segunda-feira, 26 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Leandro Totti conquista tricampeonato da Fórmula Truck 2015

Paulo Salustiano venceu a décima e última etapa da temporada da Fórmula Truck, disputada na tarde deste domingo no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, Paraná. Apesar do excelente resultado – foi sua quarta vitória na categoria – ele não conseguiu evitar o tricampeonato de Leandro Totti, que fez dois pontos a mais (369 a 367) na tabela de classificação.

Felipe Giaffone, o terceiro piloto que brigava pelo título, terminou em segundo lugar e encerrou em terceiro a 20ª temporada da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul. Com os resultados da prova final, a MAN Latin América (Volkswagen) conquistou o título entre as marcas, com a Mercedes-Benz em segundo.

Logo na volta inicial da primeira fase, Salustiano superou o pole position Giaffone e manteve a ponta até o final. Totti, que largou em quarto lugar, ultrapassou Diogo Pachenki e Giaffone e marcou fundamentais pontos para a conquista.

Na segunda fase, Giaffone retomou o segundo lugar de Totti e em vários momentos fez pressão sobre Salustiano, que mostrou muita maturidade para se manter na frente.

Quando faltavam cerca de seis minutos para o encerramento, André Marques escorregou no óleo, bateu forte na proteção de pneus e seu MAN TGX capotou.

Em mais uma demonstração da excelente segurança oferecida pelos caminhões da Fórmula Truck, André deixou, sozinho, o cockpit sem qualquer problema. O acidente levou a direção de prova a determinar a entrada do caminhão de segurança e, devido à falta de tempo, a prova foi encerrada com bandeira amarela. Totti já tinha sido campeão em 2012 e 2014.

Resultado da primeira fase da décima e última etapa da Fórmula Truck:

1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 27min04s7996
2º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a 9s0510
3º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a 10s2460
4º) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, a 11s4108
5º) David Muffato (Scania), Muffatão Racing, a 14s4749
6º) Adalberto Jardim (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a 20s4272
7º) Débora Rodrigues (Volkswagen Constellation – MAN), RM Competições, a 29s0195
8º) André Marques (MAN TGX), RM Competições, a 29s5686
9º) Djalma Fogaça (Ford), DF Racing Fans, a 32s0974
10º) Roberval Andrade (Scania), Corinthians Motorsport, a 40s1218
11º) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 48s0593
12º) Pedro Muffato (Scania), Muffatão Racing, a 55s8676
13º) Rogério Castro (Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 56s2829
14º) Raijan Mascarello (Ford), DF Racing Fans, a 56s6511
15º) Régis Boessio (Volvo), Boessio Competições, a 57s6170
16º) Jaidson Zini (Iveco), Dakar Motorsport, a 58s7570
17º) Beto Monteiro (Iveco), Lucar Motorsports, a 1 volta
18º) Alex Fabiano (Volvo), Clay Truck Racing, a 1 volta
19º) Fabiano Brito (Scania) Max Power Racing Team, a 9 voltas

Melhor volta: David Muffato, 1min45s6423, média de 107,2 km/h

Resultado da segunda fase da décima e última etapa da Fórmula Truck:

1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 25min04s6144
2º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a 3s9048
3º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a 5s3266
4º) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, a 9s8974
5º) David Muffato (Scania), Muffatão Racing, a 11s0793
6º) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 12s0182
7º) Débora Rodrigues (Volkswagen Constellation – MAN), RM Competições, a 12s5875
8º) Pedro Muffato (Scania), Muffatão Racing, a 13s1568
9º) Jaidson Zini (Iveco), Dakar Motorsport, a 15s6145
10º) Roberval Andrade (Scania), Corinthians Motorsport, a 16s1961
11º) Raijan Mascarello (Ford), DF Racing Fans, a 16s3303
12º) Rogério Castro (Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 20s0751
13º) Régis Boessio (Volvo), Boessio Competições, a 22s7755
14) Adalberto Jardim (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, a 2 voltas
15º) André Marques (MAN TGX), RM Competições, a 2 voltas
16º) Djalma Fogaça (Ford), DF Racing Fans, a 4 voltas
17º) Alex Fabiano (Volvo), Clay Truck Racing, a 6 voltas
18º) Fabiano Brito (Scania) Max Power Racing Team, a 10 voltas

Melhor volta: Felipe Giaffone, 1min39s7485

Pontuação final dos dez primeiros do campeonato de pilotos

1) Leandro Totti (campeão), 369 pontos
2) Paulo Salustiano, 367
3º) Felipe Giaffone, 360
4) Diogo Pachenki, 275
5) Djalma Fogaça, 269
6) André Marques, 268
7) Wellington Cirino, 243
8) David e Pedro Muffato, 193
9) Jaidson Zini, 179
10) Raijan Mascarello, 178

Campeonato de Marcas

1) MAN, 833
2) Mercedes-Benz, 768
3) Ford, 473
4) Scania, 472
5) Iveco, 391
6) Volvo, 229

Cobertura em tempo real da última etapa da Fórmula Truck 2015 – Londrina, 06 de dezembro de 2015.

