sexta-feira, 12 abril , 2024
28 C
Recife

Pesquisas pioneiras revelam os novos rumos das tecnologias automotivas – Parte I

“Como será o carro do futuro? A pergunta de muito mais de um milhão de dólares envolve muitas pesquisas na área automotiva e não é nada fácil de ser respondida. Mas os salões automotivos estão aí para ajudar a traçar esses novos caminhos.”

- Publicidade -

Na 104ª edição do Salão de Nova York, o mais antigo do gênero no mundo, a Jaguar Land Rover resolveu mostrar algumas de suas pesquisas avançadas em tecnologia automotiva, que entregarão aos clientes das marcas, em um futuro próximo, ainda mais capacidades para seus modelos em ultrapassar obstáculos em todos os tipos de terreno de forma segura e tecnológica.

Entre as novas tecnologias, destacam-se a opção de o motorista controlar o veículo remotamente durante uma condição de off road extremo, o escaneamento do terreno trafegado por meio de um raio infravermelho, o controle de algumas funções do veículo por gestos e voz, vidros inteligentes que ampliam as possibilidades de conectividade do modelo e modo de condução semiautônoma, tanto dentro quanto fora de estrada.

- Publicidade -

“O carro do futuro se tornará ainda mais capaz, com visual clean, mais opções de conectividade e, claro, mais desejável e inteligente”, explica Dr. Wolfgang Epple, diretor de pesquisa e tecnologia da Jaguar Land Rover. “Esses são os cinco pilares que estão norteando as pesquisas e estudos que estamos realizando para os futuros carros da nossas marcas”.

“A apresentação do Discovery Vision Concept no Salão de Nova York mostra algumas dessas novas e interessantes tecnologias. Muitas delas têm potencial real de serem incorporadas nos nossos veículos futuramente, outras são apenas conceitos. De qualquer forma, a Jaguar Land Rover é uma empresa que continua a estabelecer novos e elevados padrões globais em termos de tecnologia para veículos, o que nos faz crescer sempre e conquistar ainda mais o gosto dos clientes” complementa o executivo.

Nessa primeira parte da coluna Mecânica Online, veremos os desafios das condições off road.

- Publicidade -

O sistema Terrain Response antecipa as condições off road e a profundidade em áreas alagadas – A mais nova geração do sistema de adaptação do veículo ao tipo de terreno em que se trafega, o Terrain Response poderá ser reforçado pelo Terrain Scanning, um scanner infravermelho que antecipa as condições de terreno para o motorista. Esse scanner encontra-se nos faróis de neblina, na parte dianteira do conceito.

Esses sensores analisam as condições de terreno que está prestes a ser percorrido e analisam as reações do veículo a ele. Com isso, o veículo pode adaptar todo o sistema de tração, de forma a torna-lo o mais adequado para as condições de piso que ainda estão por serem percorridas. Um mapa do terreno pode ser exibido no painel de instrumentos do motorista, proporcionando uma referência visual ao condutor.

Já a tecnologia Wade Aid melhora ainda mais o atual sistema Wade Sensing, que mostra a profundidade de água em que o veículo Land Rover está percorrendo em um trecho alagado por meio de um gráfico na tela touch screen do painel. O novo sistema prevê a profundidade do trecho alagado antes mesmo de a primeira começar a se molhar, com a utilização de sensores a laser.

Dirigindo em off road por “controle remoto” – A Jaguar Land Rover está trabalhando constantemente no desenvolvimento de tecnologias de veículos autônomos, que são guiados com a mínima interação do motorista. “Nós enxergamos a tecnologia autônoma como uma forma de minimizar a rotina de viagem, as situações tediosas que o tráfego diário nos impõe, de forma a permitir ao motorista simplesmente relaxar com o sistema de entretenimento do veículo”, explica Dr. Epple.

“Mas quando o motorista quer aproveitar a experiência de condução, os nossos novos sistemas de assistência vai proporcionar uma experiência ainda melhor em termos de dirigibilidade. Um carro mais esperto não deve tirar o prazer de condução. Ele deve melhorar a experiência do motorista tanto dentro quanto fora de estrada”, complementa.

Entre essas novas tecnologias estão o All Terrain Progress Control sistema que permite uma condução semiautônoma em situação de off road em baixa velocidade. Ele é um piloto automático com vetores de torque que constante mantém a velocidade escolhida pelo motorista mesmo em situações fora de estrada.

Este sistema pode ser usado com o motorista dentro do veículo, ou em uma situação de off-road extremo, ele pode decidir que é mais seguro e mais fácil sair do veículo e deixa-lo transpor os obstáculos sozinho, controlando o modelo com uma visão de fora, por meio de um controle remoto.

Isso permite que o motorista se torne um observador do veículo ao se deparar um obstáculo off road, e controle o modelo remotamente em uma velocidade muito baixa, usando um tablete, seu próprio smartphone ou mesmo um controle giratório removido do próprio veículo. O mesmo controle remoto também pode ser utilizado como um auxiliar de estacionamento ou durante a acoplagem de algum reboque.

“Os trabalhos no sistema de condução autônoma da Jaguar Land Rover começaram há quase 20 anos, com a introdução do sistema de piloto automático adaptativo, introduzido em 1996 no Jaguar XK. Atualmente nós já oferecemos uma gama de tecnologias de assistência ao condutor, que permitem uma dirigibilidade com máxima eficiência, reduzindo drasticamente o número de acidentes”, explica Dr. Epple.

Na próxima coluna tem mais tecnologia automotiva para você! Conto com sua visita.

Matérias relacionadas

Monte seu Fiat Pulse

Mais recentes

Menos combustível, mais Volvo!

Destaques Mecânica Online

SIMPÓSIO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, EMISSÕES E COMBUSTÍVEIS

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança