Mercedes-Benz comemora o Dia de Proteção às Florestas com redução no consumo de 10,4 milhões de folhas de papel para impressão

A Mercedes-Benz comemora o Dia de Proteção às Florestas, nesta sexta-feira, 17, com um número expressivo: a redução no consumo de 10,4 milhões de folhas de papel para impressão desde 2018 em todas as suas fábricas no Brasil, o que equivale a 146 árvores que deixaram de ser cortadas.

Foi nessa época que a Empresa revolucionou o mercado ao trazer um novo conceito de produção de caminhões para a unidade de São Bernardo do Campo (SP), conectando pessoas e tecnologia – surgiu a primeira fábrica de caminhões do Brasil preparada para a Indústria 4.0.

“A tecnologia é um importante propulsor para a adoção de práticas cada vez mais sustentáveis. O conceito paperless (não utilização de papel) trazido pela Indústria 4.0, associado a outras boas práticas ambientais, nos permitiu inúmeros avanços em sustentabilidade ”, explica Carlos Santiago, vice-presidente de Operações da Mercedes-Benz do Brasil.

Somado aos avanços da Indústria 4.0 e com a adoção do home office para os times administrativos e tecnologias como a assinatura digital, somente no primeiro semestre deste ano houve uma redução de 52% no consumo de folhas de papel sulfite em todas as fábricas da Mercedes-Benz do Brasil – São Bernardo do Campo, Campinas e Iracemápolis (SP) e em Juiz de Fora (MG) –na comparação com o primeiro semestre do ano passado.

Foram 4,7 milhões folhas a menos, economia equivalente a cerca de 65 árvores que deixaram de ser cortadas.

Outro dado relevante é o tamanho das áreas preservadas em torno das unidades localizadas em São Bernardo do Campo, Campinas, Iracemápolis e Juiz de Fora.

Juntas, as áreas somam mais de 2 milhões de metros quadrados, que corresponde a 266 campos de futebol.

As Áreas de Preservação Permanente (APP) são protegidas pela Lei 12.651/2012, o “Novo Código Florestal Brasileiro”, e têm a função de conservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar da sociedade.

Fazenda Urbana em São Bernardo do Campo

Entre as ações de sustentabilidade desenvolvidas pela Mercedes-Benz, destaca-se a instalação da primeira Fazenda Urbana dentro de uma indústria no mundo.

Localizada na fábrica de veículos comerciais da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo (SP), a produção de verduras é 100% livre de agrotóxicos para consumo nos restaurantes da fábrica.

Além disso, a produção na estufa, ao lado do restaurante da unidade, elimina o desperdício de alimentos durante o transporte e tem zero emissão de CO2.

Outra iniciativa que merece destaque é o Prêmio de Responsabilidade Ambiental, que desde 2010 reconhece fornecedores e parceiros de negócio da Mercedes-Benz que desenvolvem projetos nessa área.

Para despertar a consciência sobre a importância da preservação do verde, a Empresa distribui sementes e mudas de árvores em eventos organizados pera seus colaboradores e familiares desde 1997.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®