Referência nos últimos 45 anos: o Porsche 911 Turbo

Nos últimos 54 anos, o Porsche 911 Turbo tem sido o mais destacado carro esportivo de alto desempenho com funcionalidade para o uso diário.

Após o lançamento ao mercado do 911 Turbo S, o 911 Turbo Coupé e Cabriolet da nova geração estão sendo apresentados agora – ainda mais potentes, mais velozes e mais individuais.

Graças aos seus motores de 427 kW (580 cv), com 30 kW (40 cv) mais do que seus antecessores, ambas as versões superaram a mágica marca dos três segundos para a arrancada de 0 a 100 km/h, reduzindo o tempo para 2,8 segundos (0,2 segundos mais rápido, 750 Nm de torque (40 Nm a mais), agora sem limitação de tempo para o overboost, tornaram as acelerações rápidas ainda mais espontâneas e naturais.

Assim, a aceleração, potência e torque do novo 911 Turbo se emparelham à do 911 Turbo S.

A transmissão dessa força é realizada por uma caixa de câmbio PDK (com dupla embreagem) de oito velocidades com um acerto específico para o Turbo, enquanto sua velocidade permanece inalterada, em 320 km/h.

Opções como os pacotes Sports e Lightweight Design, chassi esportivo e sistema de escapamento esportivo estão disponíveis pela primeira vez para o 911 Turbo. Com isso, os clientes poderão adaptar seus veículos ainda mais ao gosto individual.

Os novos carros esportivos seguem um caminho de prestígio, já que o 911 Turbo tem sido sinônimo de luxo e performance desde 1975. Cada geração desse carro tem continuado à altura da fama de ser uma referência global para carros-esporte de alto desempenho.

O 911 Turbo combina a esportividade com usabilidade para o dia-a-dia, o dinamismo emocionante com confiabilidade e uma empolgante performance com eficência.

A última geração do modelo 2+2 é mais de duas vezes mais potente que o Turbo original, que era movimentado por um motor horizontal de três litros com um único turbocompressor, de 260 cv.

Mas, apesar do 911 Turbo ter ficado mais rápido, maior e mais confortável ao longo dos anos, ele sempre manteve suas características fundamentais.

O novo motor boxer de seis cilindros com 3.745 cm3 do 911 Turbo exibe uma potência aumentada para 580 cv e, agora, traz turbocompressores VTG (com geometria da turbina variável) simétricos, com válvulas de desvio controladas eletricamente.

Juntamente com seu sistema de resfriamento do ar de admissão e o uso de piezoinjetores, isso aumenta a reação aos comandos, desempenho, características de torque e sua habilidade de rodar livremente.

O chassi e a carroceria ficaram mais largos. O eixo dianteiro agora esterça com ainda mais precisão, graças a 42 milímetros adicionais na bitola dianteira e aos novos pneus 255/35 de 20 polegadas.

O controle de tração integral ativo PTM (Porsche Traction Management) agora é capaz de transferir ainda mais força às rodas dianteiras, enquanto a tração no eixo traseiro esterçável foi aumentada por uma bitola 10 mm mais larga, assim como pelos pneus 315/30 montados em rodas de 21 polegadas – uma polegada a mais que no eixo dianteiro.

O sistema de freios renovado é ainda mais poderoso e pode ser reconhecido por suas pinças fixas vermelhas, equipamento de série.

Os discos de freios de ferro fundido cinzento da dianteira agora medem 408 mm de diâmetro (28 mm a mais do que antes) e são 36 mm mais espessos (dois milímetros mais). O eixo traseiro traz discos de freios com 30 mm de espessura e 380 mm de diâmetro.

Pela primeira vez, um sisteam de escapamento esportivo é disponível como opcional para o 911 Turbo.

Duas versões diferentes do chassi também são novidades: enquanto o chassi PASM (Porsche Active Suspension Management) de série oferece uma amplitude maior entre a esportividade e o conforto, a suspensão esportiva controlada eletricamente 10 mm mais baixa, significativamente mais firme, aumenta a agilidade do novo 911 Turbo.

Seu acerto visa aumentar o dinamismo do carro e proporciona ainda mais estabilidade na condução em alta velocidade, como quando o veículo é usado em circuitos de corrida.

Os sistemas opcionais PDCC (Porsche Dynamic Chassis Control) de estabilização hidráulica ativa antirrolagem e o sistema de freios de cerâmica PCCB (Porsche Ceramic Composite Brake) com pinças fixas de dez pistões na dianteira refinam ainda mais a dinâmica do novo modelo.

O design do 911 Turbo ficou ainda mais muscular. A carroceria foi alargada 45 mm para 1.840 mm nas rodas da frente para acomodar o novo chassi, enquanto a marcante nova linha estampada no capô reforça a personalidade esportiva do carro.

Faróis LED com PDLS Plus (Porsche Dynamic Light System Plus) de série iluminam a estrada.

No eixo traseiro, a carroceria agora tem exatamente 1,90 metro (20 mm mais). Outros itens diferenciados do novo 911 Turbo incluem sua aerodinâmica adaptativa aperfeiçoada, que traz flaps de resfriamento do ar controlados eletronicamente na dianteira, um maior defletor dianteiro ativo e o defletor variável traseiro consideravelmente maior.

As entradas de ar nos painéis laterais traseiros, tão características do 911 Turbo, agora captam ar para alimentação, em lugar do ar para resfriamento de antes. Enquanto isso, os radiadores do ar de alimentação estão posicionados agora diretamente no fluxo de ar, sob a tampa traseira.

A barra luminosa contínua, com suas lanternas LED traseiras, assim como a nova grade com barras horizontais e frisos prateados, arremata o design da traseira do carro.

A aparência e a performance do veículo podem ser ainda mais refinadas pelos pacotes Lightweight Design e Sports. O pacote Lightweight Design para o Coupé reduz o peso do veículo em 30 quilogramas.

Isto foi possível, entre outras coisas, pelo uso de bancos leves integrais tipo concha, a omissão dos bancos traseiros e o uso de menos material de isolamento, o que significa também que o condutor pode curtir o som do motor de forma ainda mais direta.

O pacote Sports inclui o pacote 911 Turbo Sport Design, assim como itens adicionais em Preto e Carbono – para não mencionar as exclusivas lanternas traseiras Exclusive Design.

Os elementos básicos do moderno interior correspondem aos dos modelos Carrera com o Porsche Advanced Cockpit e o Direct Touch Control. A tela central do PCM (Porsche Communication Management) agora tem 10,9 polegadas e pode ser operada rapidamente e sem distrações, graças ao seu novo layout.

A ampla e especialmente refinada lista d eequipamentos inclui bancos esportivos com 14 ajustes totalmente elétricos, o pacote Sport Chrono, um volante esportivo GT com palhetas de troca de marchas, controles de modos e multifuncionais, assim como o poderoso sistema de som BOSE® Surround.

Numerosas opções estão disponíveis para maior personalização, incluindo o Porsche InnoDrive com controle adaptativo de cruzeiro, Lane Keeping Assist com reconhecimento de sinalização viária, Night Vision Assist, Surround View e o sistema de som Burmester® High-End Surround.

Os novos modelos estarão disponíveis para encomendas no Brasil a partir de 20 de julho. O 911 Turbo Coupé custará a partir de R$ 1.099.000 e o 911 Turbo Cabriolet terá preço a partir de R$ 1.149.000.

- Publicidade - Cursos Mecânica Online®