Arizzo 5 2021 já muda transmissão e motor ganha nova calibração

Parece que essa será uma característica da Caoa Chery: mudar rapidamente os modelos lançados no mercado. Foi o que aconteceu com o Tiggo 2 e agora é a vez de novidades no Arizzo 5.

O sedã que foi lançado em março, no meio de toda essa quarentena devido o Corona vírus, já ganha a linha 2021 e com mudanças importantes para quem acreditou no produto em seu lançamento.

Apenas três meses do modelo 2020, a linha 2021 ganha alterações em ponto crítico dos modelos da Caoa Chery: o consumo de combustível.

As versões oferecidas pela marca normalmente são bem completas e com uma relação custo e benefício que desperta o interesse do cliente. A dúvida fica sempre no pós-venda e na eficiência energética.

Ninguém gosta de comprar um carro novo e simplesmente ele mudar em poucos meses. Isso desvaloriza o veículo ainda mais rapidamente.

No aspecto da eficiência energética, o consumo mais elevado é uma característica vista nos modelos da marca, por isso mesmo, as alterações no Arizzo 5 são muito bem-vindas, mas poderiam ter sido realizadas antes, logo no lançamento.

O Arizzo 5 combina a motorização  1.5L Turbo Flex com câmbio CVT de 9 velocidades simuladas. O modelo 2021 possui 21,4 Kgfm de torque para etanol ou gasolina, ante os 19,4 Kgfm do modelo 2020.

Além disso, a atualização e a nova calibração do conjunto de powertrain possibilitou que o veículo reduzisse o consumo médio em 11%, também em relação ao modelo anterior. A potência máxima é de 150 cv para etanol e 147 cv para gasolina.

O novo projeto incluiu adaptações de hardware e software da transmissão, que ganhou bomba de óleo de dupla ação mais eficiente, maior alcance das relações de redução e melhor controle do conversor de torque.

O consumo de combustível também foi favorecido. De acordo com dados do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), o Arrizo 5 2021 tem consumo médio de 7.6 km/l e 9.6 km/l quando abastecido com etanol, na cidade e estrada, respectivamente.

No abastecimento com gasolina o consumo médio é de 11 km/l na cidade e de 12.9 km/l na estrada.

Tiggo 2 no Paraguai – A CAOA CHERY iniciou em 5 de junho a exportação de veículos fabricados no Brasil para os países do Mercosul.

Nesta primeira fase, foram enviadas 10 unidades do Tiggo 2 para o Paraguai.

Desde a criação da marca CAOA CHERY, em 2018, a empresa estabeleceu como meta ser um polo exportador de veículos para o Mercosul. “Hoje estamos bem estruturados para colocar essa estratégia em ação”, afirma Marcio Alfonso, CEO da CAOA CHERY.

“Vale destacar que a Chery está presente no Paraguai há muitos anos, mas esta é a primeira vez que a CAOA CHERY exporta para o país”, acrescenta.

De acordo com o executivo, a expectativa é aumentar gradativamente o número de modelos exportados e atingir outros países do Mercosul e da América Latina.

“O objetivo é ampliar nossa presença em outros países ainda em 2020 e criar assim um perfil exportador para nossa marca”, comenta Alfonso.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®