A importância da reciclagem de peças automotivas para o meio ambiente

Com o objetivo de chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais, no dia 5 de junho comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente. A ideia é que todos possam contribuir, de alguma forma, com responsabilidade socioambiental.

A DPK, Distribuidora de peças automotivas, por exemplo, participa de um processo de reciclagem que conta com empresas parceiras certificadas pelo ISO 14001, que recolhem materiais, separam os itens e dão a destinação correta a cada um deles.

“Um dos nossos parceiros é a empresa Mazola Ambiental, responsável por encaminhar diversos tipos de resíduos para destinos específicos. Todos os processos são efetuados seguindo altos e rigorosos padrões de qualidade”, destaca Armando Diniz, Diretor de Negócios da DPK.

De acordo com os dados do Sindicato das Empresas de Sucata de Ferro e Aço (SINDINESFA), no Brasil apenas 1,5% dos carros são reciclados e 98,5% da frota que chega ao final de seu ciclo, termina em depósitos e desmanches.

Ainda vale ressaltar que parte dos materiais dos veículos podem ser reciclados e os que não passam por este processo, podem ser reutilizados em novos modelos, já que sua composição corresponde a uma média de 18% de plástico, 7% de borracha, 55% de metal e 20% de outros materiais.

“Além de beneficiar o principal, que é meio ambiente, a reciclagem de veículos também traz vantagens para o setor automotivo. Fazer o uso de peças recicladas ou reutilizadas acaba saindo a um custo muito menor tanto para a empresa, quanto para o consumidor”, finaliza.

- Publicidade - Mercedes-Benz