sexta-feira, 1 março , 2024
28 C
Recife

Fikadika Auto | Carros Flex, você ainda tem dúvidas?

Após 12 anos do lançamento do primeiro veículo Flexível no Brasil, ainda existem duvidas a respeito desta tecnologia por parte dos usuários. Achei interessante nesta edição da coluna FIKADIKAAUTO retomar as dúvidas mais comuns que ainda pairam a respeito desta tecnologia.

O QUE EXATAMENTE É A TECNOLOGIA FLEXÍVEL OU BI COMBUSTÍVEL?

É a tecnologia que permite ao consumidor optar pelo abastecimento do seu veículo com Etanol ou Gasolina ou ainda qualquer mistura entre estes combustíveis. O veículo reconhece o combustível em uso e regula o motor para funcionar com a mistura escolhida, garantindo a melhor performance e economia de combustível dentro dos limites legais de emissões.

COMO FUNCIONA?

A mistura de combustível e ar que esta sendo queimada no interior do motor passa na forma de gases queimados por um sensor de oxigênio (presente em todos os carros com injeção eletrônica) instalado no escapamento do veículo.

A quantidade de oxigênio restante nos gases de escapamento é diferente se estamos utilizando Etanol ou Gasolina e em função desta característica o sensor de oxigênio envia sinais para o modulo eletrônico de controle do motor, que baseado na quantidade de oxigênio, gera através de um software desenvolvido para veículos Flex parâmetros de regulagem para o motor, gerenciando, por exemplo: a quantidade de combustível a ser utilizada e o momento exato para ser gerada a ignição da vela (Ponto do motor).

O modulo eletrônico, é quem comanda o funcionamento de todo o motor utilizando os vários dados recebidos, como por exemplo: o quanto o motorista esta exigindo do veículo (Posição do pedal do acelerador), a rotação do motor (Sensor de rotação), a temperatura ambiente e da água do motor (Sensores de temperatura), a altitude que o veículo se encontra (Sensor de pressão), entre outros dependendo da sofisticação do veículo (Comandos variáveis, Turbina, etc.).

Dependendo do combustível utilizado Etanol ou Gasolina, ou qualquer mistura intermediaria entre eles, o modulo de controle eletrônico baseado nas informações recebidas dos sensores instalados no motor e escapamento modificará os parâmetros para que o veículo obtenha a melhor performance e consumo com aquele combustível, sempre mantendo o veículo dentro de limites legais de emissões de poluentes.

No mercado já existem veículos equipados com “sensores de combustível”, que são dispositivos instalados nas linhas de combustível que alimentam o motor efetuando a leitura direta da mistura (Etanol / Gasolina) antes da queima. Veículos equipados com sistemas de injeção de combustível mais sofisticada (Injeção direta) ou com Turbinas fazem com que o uso deste tipo de sensor seja mandatório. O Custo deste sensor, ainda alto, faz com que ele não esteja presente em 100 % dos veículos Flex.

PODE-SE MISTURAR ETANOL E GASOLINA NO TANQUE?

Sim, é possível misturar os dois combustíveis no tanque (Etanol e Gasolina) não sendo necessário esperar que um acabe para se abastecer com outro. O sistema foi projetado para trabalhar com qualquer mistura entre esses combustíveis. Se desejar o usuário pode utilizar só um dos dois combustíveis durante toda a vida do veículo.

PRECISO MANTER O RESERVATÓRIO DE PARTIDA A FRIO SEMPRE CHEIO DE GASOLINA?

Se o usuário optar por usar gasolina no tanque principal, não há a necessidade de se manter gasolina no reservatório de partida a frio, pois esta gasolina nunca será utilizada, envelhecendo e entupindo as mangueiras. Caso o usuário opte pelo uso do etanol no tanque principal é recomendado abastecer o reservatório com gasolina, de preferencia aditivada, para efetuar a partida do veículo em dias frios (< 18°C aproximadamente).

Alguns veículos não requerem abastecimento de gasolina em tanques de partida a frio, pois utilizam de sistemas de aquecimento de combustível (Etanol) ao invés de injeção de gasolina durante a partida em dias frios. Estes sistemas sem duvida são uma vantagem, fruto da tecnologia nacional que desenvolveu sistemas, que não mais dependem dos usuários evitando que estes se esqueçam de abastecer um tanque extra com gasolina para ser utilizado em alguns períodos do ano.

Lembramos que se o Etanol contiver em sua mistura um volume acima de 15 % de gasolina, também não será necessária à adição de gasolina em um tanque extra, pois essa quantidade de gasolina misturada ao Etanol é suficiente para partir os motores nos dias mais frios do ano.

Sempre é interessante ressaltar que não existe problema algum em se manter o Tanquinho totalmente vazio durante o uso do carro.

É VERDADE QUE OS PRIMEIROS ABASTECIMENTOS DEVEM SER FEITOS SEMPRE COM GASOLINA?

O primeiro e todos os abastecimentos subsequentes podem ser feitos com qualquer combustível, Etanol ou Gasolina ou ainda qualquer mistura entre esses dois combustíveis em qualquer proporção.

É PRECISO ALTERNAR OS COMBUSTIVEIS A CADA ABASTECIMENTO?

O veículo pode ser abastecido a qualquer momento com qualquer quantidade de combustível (Etanol ou Gasolina). Cabe ao usuário esta decisão, que normalmente é feita baseado na economia que cada combustível pode trazer.

Os veículos foram desenvolvidos para utilizar um só dos combustíveis durante toda a vida do veículo se assim desejar o proprietário. A vantagem de se ter um veículo Flex é poder utilizar do combustível que proporcionar o melhor custo beneficio a cada quilometro rodado.

Alguns especialistas, entre os quais me incluo, recomendam para usuários que utilizam gasolina constantemente (em veículos Flex), que a cada 10 tanques aproximadamente, utilizem um tanque de etanol. Esta recomendação prende-se ao fato, do etanol ter poder detergente sobre os resíduos da gasolina queimada (borras) efetuando a limpeza do motor.

COM A CHEGADA DO INVERNO É PREFERÍVEL USAR GASOLINA?

Em dias muito frios, temperaturas abaixo de 18 °C, se o veículo estiver abastecido com Etanol, é importante garantir a presença de gasolina no reservatório de partida a frio. Afora isto não há uma recomendação de qual combustível utilizar. A decisão de qual combustível utilizar é puramente econômica e cabe ao usuário.

QUANDO ABASTEÇO COM ETANOL TENHO DE ESQUENTAR O MOTOR DE MANHÃ ANTES DE SAIR DE CASA.

Após dar a partida o usuário pode sair “rodando” normalmente com o veículo. Com as tecnologias eletrônicas e principalmente de óleos lubrificantes atuais, não há mais a necessidade de aquecer os motores antes de sair. Recomenda-se apenas que nos primeiros minutos (1 a 2) evitar arrancadas e acelerações bruscas, não em função do combustível utilizado, mas sim para dar o tempo necessário para que o óleo atinja todas as partes do motor.

NA ESTRADA É MAIS VANTAGEM ABASTECER COM GASOLINA?

A gasolina permite maior autonomia do veículo (possibilidade de percorrer maior numero de quilômetros com um tanque de gasolina) do que o etanol. Se optar por menor número de paradas para reabastecimentos durante sua viagem utilize gasolina. Caso contrario, mais uma vez quem manda é a lei da economia observando-se a diferença entre o preço do litro do etanol e da gasolina.

SEMPRE ABASTECI COM ETANOL ISSO PODE ME CAUSAR ALGUM PROBLEMA?

Os motores flexíveis foram projetados para funcionar com qualquer quantidade de Etanol ou gasolina ou qualquer mistura entre eles. Testes de durabilidade e validação de motores nos fabricantes são efetuados com cada um dos combustíveis separadamente e com misturas entre eles.

O FLEXÍVEL FICA MAIS POTENTE QUANDO ABASTECIDO SÓ COM ETANOL?

Em geral sim, já que o Etanol tem maior eficiência energética se comparado à gasolina, este efeito é melhor percebido em motores maiores. A regra geral é maior performance e maior consumo! Se abastecido com Etanol

A MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS FLEX É MAIS CARA DO QUE UM VEÍCULO CONVENCIONAL?

O custo de manutenção é o mesmo que o de motores a gasolina ou a Etanol. Os componentes e mão de obra utilizados em veículos Flexível são exatamente os mesmos de um veículo convencional a gasolina ou exclusivamente a Etanol.

QUANTO MAIS ETANOL NA MISTURA, MAIOR O CONSUMO?

O poder calorifico da gasolina, ou seja, a energia que é liberada na combustão, da gasolina é maior que a do Etanol. Quanto menos gasolina na mistura, maior será o consumo do veículo. Por outro lado, a eficiência energética do Etanol é maior o que significa que o desempenho do motor com etanol é melhor.

COMO CALCULO SE É VANTAGEM UTILIZAR ETANOL OU GASOLINA?

Um veículo abastecido a etanol consome em media 30 % a mais do que o mesmo veículo quando abastecido com gasolina. Isto se dá em função da diferença do poder calorifico entre os dois combustíveis que geram mais ou menos energia. Este número de % consumo é uma media entre os vários modelos de veículos vendidos no mercado.

Ao abastecer, deve-se observar a diferença de custo ente o litro do Etanol e da Gasolina. Se a diferença entre eles der uma vantagem de mais de 30 % recomenda-se o uso de Etanol.

Hoje existem vários Apps gratuitos disponíveis para Android e Iphone que te indicam, baseados nos 30 % de diferença qual o melhor combustível para se utilizar. Basta introduzir o valor do litro de cada combustível e o App te indica qual o melhor combustível a ser utilizado.

Para motoristas mais exigentes, recomenda-se utilizar os dois combustíveis em seus veículos anotando-se o consumo com Etanol e Gasolina exclusivamente (Só deve ter certeza que está utilizando somente gasolina ou Etanol e não misturas intermediarias). Com estes dados em mãos, o motorista poderá calcular o seu divisor que poderá variar de 35 % a 25 %%. O site do IMETRO também divulga o consumo dos veículos (Dados de fabrica) para cada modelo de veículo, onde o usuário poderá calcular o divisor para o seu modelo de veículo a partir dos dados de fabrica. Estes dados de consumo também são parte integrante dos manuais dos proprietários dos veículos.

POSSO UTILIZAR ADITIVOS DE COMBUSTÍVEL EM MOTORES FLEXÍVEIS?

Os aditivos tem características especificas e diferentes para cada um dos combustíveis. Aditivos para gasolina tem a característica de detergente e auxiliam na limpeza dos componentes do motor. Já os combustíveis para Etanol auxiliam evitar a formação de Gel dentro do tanque de combustível e dos componentes (Característica do Etanol).

Aditivos podem ser utilizados, desde que não se utilize aditivos de Etanol na Gasolina e vice e versa. O Etanol pode ser adicionado a Gasolina aditivada sem maiores problemas.

Henrique Basilio Pereira

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn