Com aposta na redução de custos, Scania vende 180 caminhões da Nova Geração

A Tora Transportes anuncia a aquisição de 180 caminhões da Nova Geração da Scania, lançada em novembro de 2018, e de uma gama de serviços e conectividade para aumentar a rentabilidade e a disponibilidade da frota.

As entregas dos veículos começaram em fevereiro e serão concluídas até outubro. Com apenas cinco meses de operação, a empresa já notou uma economia de 10% e imagina atingir outros 3% de redução de custos com a solução completa de serviços. A Scania já recebeu mais de 8 mil encomendas da Nova Geração. Para 2019, a fabricante continua prevendo um crescimento entre 10% e 20% na comparação com 2018.

O lote dos pesados está dividido em 130 unidades do modelo R 450 6×2 e 50 do R 500 6×4, todos com freio auxiliar Retarder, que aumenta a segurança e ajuda a evitar acidentes nas estradas. O negócio foi fechado pela Casa Scania Itaipu, que atende o cliente na sua matriz, em Contagem (MG).

Com 47 anos de experiência no setor logístico, a Tora atua nos segmentos siderúrgico, petroquímico, automotivo, de mineração, cargas a granel e contêineres. A companhia mineira fez um processo de concorrência para renovar e ampliar a frota em 2019.

A Scania foi a vencedora com base em números comprovados de aumento de rentabilidade e disponibilidade. As empresas são parceiras nessas mais de quatro décadas, mas as compras de 2018 definiram a nova frota.

A Scania antecipou o motor, de tecnologia XPI da Nova Geração, na opção de 450 cavalos na geração anterior de cabines e a Tora comprou cinco modelos para conhecer. O aumento de economia de diesel chegou a 7%. Aliado aos benefícios dos serviços, a Tora definiu a escolha pela Scania.

“A Nova Geração Scania vem comprovando uma economia de diesel de até 12% em comparação com a gama anterior. Saber que a Tora Transportes já chegou, em resultados preliminares, a 10% nos permite contribuir cada vez mais a oferecer o produto ideal customizado com base no menor custo total de operação por km rodado”, afirma Silvio Munhoz, diretor comercial da Scania no Brasil.

“A Tora, um dos nossos principais clientes, tem uma gestão moderna e eficiente. Um exemplo a ser seguido.”

Com os 180 caminhões, a Tora contratou os principais serviços oferecidos. A solução completa tem a conectividade por meio do Desempenho (o pacote mais completo e de detalhamento individual em tempo real do caminhão e do motorista), o Programa de Manutenção com Planos Flexíveis (16% de redução de custos e 20% a mais de disponibilidade da frota), o recém-lançado PMS Fleet Care (com gestor de frota dedicado para a empresa), os Serviços Dedicados – estrutura da Casa Scania Itaipu dentro das instalações do cliente – e Driver Services (treinamento dos motoristas).

“As empresas Tora, Scania e Itaipu são importantes parceiros e trabalhando juntos há mais de quatro décadas. Scania e Itaipu nos ajudam a levar alternativas aos clientes, e são fundamentais nos nossos processos de desenvolvimento e crescimento”, diz Janaína Araújo, diretora-presidente da Tora.

“Temos muita tradição, e demonstrado alta capacidade de entrega e de conhecimento no que fazemos com equipamentos eficientes para suprir todas as demandas. E, somos extremamente capitalizados, um fator que nos credencia a ser um verdadeiro parceiro dos nossos clientes.”

Segundo Janaína, a Tora levou em consideração três importantes pontos nesta nova parceria com a Scania: produto, preço e disponibilidade. “Encontramos um produto de qualidade que nos coloca num patamar diferenciado no mercado.

O investimento foi baseado na comprovação técnica e prática dos ganhos prometidos, porque precisamos ser competitivos e rentáveis. A disponibilidade, em duas etapas, tanto na capacidade fabril de me atender no momento de demanda quanto no dia a dia da operação com manutenção rápida, enxuta e flexível para tirarmos o máximo do caminhão”.
Projeção de redução de 13% nos custos, já em 2019.

“Em nossas contas, com os 10% de economia conseguidos até agora com a Nova Geração de caminhões Scania, mais 3% de otimização de custos vindos dos serviços com o programa de planos flexíveis, o pacote desempenho de conectividade e a presença nas nossas instalações do gestor de frotas, calculamos no mínimo reduzir os custos totais em 13% já em 2019”, revela Pedro Estrugiaki, diretor de Operações da Tora Transportes.

