da Hyundai de mostrar apenas as primeiras fotos da versão hatch vai mexer com o consumidor.

A transformação é total no novo HB20. Podemos afirmar que se trata de uma nova geração, visto o conjunto de mudanças que o modelo recebe.

Os desenhos da dianteira, lateral e traseira são totalmente novos para as versões hatch, sedã e na aventureira “X”, como também o interior totalmente renovado, mais refinado e tecnológico, apostando na fórmula de central multimídia flutuando no centro do painel, como aplicado em outros modelos já no Brasil, como o Fiat Argo, por exemplo.

Quando falamos numa nova geração explicamos mudanças importantes que a Hyundai realiza no projeto do HB20.

O modelo cresceu 30 milímetros na distância entre eixos e no comprimento nas versões sedã e HB20X, fazendo com o hatch passe para o comprimento de 3,94 metros (+2 cm). A largura também foi ampliada em 20 mm nas versões hatch e sedã, e 20 mm na aventureira HB20X.

Com as alterações nas dimensões o modelo amplia seu espaço interno para ocupantes e na capacidade de transporte. O porta-malas do sedã ganha 25 litros no volume total, passando para 475 litros, enquanto o hatch mantém a boa capacidade de 300 litros.

Importante citar a preocupação na melhoria do conforto para o motorista, como os ajustes de altura e profundidade do volante, e o novo sistema de regulagem do banco do motorista, que vão permitir maior facilidade no ajuste da melhor posição de dirigir.

Também é novidade a central multimídia com tela de 8 polegadas, compatível com as plataformas Apple CarPlay e Android Auto, controle do ar condicionado digital e apresentação mais horizontal e compactada do console central, melhorando a ergonomia de acesso aos comandos.

O quadro de instrumentos combina elementos analógicos (conta-giros, à esquerda) e digital. À direita agora há uma pequena tela horizontal que remete o computador de bordo do Onix.

Um nicho para guardar pequenos objetos, localizado à frente da alavanca de marchas deixa o carro com mais estilo, característica vista normalmente em modelos mais luxuosos, por meio de cobertura retrátil que esconde o objeto que se queira guardar.

Temos também um descança-braço com um aplo compartimento para carregar e/ou guardas objetos pessoais. Entre as opções de acabamento há materais como couro e superfícies do tipo preto brilhante.

De série o novo HB20 deve disponibilizar quatro air bags, sistema de frenagem de emergência em caso de colisão frontal iminente e o Stop&Go – sistema que desliga e religa o motor sozinho em caso de paradas em semáforo ou trânsito pesado.

O pacote de equipamentos do Novo HB20 surge com novidades como a chave presencial e partida do motor por meio de um botão, aletas atrás do volante para trocas manuais de marcha em modelos com opção de transmissão automática, alerta de mudança involuntária de faixa de rolamento e controlador de velocidade de cruzeiro.

Temos também sensor de pressão nos pneus, uma porta USB no console central para recarregamento rápido de telefones celulares e a câmera na traseira. Os bancos dianteiros também ganham sistema de regulagem por meio de alavanca.

No primeiro momento o novo HB20 será oferecido apenas com motor 1.0 de três cilindros e até 120 cv. Serão duas opções de motorização.

Quando o assunto é Mecânica Online temos boas novidades. Na pista de testes da Hyundai tivemos a oportunidade de realizar uma rápida primeira impressão com a versão hatch 1.0 turbo, com injeção direta e câmbio automático de seis velocidades. Os modelos em testes são pré-série, ou seja, ainda vão receber mais alguns ajustes para se tornarem de produção.

Numa área plana, com boa qualidade de piso, aceleramos a motorização que fará sua estreia no Brasil: 1.0 turbo com injeção direta, que produz 120 cavalos de potência e 17,5 kgfm de torque, já disponível a 1.500 rpm.

São 25 cavalos de potência e 2 kgfm de torque a mais que o modelo anterior. Na situação de teste, sem qualquer dificuldade, o comportamento do veículo foi bom, mostrando esperteza ao acelerar e desenvolvendo velocidade. O câmbio também mostrou bom escalonamento.