Grid de largada da décima e última etapa da Fórmula Truck:

1º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, 1min35s5930, média de 118,4 km/h
2º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 1min35s8337
3º) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, 1min36s3941
4º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, 1min36s6763
5º) André Marques (MAN TGX), RM Competições, 1min36s8416
6º) Roberval Andrade (Scania), Corinthians Motorsport, 1min36s8846
7º) David Muffato (Scania), Muffatão Racing, 1min37s1083
8º) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 1min37s6344
9º) Adalberto Jardim (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, 1min37s8356
10º) Rogério Castro (Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1min38s5105

Pilotos que não se classificaram para o Top Qualifiyng

11º) Débora Rodrigues (Volkswagen Constellation – MAN), RM Competições, 1min37s7960
12º) Régis Boessio (Volvo), Boessio Competições, 1min38s2750
13º) Djalma Fogaça (Ford), DF Racing Fans, 1min38s6013
14º) Jaidson Zini (Iveco), Dakar Motorsport, 1min38s7490
15º) Pedro Muffato (Scania), Muffatão Racing, 1min39s2774
16º) Raijan Mascarello (Ford), DF Racing Fans, 1min39s5907
17º) Alex Fabiano (Volvo), Clay Truck Racing, 1min39s6748
18º) Beto Monteiro (Iveco), Lucar Motorsports, 1min41s5145
19º) Fabiano Brito (Scania) Max Power Racing Team, 2min02s0049

A largada da última etapa que marca a vigésima temporada da Fórmula Truck foi dada em bandeira amarela em função da chuva em Londrina. Após as duas primeiras voltas o pace truck seguiu para o boxe e começa pra valer a corrida.

Primeira volta: pressão de Salustiano sobre Giaffone, briga não apenas pelo primeiro lugar, mas pelo título da temporada. Salustiano ultrapassa Giaffone ao completar a volta. Os quatro primeiros são:

1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º)Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck
4º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

Faltando 50 minutos para o término da corrida e com manobra arriscada, por fora, Totti força e ultrapassa Pachenki. Agora os três postulantes ao título nas três primeiras posições, mostrando como o campeonato foi equilibrado e justo.

1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

4º) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck

Com 15 minutos de prova as três primeiras posições continuam inalteradas. Com isso o título está com Leandro Torri, o vice com Salustiano e Giaffone com o terceiro lugar no campeonato 2015.

1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

Salustiano, Totti e agora Giaffone, alternam o tempo de melhor volta da corrida, que garante 1 ponto extra ao mais veloz da etapa. Com 1:47:257, Salustiano volta a fazer a volta mais rápida da corrida.

Faltando 40 minutos, Totti, na freada do radar arrisca e consegue a ultrapassagem em cima de Giaffone, assumindo a segunda posição na prova e ficando ainda mais líder para conquistar o título.

1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

Faltando 35 minutos Totti escapa e perde a segunda posição. Ainda na mesma volta o paranaense consegue boa recuperação e ultrapassa com facilidade Giaffone.

Faltando 32 minutos termina a primeira fase da corrida, vitória para Salustiano.

Os três primeiros são:
1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

No campeonato não muda. Totti (349) vai conquistando o título, com Salustiano (342)  em segundo e Giaffone (327) em terceiro.

Continuando o campeonato dessa forma, Leandro Totti corre na busca pelo tricampeonato brasileiro da Fórmula Truck.

CONFIRA TODOS OS CAMPEÕES E VICES DA FÓRMULA TRUCK:

Brasileiro 2014 – Leandro Totti (vice: Felipe Giaffone)
Caminhão: MAN – Volkswagen

Sul-Americano 2014 – Leandro Totti (vice: Felipe Giaffone)
Caminhão: MAN – Volkswagen

Brasileiro 2013 – Beto Monteiro (vice: Leandro Totti)
Caminhão: Iveco

Sul-Americano 2013 – Beto Monteiro (vice: Leandro Totti)
Caminhão: Iveco

Brasileiro 2012 – Leandro Totti (vice: Felipe Giaffone)
Caminhão: Mercedes-Benz

Sul-Americano 2012 – Leandro Totti (vice:Beto Monteiro)
Caminhão: Mercedes-Benz

Brasileiro 2011 – Felipe Giaffone (vice: Geraldo Piquet)
Caminhão: Volkswagen

Sul-Americano 2011 – Felipe Giaffone (vice: Danilo Dirani)
Caminhão: Volkswagen

Brasileiro 2010 – Roberval Andrade (vice: Felipe Giaffone)
Caminhão: Scania

Sul-Americano 2010 – Roberval Andrade (vice: Felipe Giaffone)
Caminhão: Scania

2009 – Felipe Giaffone (vice: Valmir Benavides)
Caminhão: Volkswagen

2008 – Wellington Cirino (vice: Geraldo Piquet)
Caminhão: Mercedes-Benz

2007 – Felipe Giaffone (vice: Roberval Andrade)
Caminhão: Volkswagen

2006 – Renato Martins (vice: Vinicius Ramires)
Caminhão: Volkswagen

2005 – Wellington Cirino (vice: Roberval Andrade)
Caminhão: Mercedes-Benz

2004 – Beto Monteiro (vice: Wellington Cirino)
Caminhão: Ford

2003 – Wellington Cirino (vice: Renato Martins)
Caminhão: Mercedes-Benz

2002 – Roberval Andrade (vice: Wellington Cirino)
Caminhão: Scania

2001 – Wellington Cirino (vice: Renato Martins)
Caminhão: Mercedes-Benz

2000 – Jorge Fleck (vice: Renato Martins)
Caminhão: Volvo

1999 – Jorge Fleck (vice: Renato Martins)
Caminhão: Volvo

1998 – Osvaldo Drugovich Júnior (vice: Renato Martins)
Caminhão: Scania

1997 – Osvaldo Drugovich Júnior (vice: Renato Martins)
Caminhão: Scania

1996 – Renato Martins (vice: Sérgio Drugovich)
Caminhão: Scania

Largada da segunda fase da Fórmula Truck 2015!

Os três primeiros são:
1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

Faltando 23 minutos Giaffone ultrapassa Totti e volta a ser o segundo na corrida. Giaffone vem rápido para cima de Salustiano.

Faltando 22 minutos, quebra o caminhão do pernambucano Beto Monteiro.

Giaffone mostra que estava economizando caminhão para a etapa final da corrida. Até mesmo o chefe de equipe Renato Martins blefou ao dizer que o caminhão de Giaffone tinha problema de tração. Logo após a largada, o ganho de ritmo de Giaffone é visível.

Mesmo em segundo, Giaffone não muda no campeonato:

Classificação da corrida faltando 18 minutos para o término:
1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

Faltando 10 minutos, a disputa continua da mesma forma.

O Mecânica Online® realizou a cobertura de todas as provas da Temporada 2015 da Fórmula Truck, 20 anos. Veja como foi a disputa do campeonato:

RESULTADOS DA TEMPORADA

CARUARU – Vencedor – Felipe Giaffone; pole Felipe Giaffone; melhor volta 1 – Felipe Giaffone; melhor volta 2 – Felipe Giaffone

CAMPO GRANDE – Vencedor – Leandro Totti; pole – Felipe Giaffone; melhor volta 1 – Leandro Totti; melhor volta 2 – Leandro Totti

LONDRINA 1 – Vencedor – Felipe Giaffone; pole – Felipe Giaffone; melhor volta 1 – Felipe Giaffone; melhor volta 2 – Felipe Giaffone

VELOPARK – Vencedor – Paulo Salustiano; pole – Paulo Salustiano; melhor volta 1 – Paulo Salustiano; melhor volta 2 – Paulo Salustiano

GOIÂNIA – Vencedor – Felipe Giaffone; pole Leandro Totti; melhor volta 1 – Leandro Totti; melhor volta 2 – Leandro Totti

SANTA CRUZ DO SUL – Vencedor – Paulo Salustiano; pole – Paulo Salustiano; melhor volta 1 – Paulo Salustiano; melhor volta 2 – Paulo Salustiano

CURITIBA – Vencedor Leandro Totti; pole – Felipe Giaffone; melhor volta 1 – Paulo Salustiano; melhor volta 2 – Leandro Totti

GUAPORÉ – Vencedor Wellington Cirino; pole – Djalma Fogaça; melhor volta 1 – André Marques; melhor volta 2 – Djalma Fogaça

CASCAVEL – Vitória – Felipe Giaffone; pole – Felipe Giaffone; melhor volta 1 – Felipe Giaffone; melhor volta 2 – David Muffato

Faltando 6 minutos, PACE TRUCK na pista, bandeira amarela. O motivo? Óleo na pista. Débora, Cirino, André Marques rodam devido o óleo na pista;

Faltando 5 minutos, mesmo em bandeira amarela, André Marques sai da pista, bate e capota com seu caminhão.

No campeonato não muda. Totti (369) vai conquistando o título, com Salustiano (367)  em segundo e Giaffone (360) em terceiro.

Em bandeira amarela, termina a última etapa da Fórmula Truck 2015.

Classificação final da segunda parte da corrida:
1º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz;
2º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições
3º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições

Leandro Totti campeão Brasileiro da Fórmula Truck 2015!

No campeonato concluímos com Leandro Totti (369) campeão, Salustiano (367)  em segundo e Giaffone (360) em terceiro. Pachenki, Fogaça, Marques, Cirino, Pedro Muffato, David Muffato, Jaidson Zini (178) completam os 10 primeiros.

Vitória da MAN Latin América, Mercedes (2º), Scania (3º), Ford (4º), Iveco (5º) e Volvo completam o campeonato de Marcas.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn