Focadas na segurança dos ocupantes, inovações tecnológicas têm a capacidade de antecipar reações humanas

Focadas na segurança dos ocupantes, inovações tecnológicas têm a capacidade de antecipar reações humanas

Mais rápido do que um motorista pode dizer ‘cuidado!’. Em uma súbita frenagem, diante de um imprevisto ao dirigir, as tecnologias são capazes de reagir e antecipar essas situações, mesmo antes de alguns dos instintos humanos.

Espirrar e fechar os olhos como um mecanismo natural, virar-se para ver o telefone celular em uma chamada de emergência e avisar a mudança de faixa com o pisca durante uma viagem são ações de curta duração, nas quais o cérebro humano leva alguns milissegundos para executá-las.

Mas esse curtíssimo tempo pode fazer uma grande diferença durante a condução do veículo, causando situações com resultados desfavoráveis.

Segundo estatísticas da Organização Mundial da Saúde, dirigir em alta velocidade e distrações como as mencionadas acima estão entre as primeiras em situações que causam acidentes de trânsito.

Em contraste a isso tudo, tecnologias como o Brain to Vehicle (B2V), desenvolvidas pela Nissan, são capazes de prever o comportamento humano por meio de algoritmos que interpretam os sinais cerebrais.

Em situações de risco e inesperadas, essa tecnologia ajuda e exibe a capacidade de reagir em um período muito mais curto, de aproximadamente 300 milissegundos, em comparação com às capacidades naturais de um motorista.

Os benefícios dessas tecnologias são únicos: oferecem mais confiança e segurança e permitem que o veículo possa interagir e se conectar com o ambiente ao redor para antecipar ações.

No futuro, a partir do presente – De seu centro de desenvolvimento tecnológico, localizado no Vale do Silício, na Califórnia (EUA), a marca japonesa mostrou que o futuro da direção chegou.

Por esse motivo, cada vez mais tecnologias estão presentes nos veículos da marca, o que contribui para o objetivo de ter carros que ofereçam muito mais do que a possibilidade de transporte para os usuários.

Na América Latina, a segunda geração do Nissan LEAF, veículo 100% elétrico da marca, com mais de 450 mil unidades vendidas em todo o mundo, é um dos principais veículos da marca na integração de novas tecnologias.

Além disso, essas características conseguiram integrar-se a mais modelos. Isso inclui o Nissan Kicks, a Nissan Frontier e o novo Nissan Versa, que incluem tecnologias que garantem aos ocupantes maior controle sobre a direção.

Apenas para citar algumas: Alerta de Ponto Cego, que avisa sobre a presença de outros veículos em locais que o motorista não consegue visualizá-los; Assistente Inteligente de Frenagem, que alerta o motorista sobre a necessidade de reduzir a velocidade e, se necessário, freia automaticamente se o motorista não reagir a tempo, além dos alertas sonoros e visuais sobre a possibilidade de colisão com o veículo na frente.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®