BMW Group alcança marca de 200 mil unidades produzidas do modelo i3

O BMW Group registrou um importante momento em sua ambição de eletrificação da gama.

O BMW i3, o primeiro modelo 100% elétrico, chegou a 200 mil unidades produzidas na planta de Leipzig na Alemanha.

Produzido desde 2013, o compacto oferece uma rodagem silenciosa com zero emissões de carbono.

Este foi o primeiro modelo de série em grande escala do BMW Group movido exclusivamente a eletricidade e o primeiro veículo da empresa com células de energia feitas de plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP).

O módulo Life feito de fibra de carbono faz parte de uma arquitetura de veículo específica para os eletrificados da marca alemã e projetado para mobilidade elétrica desde o início.

Por conta dos processos de fabricação de última geração das versões de 125 kW/170 hp e 135 kW/184 hp, a BMW garante que a construção e montagem da carroceria do BMW i3 em Leipzig leve apenas cerca de metade do tempo necessário para veículos convencionais e desta forma atender à crescente demanda do mercado por carros eletrificados.

O sucesso do i3 e a experiência adquirida em seu desenvolvimento e fabricação aumentaram significativamente o progresso nos campos de mobilidade elétrica e construção leve.

Desta forma, a marca BMW i se tornou a oficina do futuro para toda a empresa.

Com base nos resultados adquiridos com modelo 100% elétrico, inúmeras inovações também foram alcançadas nas áreas de condução, potência eletrônica e tecnologia de carregamento.

Este conhecimento conquistado também possibilita que a quinta geração da tecnologia BMW eDrive esteja pronta para produção em série para ser usada no carro-chefe da nova tecnologia da fabricante, o BMW iNEXT, que será produzido na fábrica do BMW Group em Dingolfing, com componentes da fábrica da BMW em Landshut, a partir de 2021.

O material de alta tecnologia CFRP, por exemplo, agora também contribui para a construção leve e inteligente do BMW Série 7.

A fábrica do BMW Group em Leipzig continuará a dar uma contribuição significativa para a expansão da mobilidade elétrica no futuro. O local fará parte da rede internacional de produção do BMW Group para módulos de bateria já em 2021.

Para 2022, o BMW Group prevê mais de 100 milhões de euros de investimentos no estabelecimento da produção de módulos de bateria em Leipzig. No futuro, as células de íon de lítio fornecidas serão montadas em módulos padronizados em um processo altamente automatizado.

Estas serão então montadas juntamente com as conexões ao veículo, as unidades de controle e as unidades de refrigeração em uma estrutura de alumínio específica para cada modelo.

Desta forma, a experiência adquirida nesta unidade de produção do BMW i3 é usada de forma consistente para a fabricação de veículos elétricos na Alemanha.

A planta do BMW Group em Leipzig, onde, além do BMW i3, também são fabricados os modelos BMW Série 1 e 2 com tração híbrida convencional e plug-in, está ainda mais bem equipada para a abordagem do “Poder de Escolha” como modelo estratégico da empresa no futuro.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®