segunda-feira, 26 fevereiro , 2024
28 C
Recife

Stellantis, CIn-UFPE e FACEPE realizam curso de especialização para formação de profissionais para a indústria automotiva

Curso de residência tecnológica é uma pós-graduação Lato Sensu gratuita realizado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). São oferecidas 60 vagas, distribuídas em 20 para Controls, 20 para Calibration e 20 para Software, com bolsas para os 10 primeiros colocados de cada residência. Inscrições vão até o dia 12 de março.

Stellantis_Residência Tecnológica_A Stellantis, o Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) promovem a segunda rodada do Programa de Residência Tecnológica para formação de profissionais para a indústria automotiva.

O curso de pós-graduação Lato Sensu é gratuito e realizado pela UFPE, sendo destinado aos profissionais formados em Engenharia, que tenham inglês em nível avançado ou fluente.

Serão ofertadas 60 vagas, sendo 30 com bolsas ofertadas para os 10 primeiros colocados em cada linha de atuação. As inscrições podem ser realizadas até 12 de março e as aulas terão início em abril de 2023.

A formação tem duração de seis meses e, nesta nova edição do programa, serão três especializações: Engenharia de Sistemas de Controle de Propulsão para a Indústria Automotiva (Controls); Engenharia de Sistemas de Calibração dos Módulos de Propulsão para a Indústria Automotiva (Calibration) e, a novidade deste ano, a abertura de uma nova especialização em Desenvolvimento de Software para o Setor Automotivo (Software).

Cada área contará com 20 vagas e os 10 primeiros colocados receberão uma bolsa no valor total de R$ 21 mil.

“O objetivo do programa de residência tecnológica é formar profissionais que, ao término do curso, estejam prontos para o mercado de trabalho e com o mais alto nível de conhecimento. É uma oportunidade para pessoas com vontade de trabalhar, de aprender e de mudar de vida. Essa primeira turma do curso foi um sucesso, prova disso é que todos os participantes que tiveram interesse em uma nova oportunidade de trabalho foram contratados”, avalia o gerente de Engenharia Avançada da Stellantis, Toshizaemom Noce, um dos idealizadores do programa.

“Para a segunda turma, conseguimos ampliar o número de vagas, além de acrescentar mais uma especialização, o que permite ampliar o leque de aprendizagem para quem deseja começar nesse mercado automotivo”, completa Noce.

Para Herenilton Henrique Julião, um dos participantes da primeira turma do Programa de Residência Tecnológica, o curso foi umas das experiências que mais acrescentaram profissionalmente. “Aqui no Brasil, procurei cursos parecidos e não encontrei.

A forma como a grade foi montada, com a participação de profissionais experientes de todo o país, que conseguiram passar seu conhecimento para todo o grupo, fez com que aproveitássemos ao máximo a formação. Foram períodos intensos de aprendizado, em que às vezes começávamos às 8h da manhã até o final do dia. Eu considero que a melhor escolha profissional que eu fiz foi participar desse curso de pós-graduação”, pontua.

O programa também é uma opção para quem deseja mudar os rumos da carreira profissional, como aconteceu com o Marco Aurélio Evangelista. “Eu sempre tive vontade de trabalhar nessa área automotiva, mas com a experiência que eu tinha não dava para ingressar no setor. O curso preparou muito bem a gente e agregou bastante conhecimento para entrar nesse mercado de trabalho”, afirma.

Esse aprendizado é relatado também pela participante Andrezza Cavalcanti Carvalho da Silva. “A gente achava que estava bem-preparado para o mercado trabalho antes, mas o curso oferece um norte muito bom porque não fazíamos ideia de muita coisa que aprendemos durante o programa e de forma extremamente direcionada e objetiva, diferente da graduação. Quem tem interesse em trabalhar nesse mercado automotivo, fica deslumbrado com os conhecimentos adquiridos”, ressalta.

As atividades do Programa de Residência Tecnológica se dividem entre cinco meses de aulas teóricas remotas com professores de universidades renomadas na área automotiva UFPE, UFRPE, UnB, UTFPR e UFSC, e um mês de formação prática, podendo ser presencial ou remota, com treinamentos oferecidos pela Stellantis e UFPE.

Informações sobre o curso, processo seletivo e cronograma estão disponíveis neste link: edital.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn