Transações de usados crescem 10,57% em setembro

No total, foram transacionados 1.391.730 veículos no mês, volume superior ao registrado em setembro de 2019

As vendas de veículos usados, considerando todos os segmentos automotivos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos), apresentaram crescimento de 10,57%, em setembro, na comparação com o mês anterior. Foram transacionadas 1.391.730 unidades, contra as 1.258.743 em agosto.

Tanto agosto quanto setembro tiveram o mesmo número de dias úteis (21), o que confirma o ciclo de retomada aos patamares de venda do período anterior ao da pandemia.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram 1.243.255 unidades negociadas, a alta é de 11,94%.

No acumulado do ano, entre janeiro e setembro de 2020, o mercado de veículos usados apresenta retração de 22,52% ante o mesmo período de 2019.

Se considerados apenas os segmentos de automóveis e comerciais leves usados, o crescimento foi de 11,07% (1.018.758 unidades) sobre agosto (917.259). No comparativo com setembro de 2019, as transações apresentaram alta de 8,41%.

No acumulado do ano, entre janeiro e setembro de 2020, estes segmentos apresentaram retração de 24,09.

Do total de automóveis e comerciais leves transacionados, os usados de 1 a 3 anos de fabricação representaram 13,93% do total negociado no mês, e 12,81% no acumulado de 2020.

Para o Presidente da FENABRAVE, Alarico Assumpção Júnior, a melhora do crédito é um dos componentes que têm ajudado na recuperação do Setor.

“O mercado de usados vem se mantendo aquecido. Há uma boa oferta de crédito, resultado do comportamento positivo da inadimplência. Outro fator que impulsiona este mercado é a recuperação das vendas de veículos novos”, comenta Assumpção Júnior.

Acompanhe, na tabela a seguir, os dados de transações de veículos USADOS para cada segmento automotivo.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®