Porsche suspende produção devido ao coronavírus

A partir da próxima semana, a Porsche vai suspender a produção por um período inicial de duas semanas.

Ao tomar essa atitude, a fabricante de carros esportivos responde à significante aceleração no índice de contaminação causado pelo coronavírus e às consequentes medidas implementadas pelas autoridades competentes.

Além da proteção primária à força de trabalho, gargalos nas cadeias de proteção globais não estão permitindo mais manter uma produção organizada.

Ao mesmo tempo, a Porsche está se preparando para um declínio na demanda e garantindo sua força financeira através dessas decisões.

A fábrica principal, em Zuffenhausen, e a instalação de produção em Leipzig serão fechadas a partir de sábado (21 de março de 2020).

Essas medidas foram tomadas como parte de um processo organizado e em estreita colaboração com o conselho de trabalhadores.

“Com essas medidas, nossa empresa contribui para a proteção da força de trabalho e a redução da propagação do coronavírus. As consequências reais ainda não são previsíveis. Portanto, ainda é muito cedo para previsões. O que está claro é que 2020 será um ano desafiador”, afirmou Oliver Blume, presidente do comitê executivo da Porsche AG.

“Só iremos superar a pandemia unidos e através de medidas rigorosas.”

Ante esse cenário, a Porsche está cumprindo suas responsabilidades empresariais e social e parando a produção. A situação será monitorada continuamente.

Além de suspender a produção, a Porsche decidiu tomar algumas medidas importantes: o cancelamento de viagens de negócios, por exemplo.

O ‘trabalho à distância” foi bastante ampliado e reuniões só acontecerão agora através de vídeo ou teleconferência.

- Publicidade - Mercedes-Benz