Frota das locadoras quebra recorde de 1 milhão de veículos

O impacto da pandemia não foi capaz de barrar a expansão da frota do setor de locação de veículos, que desde 2016 vêm obtendo crescimentos.

Em 2020, o segmento contornou a grave situação dos primeiros meses da crise sanitária, quando carros foram devolvidos e contratos suspensos, e conseguiu ultrapassar a marca de 1 milhão de veículos na frota.

As locadoras compraram 360.567 carros zero quilômetro no ano passado, equivalentes a 20,6% de todos os automóveis e comerciais leves emplacados em 2020 no Brasil.

As principais estatísticas de desempenho da atividade fazem parte do novo Anuário Brasileiro do Setor de Locação de Veículos, produzido pela Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), a partir de dados coletados pelo SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados) e pelo DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito).

A frota total do setor terminou 2020 com 1.007.221 veículos, superando pela primeira vez na história da atividade a marca de mais de um milhão de carros.

“O recorde foi atingido mesmo diante da dificuldade de comprar e receber carros novos, na medida em que as montadoras sofreram e ainda sofrem com a falta de insumos para retomar seu ritmo normal de produção”, explica o presidente da ABLA, Paulo Miguel Junior.

“A preocupação de que não haja carros suficientes para a renovação da frota persiste, inclusive, para este ano de 2021”.

Principalmente em função de tais entraves, as compras de carros novos por parte das locadoras (360.567 unidades) ficaram aproximadamente 33% abaixo daquelas realizadas em 2019, quando o setor emplacou 541.346 automóveis e comerciais leves.

Porém, mesmo em ano de pandemia, o total de postos de trabalho nas locadoras subiu de 75.104 para 77.214; e o número de empresas ativas no segmento avançou de 10.812 para 11.053.

Paralelamente a isso, em 2020 foram vendidas 44,6 milhões de diárias de aluguel de carros, ante 49,6 milhões vendidas em 2019.

Com isso, o faturamento bruto anual do setor caiu de R$ 21, bilhões para R$ 17,6 bilhões, enquanto o faturamento líquido recuou de R$ 19 bilhões para R$ 15,3 bilhões.

Representatividade das montadoras – No ranking de emplacamentos de automóveis e comerciais leves pelas locadoras, a montadora FCA tirou o pódio da General Motors (GM), que ocupava a liderança desde 2017, vendendo 31,56% (113.807 carros) do total de veículos comprados pelas locadoras no ano.

Em seguida aparece a Volkswagen, com 25,51% e, no terceiro lugar, vem a GM (14,83%).

O modelo mais emplacado por locadoras em 2020 foi Volkswagen Gol, com 38.284 unidades, desbancando o Chevrolet Onix, líder desde 2016.

Na frota total do setor de locação, incluindo os seminovos que permaneceram com as empresas aos zero quilômetro comprados no ano, A FCA também terminou o ano em primeiro lugar, com 244.613 carros (24,29%).

A montadora italiana é seguida pela Volkswagen, com 223.628 veículos (22,20%) e pela GM, com 195.657 (19,43%) veículos na frota total do setor.

Caminhões, ônibus e motos – As compras de caminhões por parte de locadoras em 2020 totalizaram 5.411 unidades, ante uma compra de 1.747 unidades registrada em 2019.

Com isso, a frota total de caminhões em nome de locadoras de veículos atingiu 15.894 unidades ao final do ano passado, acima dos 10.994 caminhões que as locadoras possuíam em 2019.
Já as compras de ônibus sofreram redução, na comparação com 2019.

No ano passado foram comprados 1.863 ônibus, enquanto em 2019 haviam sido adquiridas 2.030 unidades.

Mesmo assim, a frota total de ônibus em nome das locadoras fechou o ano com 7.863 unidades, acima da marca de 6.239 do final de 2019.

Em termos de motocicletas, as compras das locadoras em 2020 foram de 3.343 novas unidades, ante 2.982 compradas em 2019.

A frota total de motos em nome das locadoras fechou 2020 em 10.799 unidades, também acima do verificado em 2019 (8.093).

Critérios de avaliação – Todas as estatísticas referem-se exclusivamente às locadoras cujos registros da atividade, no Ministério da Economia, têm enquadramento dos CNAE 7711-0/00 (locação de veículos sem motorista) e CNAE 4923-0/02 (locação de veículos com motorista).

São as chamadas locadoras que atuam somente com a atividade de locação de veículos, com CNPJ ativo na Receita Federal e frota registrada nos órgãos competentes de Trânsito.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®