Grupo Protege aposta nos carros-fortes equipados com transmissões automáticas Allison

Atuando no mercado de transporte de valores desde 1971, o Grupo Protege mantém um projeto-piloto de carros-fortes equipados com transmissões automáticas Allison para tornar suas operações mais eficientes e produtivas.

Presente em 18 estados e no Distrito Federal, a empresa realiza um amplo leque de atividades que englobam serviços de transporte de valores e logística de cargas, segurança patrimonial, formação de vigilantes e serviços aeroportuários.

Com uma frota de aproximadamente 1.800 unidades, entre veículos de vários portes e finalidades, pela primeira vez a empresa investe na compra de dois carros-fortes com transmissões totalmente automáticas Allison.

“O Grupo Protege investe fortemente no bem-estar e segurança de seus colaboradores, e as transmissões automáticas reduzem muito o desgaste físico e mental do condutor”, explica Nelson Dias, gerente de engenharia automotiva do Grupo Protege.

“O estado de alerta, para uma pronta reação em eventuais situações críticas, é condição fundamental para um bom trabalho no segmento em que atuamos”.

No momento, a Protege tem dois carros-fortes equipados com transmissões automáticas Allison da Série 2000™ em avaliação — um Volkswagen 9.160CE e um Mercedes-Benz 915 E —, e ambos estão superando as expectativas da empresa.

“Os caminhões automáticos têm se mostrado menos desgastantes para os condutores e para as equipes que compõem a guarnição do veículo, já que eles não ficam sujeitos aos “balanços” que são comuns às mudanças de marchas das transmissões manuais”, diz Dias.

“É unanime entre as equipes que operam os caminhões automáticos, a convicção do menor desgaste físico ao longo da jornada de trabalho.”

Outra constatação do Grupo Protege é o menor tempo que esses carros-fortes ficam parados para manutenção.

As transmissões automáticas dispensam as paradas para intervenções em sistemas de embreagem, fato comum nas transmissões manuais.

Além disso, proporcionam o funcionamento mais homogêneo do trem-de-força, evitando sobregiros do motor, e atuam como auxiliares do sistema de freios.

As transmissões automáticas Allison da Série 2000 foram projetadas para equipar veículos comerciais leves tanto para aplicações de carga quanto para o transporte público.

Elas podem ser equipadas com saída para Tomada de Força (PTO – Power Take-Off) e contam com seis marchas — incluindo sobremarcha —, o que garante uma operação mais ágil e simples.

Também contam com controles eletrônicos avançados de 5ª Geração, que permitem o estabelecimento de estratégias de produtividade e eficiência que atendem as mais diferentes necessidades das operadoras dos veículos.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®