Os carros mais indicados para motoristas de aplicativos em 2021

Desempenho e espaço são os itens que devem ser avaliados pelos motoristas de aplicativos antes de escolher o seu meio de trabalho. O primeiro influencia no lucro do motorista, por isso quanto mais econômico o carro for, melhor.

O segundo está diretamente ligado ao conforto dos passageiros, já que o motorista nunca está sozinho e muitas vezes tem todos os lugares do seu carro ocupados.

Diante da quantidade de motoristas que não sabem quais são os carros mais apropriados para este setor e do número de motoristas de aplicativos que vem crescendo nos últimos tempos ficou evidente a necessidade de uma lista que apontasse não só os carros mais indicados, mas quais são os melhores entre eles.

Os critérios seguidos para selecionar os carros desta lista foi o espaço interno avantajado, por isso a escolha dos sedans, que apresentem uma boa economia com esta carroceria.

A versão de entrada do Nissan Versa, agora chamada de Versa V-Drive é destaque no espaço interno, principalmente para quem anda no banco traseiro e com excelente volume de carga no porta-malas de 460 litros de volume.

Você viaja de forma muito confortável e se o motorista for atento, é possível disponibilizar até um ponto de carregamento do celular, pois a tomada USB fica próxima do freio de estacionamento, o freio de mão.

Nos locais onde o gás natural é economicamente viável é possível colocar um cilindro com boa capacidade de volume e manter o bom espaço no transporte de malas ou compras, por exemplo.

A versão 1.0 litro vem equipada com motor de 3 cilindros com até 77 cavalos de potência e 10 kgfm de torque, câmbio manual de 5 marchas, tem um pacote de equipamentos fechado, sem possibilidade de adicionar itens opcionais e preço inicial de R$ 61.990,00.

A versão com motorização 1.6 e transmissão automática CVT parte de R$ 71.990 e produz 111 cv a 5.600 rpm e 15,1 kgfm a 4.000 rpm de torque.

O Nissan não oferece itens como controles de tração ou estabilidade nem airbags adicionais aos frontais, obrigatórios por lei.

O Etios sedã pode não ser o mais bonito no pedaço, mas tem muita versatilidade para quem procura baixo custo de manutenção e boa liquidez no mercado de usados.

O porta-malas é 100 litros maior que o Versa, são 562 litros de capacidade, comporta muito bem três pessoas no banco traseiro e tem uma excelente suspensão que cumpre seu papel ao filtrar as irregularidades e passar conforto para todos.

A motorização 1.5 litro produz 107 cavalos de potência e pode ser escolhida com câmbio manual de seis velocidades e com preço inicial de R$ 62.490 ou com a transmissão automática de quatro velocidades por R$ 68.240.

De mecânica simples e barata, é um carro que não se vê em oficinas mecânicas. O seguro é um dos mais baixos da categoria.

E ainda tem mais, a Toyota oferece o Kit GNV em sua 5ª geração por R$ 5.360 mantendo a garantia do veículo.

Outro destaque em espaço para bagagem e passageiros é o Renault Logan. O formato da sua carroceria libera um bom espaço para levar três passageiros no banco de trás e 510 litros de volume é capacidade do porta-malas.

A motorização 1.0 litro com três cilindros produz 82 cavalos de potência e 10,5 kgfm de torque, enquanto a motorização 1.6 rende 118 cavalos de potência e 16 kgfm de torque, sempre com etanol.

Com o lançamento da linha 2021 o Logan ficou mais agradável no visual e teve melhora no acabamento interno e no bom isolamento acústico.

A versão de entrada 1.0 litro possui quatro airbags, luz de LED diurna e vidros elétricos dianteiro com preço inicial em R$ 61.190.

A versão 1.6 com câmbio manual de cinco marchas é oferecida por R$ 71.890. O Logan também é oferecido com versão automática CVT.

Para quem pretende realizar um transporte com mais qualidade para motorista e passageiros, o Volkswagen Virtus é destaque no aspecto mecânico e de acabamento, oferecendo inclusive difusores de ar-condicionado e tomada USB exclusiva para quem vai no banco de trás, nos modelos com motorização 1.0 turbo.

A capacidade do porta-malas é de 521 litros e possui separador de bagagem no assoalho e tampa com abertura tipo pescoço de ganso.

De olho na manutenção mais barata, a versão com motorização 1.6 litro, motor aspirado, é mais funcional para quem vive no dia-a-dia. Vem com sensor de estacionamento traseiro e volante multifuncional.

O Virtus 1.6 MSI, que é a versão de entrada, produz 117 cavalos de potência, tem transmissão manual de cinco velocidades e preço inicial de R$ 77.590.

Já o Virtus Comfortline 200 TSI, produz 128 cavalos de potência, tem transmissão automática de seis velocidades e preço inicial de R$ 87.990.

A Fiat tem o Cronos com motor 1.3, que produz 103 cavalos de potência e transmissão manual que pode ser uma boa opção para o transporte de passageiros também. Tem até tomada USB na parte traseira a partir da versão Drive. O design também é destaque com seu aspecto esportivo e arrojado. Os faróis possuem assinatura em LED.

O porta-malas oferece 525 litros de volume de capacidade e a central multimídia tem tela de 7 polegadas.

A versão de entrada custa R$ 63.590 com motorização 1.3 litro e transmissão manual de cinco velocidades.

A versão mais indicada é a 1.3 Drive Manual oferecida por R$ 68.690 que entre outros itens possui controle de tração e estabilidade, além do sistema ativo de freio com controle eletrônico que auxilia nas arrancadas do veículo em subida.

A Chevrolet oferece o Onix Joy Plus com preço inicial de R$ 62.590 com direção elétrica progressiva, câmbio manual de 6 velocidades, motor 1.0 com 80 cavalos de potência e porta-malas de 500 litros.

Para quem ainda está iniciando e precisando de um veículo para trabalhar como motorista de aplicativos, o Renaut Sandero, VW up! e Fiat Argo estão no topo da lista dos melhores carros quando consideramos o custo de manutenção do veículo e consumo de combustível, além de analisar os dados dos veículos sob uso severo.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®