quarta-feira, 24 julho , 2024
28 C
Recife

Volvo CE renova compromisso com a WWF para reduzir emissões de CO2

A Volvo Construction Equipment renovou a parceria que tem com a Climate Savers (Defensores do Clima), entidade ligada a WWF (World Wild Fund for Nature), com o objetivo de atingir novas metas de redução de emissões de gases e alcançar o desenvolvimento sustentável por meio de tecnologias inovadoras.

“Já avançamos muito. Mas nosso compromisso é continuar introduzindo medidas inovadoras e uma série de ações para diminuir ainda mais as emissões de CO2”, diz Afrânio Chueire, presidente da Volvo Construction Equipment Latin America. “Respeito ao meio ambiente é um dos valores da Volvo e está no DNA de nossos produtos”, complementa. A Volvo CE Latin America está promovendo um seminário sobre a atuação da empresa na área ambiental durante a parada da Volvo Ocean Race, em Itajaí, litoral catarinense, onde está instalada a Vila da Regata. A representante da WWF, Paola Delgado, participará do evento para falar sobre o trabalho da organização.

- Publicidade -

Na etapa anterior do convênio (2009-2014), o Grupo Volvo reduziu em 20% as emissões nas instalações da companhia, percentual bem acima dos 12% estipulados na meta inicial. Melhorando a eficiência de combustível, a corporação também diminuiu em 40 milhões de toneladas as emissões de gás carbônico durante a vida dos produtos vendidos neste período, comparados com os modelos de 2008. Este resultado é também bastante superior à meta inicial de redução de 30 milhões de toneladas.

A Volvo CE participou ativamente destes avanços, tanto em suas fábricas como nas máquinas que produz. Em janeiro de 2014, a marca foi a primeira empresa da indústria de equipamentos de construção a receber o status de “neutra em carbono” para sua instalação de produção de caminhões articulados situada na cidade sueca de Braas. Ela também integra o compromisso total do Grupo Volvo de reduzir as emissões de CO2 em cerca de 40 milhões de toneladas até 2020.

A Volvo CE reduzirá seu impacto por intermédio de melhorias na tecnologia de produção e também de suas máquinas. “A empresa também continuará a promover o CCC (Construction Climate Challenge), lançado no ano passado”, diz Suzanne Darie, gerente de Comunicação e Marketing da Volvo CE Latin America.

- Publicidade -

O CCC é uma iniciativa da Volvo CE para promover globalmente sustentabilidade em toda a indústria da construção e ainda fornecer financiamento para pesquisa ambiental. Funciona por meio do compartilhamento de melhores práticas nesta área, de recursos e do conhecimento com as universidades, representantes da indústria e políticos. O programa abrange as operações de toda a indústria da construção civil, de materiais de construção a reciclagem.

O WWF é uma das maiores e mais respeitadas organizações ambientais do planeta, com a visão de proteger seu ambiente natural. O programa envolve empresas multinacionais na luta pela redução das emissões de gás carbônico. Elas se comprometem a diminuir as emissões por meio de acordos verificados por peritos independentes. A meta deve ser mais ambiciosa que aquela definida para a própria empresa, devendo significar que ela é lider em sua indústria na redução de gases de efeito estufa.

Volvo CE reduz ainda mais impacto ao meio ambiente com melhorias na produção e máquinas – O compromisso da Volvo Construction Equipment com a WWF para o período

- Publicidade -

2015-2020  é bastante amplo e, por esta razão, foi dividido em seis partes: Eficiência de combustível das máquinas; Desenvolvimento de tecnologia avançada; Liderança na padronização da indústria; Eficiência energética nas instalações de produção; e  Simulação de canteiro de obras e treinamenteo do operador.

O  CCC (Construction Climate Challenge) também faz parte de uma das ações para o fomento das boas práticas ambientais. “São metas desafiadoras, porque a Volvo CE tem no respeito ao meio ambiente um de seus valores fundamentais”, diz Afrânio Chueire, presidente da Volvo Construction Equipment Latin America.

 A Volvo CE irá desenvolver ainda mais a eficiência de combustível dos seus produtos e da SDLG, a sua outra marca de equipamentos de construção, por meio do desenvolvimento e lançamento de novas máquinas. A previsão para esta etapa é de uma redução de 7 milhões de toneladas de CO2. A empresa desenvolverá e demonstrará tecnologias consideravelmente mais capazes de oferecer melhor eficiência de combustível.

A empresa participará ativamente do trabalho da ISO (Organização Internacional de Padronização), como um dos membros principais, a fim de desenvolver um padrão para eficiência de combustível de máquinas na indústria de equipamentos de construção. “Queremos ter uma posição de liderança neste setor”, declara Suzanne Darie, gerente de Comunicação e Marketing da Volvo CE Latin America.

Além disso, a Volvo CE continuará a estimular melhorias na eficiência energética em todas as suas fábricas, com uma média anual de 2%. A empresa ainda contribuirá para maior  eficiência dos canteiros de obras de seus clientes, com o objetivo de reduzir as emissões de gás carbônico e ao mesmo tempo melhorar o comportamento do operador e a utilização da máquina. “O Eco Operator é um dos treinamentos em desenvolvimento que contribuirá para uma operação mais segura e com menor emissão de poluentes”, destaca Suzanne.

A Volvo CE impulsionará o CCC, estabelecendo parcerias com clientes, fornecedores, o mundo acadêmico e outros órgãos, e também criando governança e financiamento para a pequisa, tornando os projetos possíveis. O objetivo é também conscientizar e oferecer um fórum para a troca de conhecimento e melhores práticas, assim como cooperar com a WWF como parceiro e consultor fundamental do CCC.

Volvo Construction Equipment está na vanguarda em respeito ao meio ambiente – A Volvo está e sempre esteve na vanguarda quando se trata de respeito ao meio ambiente, um dos valores fundamentais da marca, ao lado da segurança e da qualidade. Uma das líderes no segmento em que atua, a empresa sempre desenvolveu produtos avançados tecnologicamente, cuja utilização provoca o menor impacto ambiental possível.

“O estabelecimento das normas de emissões e ruídos Proconve/MAR I no Brasil ocorre a partir de janeiro de 2015. Mas nossas máquinas já cumpriam há bastante tempo os requisitos que agora serão exigidos pelas autoridades”, declara Massami Murakami, diretor de Marketing e de Engenharia de Vendas da Volvo Construction Equipment Latin America.

A Volvo CE já estava há vários anos oferecendo ao mercado brasileiro e latino-americano equipamentos de construção com a tecnologia atualizada nos mercados mais exigentes – EPA Tier III nos Estados Unidos e Stage IIIA na União Europeia, equivalentes às normas Proconve/MAR I (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores para Máquinas Agrícolas e Rodoviárias), recentemente divulgadas pelo Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente).

A Volvo CE também está sempre à frente em eficiência energética. Uma das características de produtos eficientes é o nível de consumo de combustível por tonelada produzida. “Somos o melhor ou estamos sempre entre os melhores nesta área”, orgulha-se Murakami.  “Tanto que quando a Volvo planeja o desenvolvimento de uma nova geração de máquinas, os itens relacionados ao consumo de combustível são prioritários no projeto”, complementa o executivo.

Outra área na qual a Volvo CE se destaca é a capacitação dos usuários por meio do programa Eco Operator, um aspecto fundamental quando se trata de eficiência na operação. A empresa desenvolveu um avançado treinamento de operadores de máquinas usando modernos simuladores. A tecnologia é usada para capacitar e melhorar o desempenho de operadores sem a utilização dos equipamentos de construção. “O objetivo é  garantir mais eficiência, segurança e produtividade na operação e mais rentabilidade para o cliente”, afirma Murakami.

Uma das vantagens de utilizar as máquinas de forma correta, além do aumento da produtividade da operação, é a redução no consumo de combustível em até 5% e, consequentemente, dos custos operacionais e das emissões de poluentes.

Mas a Volvo CE atua também na área de engenharia avançada para determinadas máquinas em determinadas operações, com o objetivo contínuo de desenvolver novos produtos que reduzam emissões e o consumo de combustíveis.

Esforço da Volvo Construction Equipment pelo meio ambiente é global e inclui o Brasil – A Volvo CE desenvolve programas para reduzir o impacto ao meio ambiente de seus produtos e instalações em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde produz os mais avançados equipamentos de construção da marca. “Respeitar o meio ambiente e promover a sustentabilidade nas suas fábricas em todo o mundo são objetivos permanentes da Volvo”, afirma Carolina Bedran, coordenadora de meio ambiente da Volvo.

“São vários projetos executados em diferentes países”, diz Carolina, citando como exemplo um programa implementado na fábrica da Volvo CE de Shippensburg, nos Estados Unidos. Batizado de Energy Treasure Hunt (Caça ao Tesouro pela Energia), consiste basicamente em identificar oportunidades de baixo custo para melhorias no gasto de energia nas instalações industriais, sem perder a produtividade ou a qualidade nos processos.

O programa busca por lugares na fábrica onde a energia e o gasto financeiro podem ser diminuídos apenas com pequenas mudanças, como a localização de pequenos vazamentos de ar comprimido e alterações na iluminação durante horários ociosos. “Pequenas mudanças podem significar grandes economias”, observa Carolina. No caso de Shippensburg, descobriu-se que estas ações poderiam representar até 12% dos custos com energia na planta.

A Volvo tem sido pioneira em programas ambientais no setor onde atua. A fábrica da Volvo CE na cidade sueca de Braas, por exemplo, foi a primeira instalação a alcançar, em dezembro de 2013, a neutralidade em emissões de gás carbônico, usando agora apenas energia renovável. Especializada em caminhões articulados, esta unidade é movida por energias eólica, biomassa e geração hidráulica. “São energias limpas, que não contribuem para o efeito estufa”, observa Carolina.

Brasil – O Brasil também tem uma série de ações ambientais. A fábrica da Volvo CE em Pederneiras, no interior de São Paulo, tem uma equipe inteira de engenheiros e técnicos com um trabalho voltado para aumentar a eficiência energética das instalações, ao mesmo tempo que atuam na redução das emissões de gases poluentes.

“Somente de 2013 até agora, a unidade brasileira da Volvo CE já aumentou em cerca de 25% sua eficiência energética e em 8% a neutralidade de CO2”, declara Bruno Campos, chefe de valores corporativos da fábrica de Pederneiras. Instalação de timers nas máquinas e sky lights para aproveitamento de luz natural, lâmpadas mais eficientes, otimização de compressores e levantamento dos grandes “vilões” de consumo de cada área são algumas das principais ações introduzidas para aumentar a eficiência energética.

Paralelamente, a equipe vem implementando um programa para, inversamente, reduzir as emissões de gases. São também inúmeras ações, que vão desde a eliminação do querosene dos processos produtivos, passando pela otimização de estufas, até a troca de tinta, que permitiu reduzir a temperatura de secagem.

A fábrica brasileira da Volvo Construction Equipment acaba de completar 40 anos. Com um dos maiores índices de qualidade do Grupo Volvo e reconhecida internacionalmente por seus projetos inovadores, a planta é atualmente um dos principais elos do sistema industrial global da corporação. Única unidade fabril da Volvo CE na América Latina, produz carregadeiras, motoniveladoras, caminhões articulados, escavadeiras, retroescavadeiras e compactadores de solo.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão