domingo, 14 abril , 2024
28 C
Recife

Ducati traz ao Brasil a Panigale V4 SP

São apenas duas unidades superexclusivas e únicas disponíveis no Brasil.

Um modelo saído diretamente das pistas de corrida. De edição numerada e exclusiva, a primeira unidade da Ducati Panigale SP foi entregue esta semana no Brasil.

- Publicidade -

Lançada em 2021, o modelo traz as iniciais “SP” (Sport Production) na sua carenagem, o que a caracteriza como uma moto superesportiva da Ducati.

Esta abreviação foi apresentada pela primeira vez na lendária Ducati 851, e identifica as versões que formaram a base de desenvolvimento das motos de competição utilizadas no Campeonato de Sport Production, precursor das atuais Superstock.

- Publicidade -

Mesmo hoje, na Ducati, o acrônimo “SP” é usado para reconhecer uma moto de produção com equipamento técnico específico que a torna ainda mais rápida em pista.

“Cada vez mais o cliente brasileiro demonstra interesse pelos modelos Ducati exclusivos, de edição numerada e até mesmo limitada. A Panigale SP é um exemplo de motocicleta de altíssima tecnologia, produzida numa escala menor na qual cada modelo sai com uma numeração de fábrica. Ou seja, o cliente da Ducati Panigale SP pode ter a certeza de que a sua moto é realmente única no mundo”, comenta Daniel Paixão, CEO da Ducati do Brasil.

Consistente com esta filosofia, a Panigale V4 SP difere da Panigale V4 MY21, no esquema de cores específico, na mesa usinada com o número de série da moto gravado, e nos equipamentos projetados para melhorar a sua performance dinâmica quando utilizada em pista.

- Publicidade -

O equipamento específico fornecido na Panigale V4 SP também torna possível reduzir o peso da moto em 1 kg em comparação com a Panigale V4 S, chegando a 173 kg (peso a seco).

Fascinante e puro, o esquema de cores “Winter Test” que caracteriza a moto é inspirado nas motos da Ducati Corse usadas nos testes de pré-temporada dos campeonatos de MotoGP e SBK.

O preto mate das carenagens, combinado com o preto mate do carbono nos aros e aletas, contrasta com os destaques em vermelho vivo e o brilho do alumínio escovado exposto no tanque, concedendo à moto uma imagem verdadeiramente profissional.

Graças ao seu equipamento técnico, a Panigale V4 SP é uma moto de frenagem extraordinária, tal como a leveza ao entrar em inclinação e a tendência para fechar a trajetória.

Um piloto amador na “SP” será mais rápido do que se estivesse pilotando a mais exigente versão “R”.

Eletrônica – A Panigale V4 SP está equipada com um pacote eletrônico top, baseado na utilização da plataforma inercial de 6 eixos da Bosch, que inclui controles para todas as fases da pilotagem. O equipamento eletrônico inclui:

• Bosch EVO Cornering ABS

• Ducati Traction Control EVO 3 (DTC EVO 3)

• Ducati Slide Control (DSC)

• Ducati Wheelie Control EVO (DWC EVO)

• Ducati Power Launch (DPL)

• Ducati Quick Shift up / down EVO 2 (DQS EVO 2)

• Engine Brake Control EVO (EBC EVO)

• Ducati Electronic Suspension EVO (DES EVO)

As duas unidades da Ducati Panigale V4 SP trazidas para o Brasil têm valor unitário comercializado em torno de R$ 550 mil.

Legenda: da esq. para a dir. – Wagner Bonorino (Ducati Florianópolis) e Daniel Paixão (CEO da Ducati do Brasil) com a Panigale SP número 1.099

Matérias relacionadas

Monte seu Fiat Pulse

Mais recentes

Menos combustível, mais Volvo!

Destaques Mecânica Online

SIMPÓSIO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, EMISSÕES E COMBUSTÍVEIS

Avaliação MecOn

TRW - Qualidade de topo para máxima segurança