Fórum Automec debate mercado de veículos elétricos

O terceiro dia do Fórum Automec abordou um tema que gera grandes expectativas nos profissionais da área de reparação e manutenção de veículos, a “Eletrificação Veicular”.

Com organização do Sindirepa Nacional (Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios), foram abordados pontos como o aumento das vendas de veículos elétricos, a capacitação dos técnicos para a manutenção desses produtos e as medidas de segurança necessárias para a realização desses trabalhos.

O primeiro assunto apresentado na manhã de debates foi “A visão da BMW e do Senai São Paulo dos veículos híbridos e elétricos BMW”, com a participação de Emílio Paganoni, responsável por Treinamento no Grupo BMW Brasil, e do professor Ricardo Terra, diretor regional do Senai.

Emílio Paganoni destacou os objetivos da BMW para os próximos anos, destacando os projetos voltados para a eletrificação, digitalização, conectividade, sustentabilidade e compartilhamento dos veículos.

Além disso, chamou atenção para a importância da formação e da segurança dos profissionais que atuarão no setor de reparação desses novos veículos.

“O técnico que estamos formando é a estrela do momento, desse novo mercado que está surgindo”, declarou o executivo.

Ricardo Terra ressaltou o apoio e estrutura que o Senai oferece aos profissionais que buscam se preparar para trabalhar com as novas tecnologias e comentou o momento de mudança pelo qual o mercado está passando.

“Tenho a certeza de que faremos a transição do veículo a combustão para o elétrico, mas existem diversos desafios para serem enfrentados, em relação às formas de abastecimento, à rede de conectividade, desafios que estão ligados à infraestrutura do país e que vão exigir também uma série de marcos regulatórios”.

Na sequência, o presidente do Sindirepa/PA, André Fontes, apresentou a palestra intitulada “A visão do Sindirepa do Pará frente à manutenção dos veículos híbridos e elétricos”, comentando diversos temas correlatos, como os impactos no meio ambiente, evolução e tipos de veículos elétricos, importância da capacitação dos reparadores de automóveis e pontos técnicos sobre o funcionamento dos novos motores, assim como suas vantagens.

“Já passamos por várias mudanças no mercado de automóveis, como a chegada da injeção eletrônica. A mudança para o carro elétrico é somente mais uma. E vocês, reparadores, também estarão preparados para isso”, afirmou André Fontes, que também atua como reparador automotivo.

No encerramento das atividades, o presidente do Sindirepa Nacional e Sindirepa/SP, Antonio Fiola, ressaltou a importância do evento e os negócios que estão por vir para os profissionais do setor automotivo.

“Muito foi dito e temos muito a fazer, certamente, o reparador brasileiro vai encontrar muitas oportunidades nesse mercado”, salientou.

Em seus três dias de palestras e debates, o Fórum Automec teve como principal objetivo disseminar tendências de mercado, boas práticas e importantes dicas para varejistas, distribuidores e mecânicos.

- Publicidade - Mercedes-Benz