sexta-feira, 19 julho , 2024
28 C
Recife

Curitiba tem o primeiro ônibus rodoviário 100% elétrico

Em parceria inédita com as empresas BYD, Marcopolo e Expresso Princesa dos Campos, a Embarca se torna a primeira plataforma do Brasil a trazer ônibus rodoviário intermunicipal 100% elétrico.

A cidade de Curitiba, no Paraná, foi escolhida para circulação dos testes que terão início no dia 24 de agosto e seguirão até 22 de novembro/21.

- Publicidade -

Com autonomia de 250 quilômetros e capacidade para 44 passageiros sentados, o modelo rodoviário elétrico fará o trecho entre Curitiba e Ponta Grossa (PR).

Atualmente, o Brasil ocupa o quarto lugar no ranking de países com mais ônibus elétricos, segundo o monitor E-bus Radar, elaborado pelo Labmob, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

A tendência é que o número de ônibus elétricos cresça ainda mais até 2030, aponta o relatório da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica. Os ônibus elétricos representam mais um grande aliado para a redução de poluentes locais e de gases causadores do efeito estufa.

- Publicidade -

Para o CEO da Embarca, Felipe Gulin, esse é um momento muito especial sendo a primeira iniciativa no transporte rodoviário intermunicipal em prol da mobilidade urbana e da sustentabilidade.

“Com esse projeto, seremos a primeira plataforma tecnológica a operar ônibus elétrico no país. O nosso compromisso é desenvolver soluções, pensando sempre no futuro das gerações, sendo assim, buscamos trazer opções cada vez mais sustentáveis, que atendam as necessidades de demanda dos clientes, promovendo experiências digitais únicas”, comenta o executivo.

Características do ônibus elétrico – Neste projeto, a estrutura é constituída por materiais de alta resistência a torção e a flexão.

- Publicidade -

Os freios a disco regenerativos com sistema ABS proporcionam maior segurança e autonomia ao veículo.

O modelo BYD D9F, com carroceria Viaggio 1050, possui até 300 quilômetros de autonomia e a recarga total (0% a 100%) se dá num período de até quatro horas.

Esse é o primeiro veículo desta categoria no Brasil destinado às operações de fretamento de curtas e médias distâncias.

O Chassis BYD D9F é utilizado para aplicação em carrocerias com até 13,2 metros de comprimento. O motor BYD-2912TZ-XY-A, de 250 KW está integrado às rodas do eixo traseiro, contando com um módulo de controle eletrônico de tração.

Matérias relacionadas

Ofertas Peugeot 208

Mais recentes

Clínica de Serviços Chevrolet

Destaques Mecânica Online

Com a Volvo rumo ao Zero Acidentes – Itapemirim

Avaliação MecOn

FIAT na mão