Para ele, a Scania faz parte de sucesso da Tora desde os veículos da Série 1, depois pela Séries P, G e R e agora na Nova Geração, com muita tecnologia embarcada e conectividade.

Em sua visão, a Nova Geração está ajudando a empresa a identificar pontos de melhoria por meio da dirigibilidade dos condutores, pelo desempenho do veículo e economia de diesel.

“Esta geração tem um grande diferencial de nos indicar as manutenções preventivas e corretivas, eliminando as paradas desnecessárias dos equipamentos. A importância de termos uma frota conectada é na agilidade da tomada de decisões. O pacote Desempenho permite o acompanhamento em tempo real do produto e do motorista. Dessa forma, podemos corrigir os erros que aumentam o consumo de combustível e de desgaste de pneus e outros componentes”.

Do ponto de vista da escolha dos caminhões, Estrugiaki confirma que a opção pelos modelos R 450 e R 500 foi para manter o padrão de potência adequado para a operação. “O que também chamou a atenção da Nova Geração foi a sustentabilidade, pois percebemos a diminuição das emissões de CO2. Outro ponto elogiado é o conforto e a ergonomia, pois valorizamos o bem-estar dos nossos motoristas.”

Tora prevê 3% na redução de custos com serviços Scania – A Scania tem na Tora Transportes um exemplo perfeito de cliente que usufrui das vantagens dos serviços da fabricante sueca.

“Essa negociação foi fechada, com uma participação muito decisória, pelo diferencial dos resultados obtidos pelos nossos serviços. A Tora Transportes e a Scania estão desenvolvendo uma verdadeira parceria sedimentada em um trabalho muito bem executado pela Casa Itaipu”, afirma Gustavo Andrade, gerente de Portfólio de Serviços da Scania no Brasil.

“Ver o quanto estamos impactando positivamente na operação mais otimizada da Tora nos motiva todos os dias a inovar sempre. Cada centavo economizado pelo cliente por meio dos serviços é valorizado.”

“Estamos muito satisfeitos com os serviços da Scania. Com a chegada da Nova Geração de caminhões, a marca nos convida para ir além, fazer um outro tipo de gestão do transporte. Os serviços também evoluiram. Por isso, resolvemos adquirir a solução mais completa, pois comprovamos a real eficiência e o aumento da disponibilidade da frota”, afirma Estrugiaki.

O Programa de Manutenção com Planos Flexíveis permite até 16% na redução de custos e aumento de até 20% de disponibilidade, de acordo com cada perfil de transporte. “As vantagens são insuperáveis.

A manutenção é totalmente customizada para cada veículo individualmente, a cobrança é por quilometragem (se não rodou, não paga) e de forma inédita de acordo com faixas de consumo de combustível (se consumiu menos, paga menos); e o plano Standard funciona por adesão, com assinatura de prazo ilimitado e mesmo valor ao longo da vigência do programa”, explica Gustavo Andrade. A conectividade é a base de funcionamento, pois é por meio dos dados recebidos que a cobrança de cada caminhão é feita, além do próprio cálculo do plano e as próximas paradas.

Projeções para 2019 – Em 2019, a fabricante continua prevendo um crescimento no mercado de caminhões em que atua, acima de 16 t (semipesados e pesados), entre 10% e 20% na comparação com 2018. De janeiro a maio, a Scania emplacou 4.638 caminhões.

Uma alta de 47,8% em comparação às 3.137 do mesmo período do ano passado. O mercado acima de 16t registrou 28.297 veículos. Nos pesados, a Scania emplacou 4.563 caminhões. Um acréscimo de 58,7% em comparação às 2.876 de 2018. O mercado computou 19.964 unidades. Os destaques são os modelos R 450 (1.679 unidades emplacadas) e R 500 (com 806).

Em Serviços, a expectativa segue otimista. De janeiro a maio, as vendas de programas de manutenção (PMS) cresceram 38%. “Em maio, alcançamos o recorde histórico de vendas mensais com 1.064 programas”, comemora Andrade.

O portfólio de programas deverá crescer a patamares de 50% (2019 x 2018) e chegar a mais de 16 mil usuários. Nos primeiros cinco meses do ano, a alta foi de 44% (12.078). O revolucionário programa com planos flexíveis já está presente em mais de 4.600 veículos e representa 45% nas vendas dentre todas as modalidades, e 40% do portfólio total dos programas ativos.

Nesse ano, os planos flexíveis deverão chegar a 8.000 ativados e os Serviços Conectados a 28 mil veículos, entre caminhões e ônibus.

- Publicidade - Scania