EQA 250 é o primeiro modelo compacto e elétrico da Mercedes-Benz

O EQA é um membro da família de carros compactos de sucesso da Mercedes-Benz. Parente próximo da GLA, entrega todas as características emocionantes daquele veículo, aliadas neste caso a um eficiente motor elétrico.

O novo EQA está sendo construído em Rastatt (Alemanha) e Pequim (China). Os sistemas de bateria para o EQA são fornecidos pela subsidiária da Mercedes-Benz, Accumotive, em Kamenz. A fábrica de baterias em Jawor, na Polônia, também está se preparando para produzir sistemas de baterias para os modelos compactos Mercedes-EQ. Ainda esse ano o SUV elétrico estará disponível nas concessionárias europeias.

“A Mercedes-EQ pretende assumir a liderança no campo de sistemas de acionamento elétrico e software de veículos. Para isso, definimos algumas metas ambiciosas de desenvolvimento de produtos e resolvemos avançar com a introdução acelerada de novas tecnologias no mercado”, diz Markus Schäfer, Membro do Conselho de Administração da Daimler AG e Mercedes-Benz AG; responsável pelo Daimler Group Research e Mercedes-Benz Cars COO.

“O novo EQA permite-nos mostrar a forma como encaramos a e-mobilidade adaptada às necessidades dos nossos clientes. Vamos oferecer uma família completa de modelos EQA, com potências variando de 140 a mais de 200 kW e com tração nas quatro rodas.

O EQA 250 estará disponível na Alemanha ao preço de 47.540,50 euros. Com base no preço de tabela de 39.950 euros, os clientes podem usufruir do bônus ambiental de 6.000 euros oferecido pelo governo federal e 3.000 euros da Mercedes-Benz como fabricante.

EQA é o nome do novo modelo básico para o mundo totalmente elétrico dos veículos Mercedes-EQ. O design dinâmico da carroceria do SUV é um indicador do prazer de dirigir que pode ser encontrado a bordo. Os preços para o modelo na Alemanha começam em 47.540,50 euros.

O EQA está sendo lançado como EQA 250 (consumo elétrico combinado: 15,7 kWh/100 km; emissões combinadas de CO2: 0 g/km) com 140 kW e um alcance de acordo com o NEDC de 486 quilômetros.

Outras variantes para atender aos requisitos específicos do cliente virão a seguir. Isso incluirá, por um lado, uma série de modelos de tração nas quatro rodas ainda mais atléticos com um trem de força adicional (eATS) e uma potência de 200 kW ou mais e, por outro lado, uma versão com um alcance de mais de 500 quilômetros (WLTP).

O Mercedes-EQ vê a chave para uma gama maior não apenas no aspecto das baterias cada vez maiores, mas na melhoria sistemática da eficiência de todos os componentes do veículo.

Condução antecipada automática – A navegação com inteligência elétrica calcula com naturalidade o percurso que o levará mais rápido ao seu destino, tendo em conta os tempos de carregamento, eliminando assim o stress do planeamento do percurso para o condutor.

Com base em simulações contínuas de alcance, o sistema leva em consideração quaisquer paradas de carregamento necessárias, bem como vários outros fatores, como a topografia e o clima. Também é capaz de reagir dinamicamente às mudanças, por exemplo na situação do trânsito ou no estilo de direção pessoal.

Carregamento – Com o Mercedes me Charge, os clientes têm acesso ao que é atualmente a maior rede de carregamento do mundo: atualmente, compreende mais de 450.000 pontos de carregamento AC e DC em 31 países.

O Mercedes me Charge permite aos clientes o uso conveniente de estações de carregamento de vários fornecedores, mesmo quando viajam para o exterior. Ao se registrar apenas uma vez, eles podem se beneficiar de uma função de pagamento integrada com um processo de faturamento simples.

Mais alcance graças a menos arrasto – Baixa resistência ao vento significa alta eficiência – algo que é particularmente importante com veículos elétricos. O EQA é o primeiro modelo da Mercedes-EQ cujo desenvolvimento aerodinâmico foi realizado inteiramente digitalmente.

As medições subsequentes realizadas no túnel de vento revelaram um valor Cd de 0,28, confirmando assim a alta qualidade da simulação numérica. A área frontal A totaliza 2,47 m2.

Entre as medidas aerodinâmicas mais importantes estão o sistema de controle de ar de resfriamento completamente fechado na seção superior, os aventais dianteiro e traseiro aerodinamicamente eficientes, uma parte inferior da carroceria muito lisa e quase totalmente fechada, rodas Aero especialmente otimizadas e spoilers das rodas dianteiras e traseiras especificamente adaptadas.

Sistema de gerenciamento térmico sofisticado com bomba de calor como padrão – A eficiência também foi fundamental ao projetar a arquitetura térmica. Graças à bomba de calor de série, o calor residual do trem de força elétrico pode ser utilizado para aquecer o habitáculo.

Isso reduz drasticamente o consumo de energia da bateria para o sistema de aquecimento, aumentando assim o alcance.

Também é possível definir o controle do clima de pré-entrada para o interior do EQA antes de iniciar. Esta função é controlada diretamente a partir do sistema de infoentretenimento MBUX ou através do aplicativo Mercedes me.

Atenuação de ruído sistemática e isolamento extenso – Esforço notável foi feito para garantir que o carro atenda ao alto nível de conforto de ruído e vibração que é a marca registrada da marca, incluindo o isolamento sistemático do trem de força elétrico do chassi e da carroceria. Numerosas medidas de amortecimento destinadas a impedir a transmissão de sons aéreos têm o mesmo propósito.

Sistemas inteligentes de assistência à direção com apoio cooperativo do motorista – Incluídos como padrão a bordo estão a assistência ativa para manter a pista e a assistência ativa para frenagem. Em situações críticas, o objetivo desta última é evitar uma colisão por meio de frenagem autônoma, ou para mitigar sua gravidade.

O sistema também é capaz de frear para veículos parados e pedestres que cruzarem a frente do veículo em velocidades típicas da cidade.

Conceito de proteção específico para Mercedes-EQ e extensos testes de colisão – Tomando a estrutura robusta do GLA como base, a carroceria do EQA foi adaptada para atender às demandas particulares de um carro elétrico.

A bateria fica dentro de uma estrutura especialmente desenvolvida, feita de seções extrudadas. Isso cumpre tarefas estruturais.

Uma proteção da bateria na área frontal da é capaz de proteger a unidade de armazenamento de energia de ser perfurada por objetos estranhos e, assim, também evitar danos consequentes.

Naturalmente, o EQA também teve que passar pelo programa normal e muito completo de testes de colisão da marca. Também se aplicam requisitos rigorosos para a bateria e todos os componentes que transportam corrente elétrica.

A eletroestética do design sinaliza o luxo progressivo – O EQA vem com o típico design frontal da Mercedes-EQ: uma grade do radiador “Black Panel” com estrela central.

Uma outra característica distintiva do design do mundo totalmente elétrico dos veículos Mercedes-EQ é a faixa de luz contínua na frente e atrás: uma faixa de fibra óptica horizontal conecta as luzes diurnas dos faróis totalmente LED, garantindo um alto nível de reconhecibilidade tanto à luz do dia como à noite.

Também típicas do Mercedes-EQ são as faixas azuis nos faróis. As lanternas traseiras de LED fundem-se perfeitamente na faixa de luz LED cônica, dando ao carro uma aparência especial própria na parte traseira.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®