Os carros importados que a Ford vai vender no Brasil

A Ford Motor Company anunciou que atenderá os consumidores na América do Sul com veículos conectados, e cada vez mais eletrificados, incluindo SUVs, picapes e veículos comerciais, provenientes da Argentina, Uruguai e outros mercados, ao mesmo tempo em que a Ford Brasil encerra suas operações de manufatura.

Mas o que podemos esperar dessa nova Ford e quais os modelos que chegarão por aqui?

Muito comentado no ano passado, o Bronco Sport vai iniciar essa nova fase de veículos importados da marca aqui no Brasil, com apelo para o fora de estrada e querendo enfrentar o Jeep Compass. Quando o assunto é Mecânica Online a motorização será a 2.0 turbo que produz 245 cavalos de potência trabalhando em conjunto com a tração integral. Deve vir do México com preço na faixa de R$ 245 mil.

Uma nova geração da picape Ranger também está a caminho, sendo produzida na Argentina e prevista para estrear no Brasil no segundo semestre de 2022.

A tendência é que o modelo ganhe ainda mais robustez acompanhando o estilo da F-150 e seu processo estrutural mantém cabine e chassi no mesmo esquema.

Já que falamos na F-150, sua importação também está no radar e poderia enfrentar no Brasil a RAM 1500 ou 2500. Estimativa de preço variando entre R$ 400 mil e R$ 500 mil conforme a versão escolhida.

E ainda tem mais uma picape, dessa vez no segmento das médias-pequenas, que está sendo revelada aos poucos na internet. A Maverick está sendo produzida no México e deve utilizar a motorização 2.0 turbo de 245 cavalos de potência, tração 4×4 e preço inicial pouco abaixo dos R$ 200 mil. Vem para enfrentar a Fiat Toro.

Importado dos Estados Unidos deve vir o Escape Hybrid que combina um motor 2.5 litros aspirado com um motor elétrico, resultando numa potência de 203 cavalos, com tração dianteira e preços para brigar com a Toyota RAV 4, variando entre R$ 242 mil e R$ 267 mil reais.

Do Uruguai a Ford vai trazer a nova geração da Transit, van para concorrer com Renault Master, Fiat Ducato e Mercedes-Benz Sprinter.

E uma nova versão do Mustang também chega por aqui ainda esse ano, que vai se posicionar entre o GT e o GT 350. Apesar da mesma motorização V8, a novidade produz 480 cavalos de potência e 58 kgfm de torque e transmissão automática de 10 velocidades.

Neste momento a linha de importados segue composta por Ranger, Mustang e Territory.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®