segunda-feira, 17 junho , 2024
28 C
Recife

BMW Group usa realidade aumentada na criação de protótipos

O BMW Group está usando uma nova ferramenta de realidade aumentada (RA) no desenvolvimento de novos conceitos e protótipos, acelerando o processo de criação em até doze meses.

- Publicidade -

Os óculos de realidade aumentada permitem que geometrias reais – na carroceria de um veículo, por exemplo – sejam sobrepostas a modelos 3D holográficos em escala, de modo que uma variedade de conceitos e processos de montagem para novos veículos possam ser avaliados de maneira flexível e econômica.

Michael Schneider, Head de Veículos Completos na Planta-piloto, afirma: “Os óculos de realidade aumentada e os desenhos assistidos por computador (CAD) nos permitem descobrir muito mais rapidamente se o colaborador na linha de produção será capaz de ajustar o componente adequadamente, quando chegar o momento da produção em série. Deste modo, precisamos de muito menos testes”.

Christoph Leibetseder, Head de Digitalização, Protótipos e Novas Tecnologias, acrescenta: “Outra vantagem importante é que isso nos economiza tempo e recursos quando integramos novos veículos à produção”.

Conceitos visualizados em 3D – Os veículos e seus componentes são visualizados em uma plataforma vinculada ao sistema de gerenciamento de dados de produtos do BMW Group.

- Publicidade -

Os arquivos CAD dos respectivos componentes são transferidos do banco de dados para os óculos de realidade aumentada, para que então os especialistas da BMW possam utilizá-los para reproduzir dados em 3D em seu tamanho original e em um ambiente realista.

O aplicativo é controlado manualmente, permitindo a interação direta com os componentes virtuais.

Por intermédio do aplicativo, um simples movimento da mão é suficiente para modificar não apenas o tamanho, mas também a posição e o ângulo dos componentes.

Além disso, seções transversais podem ser criadas para fornecer uma visão das estruturas internas do veículo.

Outra vantagem é o trabalho colaborativo: pessoas em diferentes locais ao redor do mundo agora podem empregar o modo multiusuário para formar equipes e revisar projetos e conceitos juntos e identificar eventuais erros.

- Publicidade -

Colaboração com startup e organização de pesquisa – Como parte desse projeto, o BMW Group está trabalhando com uma startup com sede em Munique e uma organização de pesquisa.

O trabalho de desenvolvimento e teste-piloto do primeiro aplicativo de realidade aumentada começou há um ano na Planta-piloto de veículos do BMW Group em Munique.

O desenvolvimento de pesquisa e da metodologia concentra-se em visualizações baseadas em nuvem e reconhecimento de objetos inteligentes.

Centro de Competência do BMW Group – A Planta-piloto do BMW Group está localizada no Centro de Pesquisa e Inovação em Munique, com três outras instalações associadas ao norte da cidade, em Hallbergmoos, Oberschleissheim e Garching.

Compreende uma área total de 100 mil m2 e abriga 850 colaboradores, que atuam em até seis projetos simultaneamente. Assim como as plantas em série, a Planta-piloto pode desenvolver tanto protótipos elétricos quanto movidos a combustão.

Como interface entre o desenvolvimento e a produção, a Planta-piloto permite que produtos e processos de montagem sejam refinados até a transferência para as fábricas regulares onde são aplicados na produção em série.

A Planta-piloto compreende uma oficina, bem como unidades de montagem, protótipo e construção de carros-conceito, além do Centro de Fabricação de Aditivos e um Centro de Excelência para impressão 3D.

Matérias relacionadas

Site oficial de ofertas Chevrolet

Mais recentes

Ofertas Peugeot 208

Destaques Mecânica Online

Fiat Toro

Avaliação MecOn

SACHS - Versátil, abrangente e convincente