Vender em época de pandemia e isolamento social é possível

Vender em época de pandemia e isolamento social é possível quando você adota um planejamento e uma postura correta. Quer saber mais? Confira as 10 dicas para vender mais em tempos de pandemia e isolamento social.

Só de mencionarmos a palavra “pandemia / isolamento social”, conseguimos causar péssimas sensações nas pessoas ao nosso redor. No entanto, ainda é possível encontrar aqueles que são indiferentes ou estão em seus melhores momentos. Por incrível que pareça (ou não), vender mais neste momento é viável, quando adotamos certas atitudes.

É claro que, na maioria das vezes, você terá que criar um diferencial para se destacar no mercado. Essa é uma característica deste período: você é provocado a sair do seu lugar-comum para começar a inovar e reinventar.

Existem algumas práticas que são fundamentais para otimizar o processo de vendas. Tirando a inovação, que depende exclusivamente de você.

Ao contrário do que muitos empresários pensam, não basta um bom vendedor para resolver a situação. A base a retaguarda deve estar firme para que você possa construir o melhor cenário para atuar.

Segue abaixo as dicas para vender mais neste período, confira!

1. Dedique-se na excelência do atendimento – Infelizmente, muitos empreendedores erram nesse quesito por trabalharem apenas o atendimento presencial no estabelecimento. Qualquer empresa que deseja se destacar precisa atentar-se, também, aos outros meios de comunicação, como: telefone, e-mail, redes sociais, chat on line, entre outros.

2. Mantenha-se motivado – Além de acreditar no seu potencial, você deve, ainda, acreditar no produto e na empresa em que trabalha. É preciso vestir a camisa e ser proativo, dinâmico, sem hesitar.

Garanta que toda a equipe também esteja motivada para o negócio decolar. Isso você consegue por meio de reuniões empolgantes, premiações, palestras, entre outras ações. Faça de tudo para construir um ambiente agradável, onde todos se sintam bem para trabalhar.

3. Construa parcerias – Caso você necessite de desenvolver serviços de divulgação do seu produto, e que elaborar um site e você não vê vantagens em implementar esse serviço ou não é o seu foco. Nesse caso, o ideal é procurar uma empresa desse setor e propor uma parceria entre outra que venha agregar valor para empresa como o serviço de entrega aos clientes, conhecido como delivery. No final das contas, todos saem ganhando.

4. Foque na experiência do consumidor – Para quem tem uma loja virtual, a lógica é a mesma. O site deve ser otimizado para não afastar os possíveis clientes. Se o visitante acessar a sua página e se deparar com inúmeros elementos desorganizados, tornando a navegação confusa, provavelmente fechará a janela na mesma hora.

5. Junte-se a outros empresários – Alguns empreendedores acabam sendo solitários, mas solidão não é um bom caminho. Dez empresários juntos são melhores do que cada um deles separados. Nem todo empresário é seu concorrente, existem outros donos de empresas de segmentos diferentes que podem te ajudar a superar a crise. Esteja onde eles estão.

6. Faça mais que o esperado – Quando você entrega mais do que prometeu, acaba conquistando e fidelizando melhor os clientes. Comece a praticar isso em sua empresa e veja como as vendas irão decolar. Afinal, um cliente satisfeito vira um embaixador da sua marca, vindo a promovê-la para outras pessoas. Faça mais que o esperado!

7. Consiga feedbacks – O ideal é que, em vez de perguntar apenas se o cliente está satisfeito, você disponibilize um meio para ele dar sugestões sobre o que pode ser melhorado. Desse modo, você sabe exatamente o que está faltando, e novas ideias começam a surgir.

Não é todo mundo que tem a disposição de responder questionários. Nesse caso, você pode treinar seus vendedores para obter essas respostas no momento da compra.

8. Crie programas de fidelidade – Quando você cria um programa que dá benefícios gradativamente, está incentivando a pessoa a voltar mais vezes. Afinal, por que o cliente procuraria outro estabelecimento se está acumulando pontos com você?

Além dos programas de fidelidade, é importante manter o relacionamento por meio dos canais digitais, como as redes sociais

9. Invista em sua capacitação como empreendedor – Você é um “empresário sabe tudo?” Se a resposta é sim, reveja os seus conceitos. Os empreendedores de sucesso são aqueles que admitem que não sabem tudo e sempre estão investindo em capacitação e em conhecimento. Aprenda mais sobre o mercado, sobre marketing e vendas e seja capaz de superar não apenas uma, mas quantas crises forem necessárias. Se capacite!

10. Ofereça um novo serviço e/ou produto, se possível – Imagine, por exemplo, um restaurante italiano badalado. Em períodos de recessão, um dos principais cortes de gastos é deixar de jantar fora de casa. Para driblar essa situação, o proprietário decide incluir um serviço de delivery de pizzas. Ou seja, ele investiu um pouco mais na crise para aumentar suas vendas.

Portanto, podemos dizer que é possível, sim, vender mais em época de pandemia e isolamento social. Com algumas pequenas mudanças, mas que fazem muita diferença para o consumidor, pode-se sentir um impacto no faturamento.

Sérgio Mendes é consultor e professor no SENAI (Sistema Fiepe), graduado em administração de empresas e marketing com especializações em planejamento e gestão organizacional – PGO, engenharia de produção, com vasta experiência em
consultoria empresarial na área automotiva e industrial (LEAN MANUFACTURING).

- Publicidade - Mercedes-Benz