BMW Group inaugura Centro de Competência para intensificar a produção de eDrives

Hoje, na maior fábrica do BMW Group na Europa, situada em Dingolfing, na Alemanha, o BMW Group inaugura o Centro de Competência para a produção de veículos elétricos.

Até então, a planta de Dingolfing era responsável pela produção de componentes relacionados aos trens de força dos veículos da marca.

O ministro-presidente da Bavaria, Markus Söder, e o Presidente do Conselho de Administração da BMW AG, Oliver Zipse, lançaram simbolicamente a produção integrada do novo BMW eDrive, que combina motor elétrico, transmissão e a eletrônica em um único local.

A nova geração do BMW eDrive será usada pela primeira vez no novo BMW iX3, que entrará em produção na China no final do verão europeu.

No Centro de Competência em Dingolfing, o BMW Group produzirá componentes do trem de força elétrico, como módulos de bateria, baterias de alta tensão e motores elétricos em oito linhas de produção.

Nos próximos anos, a empresa estabelecerá quatro linhas adicionais, o que aumentará significativamente a capacidade de produção do local.

“Continuamos ampliando a mobilidade elétrica e estabelecendo padrões para a transformação de nossa indústria. Até 2022, somente em Dingolfing, poderemos produzir eDrives para mais de meio milhão de veículos eletrificados por ano”, afirma Oliver Zipse.

“Ao mesmo tempo, produziremos tanto veículos 100% elétricos quanto modelos híbridos plug-in e, também, veículos com motor a combustão, todos em uma mesma unidade fabril, para atender a demanda de nossos clientes e poder oferecer a eles o poder de escolha. Isso mostra como preparamos o caminho para tornar a mudança em nosso setor uma verdadeira história de sucesso”, completa Zipse.

Nos próximos anos, a área do Centro de Competência para produção de eDrives será ampliada em dez vezes, saindo dos 8 mil metros quadrados em 2015 para 80 mil.

O número de funcionários também será aumentado.

Produção de baterias de alta tensão e motores elétricos

A projeção é de que um quarto dos veículos do BMW Group vendidos na Europa deva ter um trem de força elétrico até 2021; um terço em 2025 e metade em 2030.

Até 2023, o BMW Group oferecerá a seus clientes nada menos que 25 modelos eletrificados – cerca de metade deles com um trem de força elétrico puro.

O BMW Group possui extensa experiência em toda a cadeia de valor.

Tanto o novo eDrive quanto as novas baterias de alta tensão foram desenvolvidos internamente em estreita cooperação entre os departamentos de desenvolvimento e produção.

A empresa está integrando sua experiência na produção, em larga escala, de trens de acionamento elétrico no Centro de Competência e, assim, garantindo uma produção eficiente que possa responder à demanda por trens de acionamento para veículos totalmente e parcialmente elétricos.

Dingolfing se transforma para a mobilidade elétrica

Hoje, cerca de 10% dos veículos produzidos em Dingolfing já estão eletrificados. Com o lançamento do BMW iNEXT em 2021, o local será capaz de produzir veículos totalmente elétricos, híbridos plug-in e modelos com um motor a combustão em uma única linha.

“É assim que estamos implementando o “poder de escolha” na produção de carros”, acrescentou Christoph Schröder, responsável pela planta.

A fábrica em Dingolfing possui anos de experiência na construção de componentes para veículos elétricos.

As baterias de alta tensão produzidas em série para o BMW i3 estão saindo da linha desde 2013. Esse local também produz motores elétricos desde 2015.

A maioria das baterias e motores elétricos de alta tensão para todos os veículos eletrificados do Grupo BMW vem do Centro de Competência.

Quinta geração da tecnologia BMW eDrive

No mesmo dia da abertura oficial, o Centro de Competência também iniciou a produção do trem de acionamento elétrico de quinta geração.

Esse componente do trem de força elétrico altamente integrado combina o motor elétrico, a transmissão e a eletrônica de potência.

O trem de força estará disponível com vários níveis de potência para diferentes modelos. O design altamente integrado do sistema aumenta significativamente a densidade de energia.

A tecnologia BMW eDrive de quinta geração apresenta novas e mais poderosas baterias de alta tensão.

Graças ao seu design modular, elas podem ser usadas com flexibilidade na arquitetura do veículo e nos respectivos locais de produção.

Atualmente, o Centro de Competência está se preparando para acelerar a produção dessas novas baterias de alta tensão.

Fornecimento sustentável de materiais

A sustentabilidade e a segurança dos suprimentos são fatores importantes na expansão da mobilidade elétrica.

O BMW Group adquire as células necessárias para a produção de baterias de alta tensão junto dos principais fornecedores que fabricam estas células com as especificações exatas do BMW Group.

Para os especialistas em compras do BMW Group, a extração e o processamento destas matérias-primas, eticamente responsáveis, começam no início da cadeia de valor: eles têm um grande interesse nas cadeias de fornecimento de células de bateria – até as próprias minas.

A conformidade com os padrões ambientais e o respeito aos direitos humanos são a prioridade.

Para as novas baterias elétricas de alta tensão da quinta geração, a empresa reestruturou suas cadeias de suprimentos e fornecerá cobalto e lítio para células diretamente a partir de 2020.

Isso garante total transparência sobre a origem dessas duas importantes matérias-primas.

Os contratos também garantem a segurança do fornecimento até 2025, e além. No futuro, o cobalto será obtido diretamente de minas na Austrália e Marrocos, enquanto o lítio virá da Austrália e de outros países.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®