Fábrica do BMW Group em Araquari amplia medidas de sustentabilidade

Fábrica do BMW Group em Araquari amplia medidas de sustentabilidade

Desde a sua implantação, em 2014 a fábrica do BMW Group em Araquari (SC) desenvolveu diversos projetos na busca por atingir as metas de sustentabilidade estabelecidas globalmente pelo BMW Group para 2020, entre elas: redução em 45% nos consumos de energia e água e na geração de resíduo e solventes por veículo produzido, bem como uso exclusivo de fontes de energia elétrica renováveis.

Como resultados, a empresa elaborou projeto que compreende o aproveitamento do calor gerado da combustão dos compostos orgânicos voláteis nos processos que demandam aquecimento contínuo da etapa de pintura e estimam uma redução anual no consumo de energia na ordem de 1.300 MWh – consumo próximo ao de 24,5 mil geladeiras eficiência nível A ligadas ininterruptamente em um mês.

A utilização de 100% de energia de fontes renováveis, ajustes em processos produtivos como a reutilização de efluentes e reuso de água para algumas operações são apenas alguns exemplos.

O resultado é redução do consumo de água (em 39%) e de energia elétrica (em 26%) em cinco anos.

O sistema permite dividir informações técnicas e de boas práticas para a gestão sustentável de energia, garantindo que sejam aplicadas e difundidas em todas as unidades fabris.

Outra ação adotada pela fábrica foi o projeto de interligação de redes de ar comprimido.

Com isso, as duas tecnologias que precisam da tecnologia compartilham a carga de ar comprimido de uma só máquina – e não mais duas -, o que já permitiu uma redução no consumo de energia anual da ordem de 150 MWh.

Muitas dessas ações podem ser reaproveitadas em diversos setores, como o Projeto turn-off. Com ele, além das questões de economia e meio ambiente, entra o fator de compartilhar a responsabilidade com os colaboradores.

Isso porque alguns deles são responsáveis por, em sua área, verificar se a iluminação natural que entra pelo telhado translúcido é suficiente e, se for o caso, desligar a iluminação artificial nos galpões da carroceria.

A redução em 30% da iluminação de áreas externas ociosas, a instalação de sensores de presença para iluminação em banheiros e de luminárias em LED em áreas produtivas, administrativas e para iluminação externa foram outras implementações pensadas na busca pela eficiência energética.

“Além de fabricar automóveis premium, com tecnologia e design premium, e o constante investimento em pesquisas para direção autônoma, o BMW Group tem outras formas de medir o seu sucesso. A sustentabilidade ecológica e social é um dos focos do seu pensamento estratégico de longo prazo e impacta diretamente nos processos e produtos”, explica Mathias Hofmann, diretor geral da fábrica do BMW Group em Araquari.

“Já temos emissões de CO2 zeradas em nossa fábrica por meio de compensação com geração de energia eólica e seguiremos sempre intensificando as ações ambientais do BMW Group no Brasil”.

Mesmo com tantos processos já implementados, novas ações que podem melhorar essa marca seguem sendo programados.

Entre eles, o sistema de resfriamento de cabines de pintura e processo da pintura. Um investimento que deve reduzir o consumo em 791,4 MWh/por ano, o que equivale a 4% do gasto total de energia da planta, e um retorno em menos de 5 anos.

- Publicidade - Mercedes-Benz