Onix Plus, a versão sedã do Onix, surpreende nas primeiras impressões

O Mecânica Online acompanhou de perto o lançamento da nova geração do Chevrolet Onix. Henrique Pereira viajou até o Rio Grande do Sul, atendendo convite da Chevrolet e passa suas primeiras impressões durante teste de rodagem nas estradas gaúchas.

A avaliação do Novo Onix Plus foi realizada ao longo de 120 quilômetros que ligam Porto Alegre ao Parque Moinhos de Vento de Osório, por estradas de boa pavimentação

Utilizamos a versão mais top do modelo, com o novo motor 1.0 litro turbo de 116 cv e 16,8 kgfm de torque, com direção elétrica e transmissão automática de seis velocidades.

O Onix Plus não é apenas uma atualização de modelo, um facelift, mas sim um novo carro de uma nova geração. Um pouco maior e mais largo do que o atual Onix que teve seu desenvolvimento na subsidiária da China da montadora.

Desde a partida, feita pelo botão start-stop o modelo surpreende pois pouco se nota a vibração característica de um motor 3 cilindros.

Durante o teste drive o carro surpreendeu muito positivamente pela aceleração, retomadas e seu comportamento em curvas sempre preciso e sem rolagem excessiva. O bom é a presença do controle de estabilidade e tração que garante mais segurança na condução.

Chamou a nossa atenção o ruído dos pneus em velocidades constantes (100 – 120 km) chegando a incomodar principalmente para passageiros do banco traseiro. Não esperávamos esta característica, principalmente por se tratar de uma versão “premium”

A versão Premiere traz radar lateral, sensor dianteiro e traseiro de distância, câmera de ré, carregador wireless no porta objetos, ar condicionado digital, farol com luzes em LED e acendimento automático.

Os bancos dianteiros são inteiriços com ajuste de altura para o motorista, a direção tem ajuste de altura e profundidade, e o cinto de segurança também é ajustável na sua altura. Estes ajustes facilitam a ergonomia no modelo.

O pacote completo do Onix Plus Premier fica em R$ 76,1 mil trazendo itens que os concorrentes não tem. Porém se faz necessário perguntar se o mercado está disposto a pagar este valor por um sedã pequeno. Seus principais concorrentes são o Volkswagen Virtus, Toyota Yaris, Honda City, Cronos e o novo HB20.

A GM deve manter com certa facilidade a liderança do mercado, porém com vendas concentradas nos modelos com menor valor agregado na faixa de R$ 56 mil.

Veja também
Onix aposta na motorização turbo para ser mais econômico
Totalmente novo, Chevrolet Onix ganha mais espaço, motorização turbo e muita tecnologia
Novo Chevrolet Onix conquista cinco estrelas no Latin NCAP
Onix Joy passa por atualização visual

- Publicidade - Mercedes-Benz