Jeep produz filme em comemoração ao Dia Mundial da Água

“O mar começa aqui” mostra como o Polo Automotivo Jeep se tornou referência na gestão hídrica e como suas boas práticas podem ir além da fábrica através de seus funcionários.

Desenvolver em seus colaboradores a responsabilidade sobre o uso consciente de recursos é uma das missões do time de sustentabilidade do Polo Jeep, em Pernambuco.

Reconhecida pela eficiência em sua gestão hídrica, a planta mais moderna da Fiat Chrysler Automóveis no mundo faz um convite aos seus colaboradores e parceiros para levar essas práticas para além dos limites da fábrica.

Assim, em comemoração ao Dia Mundial da Água, comemorado no dia 22 de março, a Jeep apresenta o filme “O mar começa aqui”.

“Quando você pensa em água, você pensa em vida”, diz o analista de compras do Polo Jeep Aurenilson Pardim. Mineiro, se mudou para o Nordeste ainda na fase de construção da planta. No novo endereço, ele e a família desenvolveram um novo hobby, a praia.

“Nós viemos do Sudeste e lá a praia mais próxima é a 600km. E quando nós nos mudamos para cá, nos deparamos com essa imensidão do mar, vivendo bem próximo”, conta animado e orgulhoso de estar desenvolvendo nos filhos Moisés Eduardo, de 13 anos, e Késsia Priscila, de quatro anos, a consciência de não deixar lixo na praia e ir além, recolher o que encontrar pelo caminho. Pardim diz que olhar mais atento foi desenvolvido também através de ações que ele participa dentro da empresa.

Natália Andrade, analista de manufatura da Jeep e parte do time responsável pela gestão da Estação de Tratamento de Efluentes do Polo, destaca o trabalho feito no local.

“Desde o início da fábrica, em 2015, até os dias atuais, a gente conseguiu reduzir 52% do consumo de água por veículo produzido, além de alcançarmos o índice de 99,4% da água do processo industrial”.

E completa, “esse máximo reaproveitamento faz com que deixemos de captar a água de algum rio ou lençol freático. Isso é muito importante porque, ao utilizar menos recursos naturais, estamos preservando o meio ambiente”, explica.

Em um mês, cerca de 28 mil metros cúbicos de água deixam de ser captados da rede pública de abastecimento, o equivalente a oito piscinas olímpicas ou ao consumo médio mensal de 8.484 pessoas.

O sucesso é resultado das ações de engajamento junto aos colaboradores que, por sua vez, desenvolvem projetos de melhoria contínua e ainda levam as novas práticas para a vida doméstica, aumentando o número de pessoas impactadas.

Sustentabilidade – Referência no Grupo FCA também em sustentabilidade, a planta Jeep foi a primeira do setor automotivo na América Latina a conquistar o certificado de Carbono Neutro, em 2017.

Para reduzir as emissões, a planta adota uma série de medidas de eficiência energética. Em 2019, em comparação com 2016, a Jeep reduziu 51,55% o consumo de energia por veículo produzido, fechando o ano como a segunda planta mais eficiente do grupo no mundo.

A Jeep é também a primeira planta no Nordeste a ser Aterro Zero. Desde a inauguração, 100% dos resíduos gerados são enviados para a reciclagem e reutilização. Os resíduos são encaminhados para a Ilha Ecológica do Polo, onde acontece o gerenciamento de 13 mil toneladas mensais de resíduos.

- Publicidade - Mercedes-Benz