segunda-feira, 17 junho , 2024
28 C
Recife

Equipe ASG Motorsport é a primeira a compensar CO₂ na Copa Truck

Parceria com a startup catarinense SigaVerde by Raster já garantiu a compensação de 5 toneladas dos gases de efeito estufa emitidos durante a etapa em Londrina.

Primeira equipe da Copa Truck a adotar os conceitos ESG, o time oficial Mercedes-Benz larga na frente mais uma vez ao ser a primeira equipe a compensar toda a emissão de CO2 de seus caminhões durante as disputas das etapas do maior campeonato de caminhões das Américas. Em parceria com a startup catarinense SigaVerde by Raster, a equipe mediu e compensou 5 toneladas de CO2 emitidas pelos sete caminhões durante a etapa disputada em Londrina (PR), entre os dias 10 e 12 e maio.

- Publicidade -

“A ASG Motorsport está comprometida com a sustentabilidade em todas as suas dimensões” afirma Rodrigo Machado, gestor da equipe ASG Motorsport.

“Sabemos que a nossa jornada está apenas começando, mas queremos ser protagonistas desta mudança, em todos os pilares do ESG. Hoje por exemplo, apoiamos de forma irrestrita a entrada de mais mulheres no automobilismo, sejam elas pilotos, engenheiras ou mecânicas”, aponta Machado.

Ao longo dos treinos e corridas em Londrina, a equipe ASG Motorsport utilizou um total de 1.820 litros de óleo diesel, o que totaliza 4,26 toneladas de CO2. A SigaVerde by Raster, especializada em soluções de sustentabilidade para o setor logístico, utilizou a metodologia padrão internacional GHG Protocol para calcular as emissões e fez a compensação total de 5 toneladas de CO2.

Toda a compensação foi feita junto ao projeto “Troca de Combustível Rima em Bocaiúva”, no norte de Minas Gerais. O projeto substitui combustível fóssil por biomassa renovável. Ao longo da cadeia de transformação acontecem benefícios sociais, econômicos, ambientais e tecnológicos.

- Publicidade -

“O propósito do SigaVerde é conscientizar e prover assistência às empresas do setor logístico, entregando soluções para mensurar e quantificar suas emissões de carbono equivalente, além de traçar estratégias para reduzir tais emissões, bem como compensá-las”, explica Dieiniffer Dick, engenheira ambiental e sanitarista, e analista de sustentabilidade da Siga Verde. “Estamos orgulhosos de colaborar com a ASG Motorsport, uma equipe que realmente incorpora os valores de responsabilidade ambiental, social e de governança”, finalizou.

Para a próxima etapa, marcada para 16 de junho no Autódromo Potenza, em Lima Duarte (MG), a compensação será ampliada para os caminhões que realizam a logística da equipe desde o litoral paulista. O deslocamento das quatro carretas do time irá ampliar a compensação.

“A ASG Motorsport está comprometida em apoiar as iniciativas voltadas ao ESG. E poder mitigar as emissões dos caminhões durante os treinos, corridas e, agora, também nas viagens, é um passo importante para demonstrar que o esporte a motor pode ser mais responsável e sustentável”, finaliza Rodrigo Machado.

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente