Concessionárias Virtuais: repensando a experiência dos clientes no mercado automotivo

Eficiência energética, direção autônoma e recursos de segurança inovadores.

Graças ao avanço tecnológico, os fabricantes de automóveis estão conseguindo desenvolver projetos cada vez mais completos e atraentes.

As oportunidades abertas pela era do Renascimento da Indústria, porém, vão muito além do aprimoramento das características técnicas de um veículo por meio do desenho virtual de novos modelos.

O uso intensivo de tecnologia está mudando também o jeito como compramos nossos carros e as prioridades para efetuar a escolha entre as diversas opções disponíveis.

Esse renascimento global gera novas maneiras de criar, aprender, produzir e comercializar em uma economia baseada na experiência do consumidor e não apenas no produto.

Para obter sucesso nesse cenário, as empresas têm investido cada vez mais em soluções que ofereçam experiências completas, que facilitem a vida dos consumidores e tragam o encantamento como resultado.

No setor automotivo, essa lógica tem levado concessionárias do mundo inteiro a se recriarem, com o objetivo de atrair uma geração digital e particularmente interessada em produtos personalizados e experiências únicas.

Do desenho do produto ao pós-venda, plataformas inteligentes estão ajudando as empresas a reconstruírem a jornada de compra de seus clientes como um todo e as Concessionárias Virtuais são exemplos dessa transformação.

Estamos falando de uma concessionária praticamente sem carros, onde os compradores podem experimentar e configurar todos os veículos em tempo real, escolhendo entre diferentes versões, acessórios e efeitos para personalizar o interior e o exterior de um determinado modelo.

Atualmente já existem cerca de 8.000 lojas desse tipo em todo o mundo, impulsionadas principalmente pelas capacidades das novas plataformas digitais de desenho em três dimensões.

O objetivo desse modelo é ajudar as empresas a criarem ambientes mais dinâmicos e otimizar as ofertas com o máximo detalhamento possível. Em uma concessionária virtual é possível montar, ver e pedir um carro de uma maneira única. Estudos indicam que a maioria dos consumidores visita uma concessionária de carros apenas uma ou duas vezes antes de definir uma compra e as tecnologias virtuais podem ajudar as marcas automotivas a atrair e tornar essas visitas mais efetivas e interessantes.

A adoção de tecnologias como Inteligência Artificial (IA) e Realidade Virtual (VR) é um caminho para oferecer uma experiência visual única e de vendas de alto impacto para os consumidores.

Com base nessas plataformas digitais, as concessionárias conseguem apresentar virtualmente seus carros e possibilitar que os consumidores tenham uma jornada imersiva e que apresente todas as possibilidades.

Além de ajudarem a maximizar a satisfação dos clientes, as Concessionárias Virtuais também permitem otimizar a rotina das lojas, propiciando oportunidades para a redução de custos e o aumento das vendas.

A utilização dessas plataformas pode, por exemplo, engajar emocionalmente os clientes, ajudando as lojas a impulsionarem suas vendas com tíquetes-médios mais altos e maior negociação de acessórios, além de serviços adicionais.

Do mesmo modo, a aplicação de soluções virtuais também permite a redução da infraestrutura e espaço necessário para a venda de veículos.

Sem a necessidade de um showroom físico completo, as lojas podem ser montadas em ambientes muito menores e mais atraentes.

As novas versões digitais podem ser criadas com um terço do espaço físico de uma concessionária tradicional.

Isso é especialmente importante em grandes cidades, propiciando economia com aluguéis ou construção de prédios que exijam altos investimentos de manutenção, segurança e adequação à exposição dos veículos.

Outra característica importante é que as Concessionárias Virtuais repensam a ligação entre as lojas e as linhas de produção.

Com o uso de plataformas avançadas que já existem no mercado, é possível automatizar e interligar todos os processos, desde o design do produto, passando pelo estoque disponível e o relacionamento com os clientes durante o pré e o pós-venda.

Assim, é possível atualizar as opções disponíveis para os consumidores de forma completamente automática, incluindo novos lançamentos e opções ao catálogo de vendas. Com isso, os vendedores não perdem chances de negócios específicos e podem mostrar novidades de forma imediata, aproveitando ao máximo o potencial de cada cliente interessado.

Uma das principais vantagens das Concessionárias Virtuais, porém, é a possibilidade de levar os produtos até o consumidor, onde quer que esteja.

Em um mundo extremamente ágil e conectado, atrair o cliente até um ponto de venda é uma dificuldade de alto custo.

Com a virtualização, as Concessionárias Virtuais vão até os locais em que seus potenciais consumidores estão, como shoppings centers, resorts e eventos do setor, por exemplo.

Em tempos marcados pela concorrência acirrada e pela enorme quantidade de opções à disposição do público, oferecer uma jornada de compra personalizada é um diferencial para o sucesso de qualquer estratégia de vendas.

O uso de soluções ultrarrealistas e ferramentas inteligentes são exemplos de como a tecnologia possibilita que as empresas explorem validem e produzam novas experiências para seus clientes e acelerem o desempenho dos negócios.

- Publicidade - Mercedes-Benz