Bomba de combustível gera recall de 576 veículos Toyota

Defeito apresentado: Os veículos envolvidos são equipados com uma bomba de combustível de baixa pressão localizada no tanque de combustível.

A Toyota identificou que, devido a certas condições de produção inadequadas, o impulsor presente na bomba de combustível pode apresentar trincas superficiais, resultando no aumento da deformação deste equipamento.

Essa deformação pode criar uma interferência com o corpo da bomba de combustível suficiente para torná-la inoperante.

Riscos e implicações: Caso este fato aconteça, a luz de advertência de verificação do motor pode acender e ocorrer o funcionamento irregular do motor.

Em casos raros, o veículo pode parar totalmente durante a condução em altas velocidades, aumentando o risco de acidente, com danos materiais ao veículo e lesões físicas graves ou até mesmo fatais a seus ocupantes.

Medidas corretivas: A partir de 26 de outubro de 2020 a Toyota realizará a substituição da bomba de combustível do veículo.

O tempo de reparo é de até quatro horas.

Locais de atendimento e agendamento: O proprietário deverá entrar em contato com a Rede de Concessionárias Autorizadas Toyota, para agendamento prévio.

A relação de concessionárias autorizadas para atendimento está disponível no site www.toyota.com.br.

A Toyota esclarece que a presente campanha será realizada de forma gratuita ao consumidor.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®