BMW Group promete 1 milhão de veículos elétricos somando as vendas de BMW e MINI

O BMW Group está focado em seu próximo marco da eletromobilidade: “Até o fim de 2021, nossa meta é alcançar o total de 1 milhão de veículos eletrificados nas ruas”, declarou Oliver Zipse, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG, nesta terça-feira (10), durante a prévia do Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, referindo-se às vendas de modelos BMW e MINI.

“Já estamos na vanguarda da eletromobilidade. Nenhum fabricante entregou mais carros eletrificados a seus clientes na Alemanha, neste ano, do que o BMW Group. Na Noruega, três em cada quatro veículos novos vendidos pelo BMW Group possuem um conjunto motriz eletrificado”.

Visualizando a próxima década, Zipse espera que a eletromobilidade se desenvolva em todo o mundo – considerando as particularidades de infraestrutura, perfis de clientes e estruturas políticas.

De acordo com as previsões do BMW Group, a demanda dos consumidores deve garantir que mais de 50% dos emplacamentos de veículos novos do segmento premium da China sejam veículos elétricos a bateria (BEV) em 2030.

O número para a Europa será cerca de 500 mil veículos, e os Estados Unidos, o segundo maior mercado mundial de veículos, estarão no mesmo patamar europeu.

E a tecnologia de células de combustível de hidrogênio pode ser uma solução real, especialmente para deslocamentos de longa distância.

A empresa espera que a demanda por essa tecnologia aumente na segunda metade da próxima década, disponibilizando veículos de teste, com células de combustível, em 2022.

Em 2022, o BMW Group planeja apresentar a próxima geração de sistemas de acionamento elétrico, a célula de combustível de hidrogênio, em um veículo baseado na atual versão do BMW X5. O BMW i Hydrogen NEXT fornece uma visão preliminar do verdadeiro potencial desta tecnologia.

Os veículos elétricos a célula a combustível (FCEVs), movidos a hidrogênio, são capazes de oferecer mobilidade zero-emissões sem restrições com características de uso semelhantes aos veículos convencionais: reabastecimento em menos de quatro minutos, autonomia de longo alcance sem comprometimento do conforto e baixíssima dependência das condições climáticas.

- Publicidade - Mercedes-Benz