sábado, 2 março , 2024
28 C
Recife

Com 5 dias úteis a mais, transações de veículos usados crescem em março

De acordo com informações da FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, as transações de veículos usados atingiram, em março, 1.307.795 unidades, alta de 32,2% sobre fevereiro e evolução de 9,9% sobre o resultado de março de 2022. No acumulado do ano, a expansão foi de 6,2%.

“A melhora de março era esperada, dada a diferença de dias úteis do mês (23, em março, contra 18, em fevereiro).

No trimestre, as transações acumuladas de usados atingiram níveis pré-pandemia, o que mostra que o mercado vem consumindo mais carros usados, em função do endividamento das famílias, taxas de juros elevadas e restrição de crédito para a aquisição de veículos novos.

Nossa preocupação é que quanto mais a frota envelhece, mais poluição e acidentes são causados”, analisa Andreta Jr., Presidente da FENABRAVE.

Como comparação, em 2019, ano anterior ao início da pandemia, o setor registrou 3.310.171 transações. Em 2023, as trocas de titularidade somam 3.357.290 unidades na comparação dos trimestres de cada ano.

Desempenho por segmento – As transações de automóveis e comerciais leves totalizaram 953.882 unidades em março. Os modelos usados, com até 3 anos de fabricação, representaram 9,1% do total transacionado no mês. No ano, estes veículos acumulam participação de 8,6%.

O segmento de caminhões registrou 32.576 transações e teve alta percentual sobre o resultado de fevereiro: evolução de 37,7%.

Já os implementos rodoviários apresentaram alta de 28,2% ante o mês anterior e seguem com número positivo no ano (alta de 14,1% no trimestre).

Os ônibus somaram 4.530 transações, resultado próximo ao de março de 2022 (4.481 unidades).

O segmento de motocicletas evoluiu 34,6% em março, o que permitiu que o acumulado do trimestre ficasse positivo em 2,5% – a categoria havia fechado os dois primeiros meses do ano com resultado estável em relação a 2022. “Vemos que, em motos, as vendas de novas estão mais aquecidas, apoiadas pelo consórcio, por exemplo”, analisa Andreta Jr.

Matérias relacionadas

Mais recentes

Destaques Mecânica Online

Avaliação MecOn