sábado, 13 julho , 2024
28 C
Recife

HERE apresenta protocolo padrão de troca de dados para carros autônomos

Imagine se os veículos pudessem trocar informações sobre trânsito, condições e informações das vias, tornando a direção autônoma mais próxima da realidade?

- Publicidade -

É para isso que a HERE, referência mundial em sistemas de localização em nuvem, está trabalhando. A empresa acaba de desenvolver uma proposta de interface universal para a troca de dados entre veículos autônomos, denominada SENSORIS.

Trata-se de um protocolo padrão para envio e recebimento de informações coletadas por sensores de automóveis, independente da marca. Desta forma, é possível criar uma grande rede de dados sobre a situação do tráfego e das vias, com atualização em tempo real, que irá informar e conectar os futuros carros autônomos.

A nova tecnologia pode tornar o tráfego mais seguro.

“Se um carro frear bruscamente por conta de alguma obstrução na via, essa informação pode ser utilizada para alertar os motoristas que estão atrás, permitindo que eles reduzam a velocidade a tempo. Isso diminui os riscos de acidentes e torna a direção mais eficiente”, explica Dietmar Rabel, Head da área de Produtos de Direção Autônoma da HERE.

- Publicidade -

“Nosso objetivo sempre foi encontrar um protocolo específico que seja aberto, acessível a todos globalmente”, acrescenta Dietmar.

O projeto SENSORIS foi iniciado pela HERE em junho de 2015, quando a companhia publicou a primeira plataforma aberta para processamento e análise de dados.

Agora, a tecnologia foi apresentada à ERTICO – ITS Europe, uma associação de cerca de 100 empresas e instituições, comprometidas com o desenvolvimento de sistemas de transporte inteligentes.

Até o momento, 11 companhias já aderiram à plataforma SENSORIS, sob a coordenação da ERTICO: AISIN AW, Bosch, Continental, Daimler, Elektrobit, HARMAN, HERE, LG Electronics, NavInfo, PIONEER e TomTom.

“Definir uma interface padrão para a troca de informações entre os sensores dos veículos e de dados na nuvem permitirá amplo acesso, entrega e processamento de dados, enriquecendo os serviços de localização. Esta é a chave para serviços de mobilidade e para a direção autônoma”, diz Hermann Meyer, CEO da ERTICO.

- Publicidade -

A associação tem em seu histórico casos bem-sucedidos de desenvolvimento de padrões mundialmente adotados, relativos a futuras tecnologias automotivas e de transporte.

Para Dominique Bonte, diretor geral e vice-presidente da B2B ABI Research, consultoria especializada em pesquisa e desenvolvimento de soluções de conectividade e inovação para o mercado B2B, o SENSORIS promove o intercâmbio no setor automobilístico e permite a criação de soluções inteligentes de mobilidade.

“A tecnologia reforça a promessa da direção autônoma de alta precisão e com capacidade de mapeamento em tempo real, oferecendo informações instantâneas sobre tráfego, meteorologia, locais de estacionamento etc”.

A HERE acredita que o compartilhamento de dados de milhões de veículos será a chave para a direção totalmente autônoma, garantindo que cada carro tenha informações quase em tempo real das condições da estrada e dos possíveis perigos, permitindo melhores decisões.

A companhia também está desenvolvendo a tecnologia de localização em nuvem necessária para detectar e processar as mudanças no mapa de condução à medida em que elas acontecem, em escala industrial e com alta qualidade.

A HERE trabalha para estabelecer a infraestrutura primordial para alocar os dados dos sensores veiculares, que, no futuro, serão processados nesta plataforma.

Para mais informações sobre o SENSORIS e outras tecnologias, a HERE disponibiliza o blog HERE 360.

 

Matérias relacionadas

Clínica de Serviços Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança