Programas de Manutenção Scania deverão crescer 33% em 2020

Com a chegada da Nova Geração de caminhões, em 2019, a área de Serviços da Scania ampliou o uso da conectividade para buscar o aumento da rentabilidade e da disponibilidade dos veículos com soluções ainda mais eficientes.

Além de uma série de pioneirismos nos últimos anos, a rede de concessionárias tem comprovado no dia a dia com os clientes os benefícios na oficina e na gestão remota da frota.

Esse cenário vai manter a expectativa por mais um exercício de crescimento, prevendo um aumento de 33% no aumento do portfólio (carteira de planos ativos) de programas de manutenção. Atualmente, a rede Scania tem 151 pontos de atendimento (sendo 47 dentro da estrutura dos clientes), que cobrem 100% do território nacional. A frota conectada já está em 30 mil veículos.

A área de Serviços recebe a partir de 2020 um novo diretor. Marcelo Montanha, que comandava a mesma área no México, chega em substituição a Fábio Souza, que assumiu como diretor-geral a Scania África do Sul.

“A operação no Brasil é das mais importantes para a Scania, e tem sido um desafio interessante. O trabalho feito pela gestão anterior tornou o mercado muito mais maduro. Agora, vamos continuar avançando ao iniciar um processo de atualização em programas e serviços e reestruturação de ferramentas. Teremos ainda mais novidades para 2020”, afirma Montanha.

O balanço de 2019 para os serviços Scania foi extremamente positivo. O portfólio de Programas de Manutenção Scania (PMS) cresceu 48% em comparação com 2018 (de 10.749 para 15.950 veículos).

O revolucionário programa com planos flexíveis, em que o próprio caminhão avisa quando deve parar, representou 47% do portfólio; em 2018 tinha sido de 29%. “O que comprova a maturidade do mercado com esta solução que vem aumentando a rentabilidade do cliente”, salienta o novo diretor.

Já os Serviços Conectados registraram 30 mil veículos ativos num crescimento de 96% sobre 2018. Do total, 94% foram caminhões (28.200) e 6% ônibus (1.800). No mundo, a Scania já possui 432 mil veículos conectados. São duas opções oferecidas com os pacotes Análise (gratuito por 10 anos) e Desempenho (pago e mais completo).

Em 2019, a unidade brasileira atingiu a liderança de pacotes Desempenho no ranking mundial entre os mais de 100 países onde a fabricante atua e comercializa serviços. Foram 15.600 veículos usando ao máximo a conectividade, alta de 353% sobre 2018, o que representou 52% de toda frota ativa.

“Os clientes que aderiram ao Desempenho são aqueles que investem porque acreditam no custo-benefício da ferramenta, e também na diminuição de custos como combustível, desgaste de pneus e manutenção, que são consideráveis na vida útil do produto. Cada vez mais, muitos deles também adquirem o pacote com um foco adicional na redução das emissões de CO2, contribuindo diretamente com o meio-ambiente”, analisa Marcelo Montanha.

Otimismo para 2020 – Para 2020, a projeção é que 70% dos caminhões novos sejam comercializados com alguma modalidade de PMS inclusa, sendo deste total 80% com planos flexíveis.

“Vamos trabalhar ainda mais com a rede para continuar revolucionando o mercado”, planeja o novo diretor. O portfólio de programas de manutenção deverá crescer 33%, alcançando 21 mil veículos. Já nos Serviços Conectados a meta será aumentar 50% da frota ativa (para 45 mil veículos), entre caminhões e ônibus.

Ao longo do ano, a rede Scania vai ganhar 10 novos pontos de atendimento – sendo três abertos ao público e o restante de Serviços Dedicados (estrutura dentro das instalações do cliente), nos estados do Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pará e São Paulo.

Destaque também para a nova Casa Scania Cotrasa de Ponta Grossa (PR), que será inaugurada no dia 18 de fevereiro. A filial mudou de endereço e ganhou uma estrutura totalmente nova construída dentro dos novos padrões da marca para atender atuais e futuras demandas do mercado, com mais agilidade de atendimento.

Amplo leque de serviços ampliam rentabildade dos clientes – Ciente de que as necessidades do mercado mudam constantemente e na busca por surpreender o cliente, a Scania investe regularmente em atualizações e antecipação de tendências para manter seu portfólio sempre eficiente.

A conectividade é a base de tudo. As principais opções oferecidas são a conectividade por meio dos pacotes Análise e Desempenho, Programa de Manutenção Premium Flexível, PMS Fleet Care (com gestor de frota dedicado para a empresa), Serviços Dedicados – estrutura da Casa Scania dentro das instalações do cliente – e Driver Services (treinamento).

Conectividade – O pacote Análise, que é gratuito por 10 anos, oferece relatórios semanais e mensais. Já o Desempenho, que oferece um custo muito competitivo no mercado, permite acompanhamento em tempo real tanto do veículo como da forma de condução, individualmente, e garante um retorno imediato do investimento.

Por meio dos Serviços Conectados, os dados são enviados por um módulo (Communicator), instalado de fábrica nos modelos desde 2016. Para veículos a partir de 2012, é possível instalar o sistema, com valor competitivo e atraente.

Os Serviços Conectados são uma maneira inteligente de fazer a gestão da frota e controlar os custos operacionais. Os dados são disponibilizados online para a Scania e sua rede, capilarizada pelo Brasil. Trata-se de um trabalho de apoio para quem usa veículos Scania, reduzindo gastos, aumentando o tempo do veículo rodando e tornando o serviço mais rentável e competitivo.

Planos Flexíveis – Após o sucesso dos planos flexíveis (2017), a Scania aproveitou a Fenatran 2019, em outubro, para apresentar o Programa Premium Flexível, que reduz em até 25% o custo total da manutenção do caminhão.

Ele se tornou o mais completo plano oferecido, pois contempla as manutenções preventivas e as corretivas de forma individualizada e personalizada, para garantir a máxima rentabilidade, disponibilidade e confiabilidade operacional da frota.

Há contratos de adesão de três, quatro ou cinco anos. O sucesso do Premium Flexível tem sido comprovado com o aumento de 57% na inserção deste produto especificamente nas vendas de PMS.

A cobrança é na preventiva e na corretiva por quilometragem (se não rodou, não paga) e de acordo com faixas de consumo de combustível (se consumiu menos, paga menos). Agora, o cliente é duplamente beneficiado.

Além de gastar menos diesel, economiza também nos custos de manutenção. O investimento no Premium Flexível tem preço muito competitivo, e garante a confiabilidade de todo o caminhão.

O cliente permanece não tendo risco, e pode planejar seus custos a longo prazo. As condições comerciais são ajustadas no momento da contratação e permanecem inalteradas ao longo do tempo de vigência.

PMS Fleet Care – O Scania Fleet Care tem cinco pilares principais que o tornam o serviço mais completo da Scania (Gestor dedicado, Planejamento das manutenções, Monitoramento da saúde da frota, Gestão dos motoristas e Relacionamento com as oficinas Scania).

Uma das principais preocupações da Scania é o tempo e os recursos que os clientes normalmente precisam gastar em atividades não essenciais ou de suporte. Por isso, a fabricante coloca o talento da equipe da rede para apoiar o transportador. Para cada cliente será designado um gestor Scania para cuidar da frota.

O Scania Fleet Care ainda conta com um opcional que pode fazer a diferença na hora de olhar o retorno de investimento dos ativos da empresa. Com a garantia de disponibilidade, o cliente poderá comprar um nível garantido durante um período necessário, assegurando a continuidade da sua operação de transporte.

Driver Services – A boa performance e a direção do motorista passam a fazer ainda mais diferença. Para auxiliar o transportador a manter seus condutores dentro das médias mínimas de consumo, a Scania oferece o Driver Services.

O programa de condução personalizada pode chegar em torno de 10% de economia por caminhão. A solução de orientação para a direção econômica da Scania tem como meta proporcionar o melhor custo de operação aos clientes, por meio da redução do consumo de combustível.

O formato de orientação inovador no mercado nacional ocorre em três etapas: o Treinamento, o uso do Driver Support e o Coaching. O transportador poderá sentir rapidamente a diferença e o retorno de investir no benefício da frota.

- Publicidade - Mercedes-Benz