Engenheira pernambucana assume comando na fábrica da Jeep

Juliana

A engenheira pernambucana, Juliana Coelho, assume a função de Plant Manager da fábrica Jeep, em Pernambuco, ocupando o lugar deixado por Pierluigi Astorino, que assume cargo de Diretor de Manufatura Latam. É a primeira vez que a posição é ocupada por uma mulher na América Latina.

O engenheiro italiano Pierluigi Astorino (38 anos) assumiu o cargo de Diretor de Manufatura da Fiat Chrysler Automóveis para a América Latina. Ele deixa a função de Plant Manager do Polo Automotivo Jeep, em Pernambuco, que passa a ser comandado pela engenheira pernambucana Juliana Coelho (31 anos).

Astorino sucede o também italiano Francesco Ciancia, que retorna à Itália com a missão de liderar a manufatura dos brands Maserati e Alfa Romeo.

Pierluigi Astorino iniciou sua carreira no Grupo FCA em 2006, na planta de Mirafiori, Itália. Destacou-se como International Projects Leader, com desenvolvimento de projetos nas plantas do grupo nas quatro regiões do globo, e com tal expertise foi selecionado para compor o time do Projeto Pernambuco, sendo um dos responsáveis pela implementação e operação inicial da planta Jeep no Brasil por três anos. Após essa experiência, foi responsável pela Engenharia de Manufatura da FCA na América Latina e, em 2018, retornou a Pernambuco, dessa vez para ocupar o cargo de Plant Manager.

Agora, Astorino assume a liderança da Manufatura Latam com a missão de conduzir um novo ciclo que envolve novas versões de modelos já consagrados e o lançamento de produtos inéditos da Jeep e da Fiat. “O grande desafio é continuar com a trilha do desenvolvimento de nossos talentos, acreditar no potencial do nosso time e expandir a excelência da manufatura para todas as plantas na América Latina”, afirma. A meta é focar em capacitação, novas tecnologias e novos padrões, ampliando o alto nível de excelência da produção na região. “Vamos buscar o selo Ouro no World Class Manufacturing”, destaca, referindo-se ao WCM, sistema de produção de classe mundial adotado em todas as plantas da FCA no mundo.

Com a mudança, o Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE), passa a ser liderado por Juliana Coelho. Aos 30 anos, a engenheira assume o cargo de Plant Manager de uma das mais modernas fábricas da FCA no mundo. É a primeira vez que uma mulher assume o cargo na América Latina.

“Estou feliz em estrear esse novo ciclo na FCA, é um desafio e eu gosto de desafios”, afirma a pernambucana, que começou sua trajetória no mercado automobilístico dentro do grupo.

Juliana iniciou a carreira em 2013, como Especialista de Processo de Pintura, tendo passado por treinamentos on the job em fábricas da FCA na Itália e na Sérvia. Fez parte do primeiro time de funcionários do Polo Automotivo Jeep e desde então vem construindo uma carreira ascendente na empresa. Já exerceu os cargos de Supervisora e Gerente da Pintura e Gerente da Montagem na Jeep, além de, mais recentemente, ter chefiado a área de VLM, responsável por novos desenvolvimentos na manufatura LATAM, no Polo Automotivo Fiat, em Betim (MG).

“Cresci com o DNA Jeep e essa experiência no Vehicle Line Manufacturing LATAM me deu a oportunidade de entender melhor a região da América Latina, de adquirir uma bagagem interessante para essa nova etapa”.

Por onde passou, Juliana Coelho se destacou pelo conhecimento técnico e pela habilidade de liderar. Agora, tem como foco dar continuidade ao trabalho de aperfeiçoar ainda mais a produção da Jeep, que em 2019 conquistou a certificação Prata do World Class Manufacturing, se tornando a planta que alcançou esse nível em menor tempo de operação na América Latina.

“O Polo Automotivo Jeep vem de um ciclo importante de aprimoramento em excelência em qualidade. Vamos continuar evoluindo dando ênfase ao desenvolvimento de produtos, a contínua melhoria de processos e investindo nas nossas pessoas, sem dúvidas um dos principais diferenciais da Jeep”.

Uma característica que chama bastante atenção no Polo Jeep é a faixa de idade dos funcionários. Em sua grande maioria são pessoas muito jovens assumindo cargos de liderança, o que por muitas vezes é visto como resultado de inovação e evolução, ao mesmo tempo que reforça a necessidade de aprendizado e ampliação da experiência por todos os colaboradores, o que a Jeep reforça por meio de treinamentos e especializações.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®