Serão duas opções de motorização no lançamento do Novo HB20: 1.0 Kappa aspirado com câmbio manual de cinco marchas, que produz 80 cavalos de potência e torque de 10,2 kgfm com etanol no tanque, e o Kappa 1.0 turbo GDI FFV.

Para as configurações mais caras o modelo terá a opção de transmissão automática de seis velocidades. Nesse primeiro momento a motorização 1.6 não será disponibilizada.

Num circuito repleto de curvas foi realizada a segunda ação da Hyundai com o Novo HB20.

Momento para avaliar o bom comportamento e ajuste da suspensão e rigidez da carroceria.

O carro segurou muito bem no chão, mantendo a direção – que agora possui assistência elétrica, mais leve e confortável, mesmo em velocidades superiores, visto que estamos em ambiente de testes e com áreas de segurança.

A suspensão McPherson na dianteira e com eixo de torção na traseira garantiu firmeza e controle. A rigidez estrutural também mostra a boa agilidade que o modelo se propõe.

O controle de tração e estabilidade mostra sua importância e produz a sensação de segurança e controle do veículo mesmo em situações que poderiam levar o modelo a sair da pista.

A direção com assistência elétrica, embora tenha acerto voltado ao conforto, responde rapidamente aos comandos do motorista. A carroceria balança pouco e o carro passa total sensação de segurança.

Novo Hyundai HB20
Motor: 1.0, 3 cilindros, 16V, turbo, bicombustível
Potência (cv): 120 a 1.500 rpm
Torque (kgfm): 17,5 a 1.500 rpm
Comprimento: 3,94 m
Largura: 1,7 m
Entre eixos: 2,53 m
Porta-malas: 300 litros.

O Novo HB20 aposta em itens que serão obrigatórios em nosso mercado, como o controle de tração e estabilidade para ampliar seus recursos no segmento.

Entre os recursos de tecnologias também podemos citar o alerta de colisão dianteira com atuação, sistema de manutenção em faixa de rolagem (só aviso), Smart Key e Engine start button.

As configurações para o nosso mercado ainda vão ser definidas pela Hyundai Motor Brasil.

A utilização de aço de alta resistência na construção da carroceria passou de 19% para 30%. A resistência à torção aumentou 19%, segundo a Hyundai.

Mudanças no visual – Quem foi no último salão do automóvel pode dizer que já viu muito do Novo HB20. O motivo é que o modelo é muito semelhante ao conceito Saga que foi apresentado na edição de 2018.

Entre os destaques no visual temos a nova grade na dianteira que remete à esportividade. São oito barras verticais que variam de tipo conforme a versão, sendo preta no hatch e cromada no sedã. Na versão X o desenho é em forma de colmeia, também na cor preta.

No aspecto de iluminação o modelo mantém o filete de LEDs de uso diurno que aparecem claramente na frente do veículo, mas com realce na parte lateral do farol.

Não há como fugir que a frente do novo HB20 nos remete ao estilo de linhas e traços do Ford Focus em sua primeira geração.

Sedã vai impressionar mercado – Talvez a melhor impressão do novo HB20 fique por conta da versão sedã. Apostando num estilo de modelos cupê, a Hyundai mostra uma traseira moderna e elegante para o mercado brasileiro.

Com cromado acompanhando a parte média e inferior do vidro lateral, observamos uma maior integração do sedã, buscando sua diferenciação da versão hatch, ou seja, o sedã procura uma personalidade própria. A coluna C tem papel importante no visual estilo cupê, com traço contínuo do teto até o final do porta-malas.

A lanterna traseira é bem diferente da oferecida na versão hatch, sendo ainda mais bonita.

Seu bolso – Os preços também não foram revelados, mas devem sofrer algum acréscimo, visto o ganho no pacote de itens de série e considerando seus principais concorrentes. Atualmente o HB20 parte de R$ 44.500 e chega até R$ 65 mil. Com as novidades é bem possível estimar uma nova tabela com valores entre R$ 50 mil e R$ 72 mil.